Menu

Manchester City – Dínamo de Kiev (Liga dos Campeões)

Esta terça-feira, no Etihad, os Citizens podem carimbar a passagem aos quartos de final da Liga dos Campeões pela primeira vez na sua história. O conjunto orientado por Pellegrini não tem sido o mais consistente esta temporada mas a vantagem que trazem da Ucrânia e o facto de poderem fechar o ciclo com brilho nos palcos europeus deve ser suficiente para alimentar o ânimo dos jogadores. Mas o Dínamo de Kiev vem apostado em marcar um golo cedo para abalar a confiança dos anfitriões. E se isso acontecer, vamos ter eliminatória até ao fim.

Desde que o Manchester City se tornou um clube multimilionário, com o dinheiro das Arábias, teve muito sucesso a nível interno. Sagrou-se várias vezes campeão da Liga Inglesa e é agora um candidato crónico ao título. As taças inglesas também foram parar à sala de troféus do Etihad mas continua a faltar o passo seguinte. Ou seja, ninguém investe tanto numa equipa sem pensar em atingir com ela o patamar máximo do futebol europeu.

Nas últimas duas temporada os Citizens têm chegado aos oitavos de final da Liga Milionária, o que é um avanço em relação a prestações anteriores, quando ficavam sistematicamente pela fase de grupos. Mas em ambas as ocasiões caíram nessa primeira eliminatória. É certo que desta vez o sorteio foi bem mais auspicioso, emparelhando os ingleses com os ucranianos do Kiev, ao invés de lhes atribuir um adversário como o Barcelona, o carrasco das duas edições anteriores. Mas o City fez por agarrar esta oportunidade única. Na primeira mão o Manchester City foi vencer a Kiev por 1 a 3, com golos de Aguero, David Silva e Yayá Touré. Os da casa ainda reduziram no início da segunda parte, por intermédio de Buyalskyy, mas foram os visitantes a dominar por inteiro a partida. Assim, os Citizens estão à beira de fazer história, alcançando pela primeira vez na sua história os quartos de final da Liga dos Campeões. É preciso reconhecer que tanto Manuel Pellegrini como os jogadores mais influentes da equipa decidiram claramente que este será o seu canto do cisne. O ciclo termina para o treinador chileno no final da temporada mas também para a maior parte dos elementos do plantel e eles colocaram todas as fichas no sucesso na Liga Milionária. No fim de semana a equipa voltou a marcar passo, concedendo um empate a zero em Carrow Road perante um dos candidatos à despromoção, o Norwich City. A ambição do título fica assim praticamente descartada – essa disputa parece cada vez mais reduzida a Leicester e Tottenham – e o City começa a ter que se preocupar sobretudo com quem tem atrás. O West Ham está só a dois pontos e se se deixar alcançar perde o lugar de acesso à Liga dos Campeões da próxima temporada.

Pellegrini não tem novidades no departamento médico: Nasri, Kevin de Bruyne e Fabian Delph são os lesionados.

Onze Provável: Hart – Zabaleta, Otamendi, Kompany, Kolarov – Touré, Fernandinho – Navas, David Silva, Sterling – Aguero.

Liga dos CampeõesO jogo da primeira mão foi o primeiro encontro oficial do Dínamo de Kiev desde o fim da fase de grupos. A habitual paragem de inverno no campeonato ucraniano fez com que a equipa, ainda em prova nas competições europeias, tratasse de somar jogos amigáveis durante dois meses e meio, para não perder a forma e manter o mínimo de ritmo competitivo. Sendo o City um adversário com muito maiores responsabilidades nestas andanças, isso justifica a facilidade com que a equipa de Manchester chegou, viu e venceu na Ucrânia. Desde então o Dínamo – que é líder na Liga, com três pontos de vantagem para o segundo classificado, o Shakhtar – já disputou a primeira mão dos quartos de final da Taça da Ucrânia, empatando a zeros com o Oleksandriya, e venceu tanto o Dnipro (2-0) e o Karpaty (1-2).

Sergiy Rebrov só tem uma baixa certa para este encontro: Morozyuk tem uma lesão no joelho. Mas a condição de Yarmolenko, Sydorchuk e Rybka levanta algumas questões.

Onze Provável: Shovkovskiy – Danilo Silva, Khacheridi, Dragovic, Antunes – Rybalka, Miguel Veloso – Yarmolenko, Garmash, Derlis González – Teodorczyk.

Dynamo Kyiv 1-3 Manchester City LC 2015/16
Manchester City 1-0 Dynamo Kyiv LE 2010/11
Dynamo Kyiv 2-0 Manchester City LE 2010/11

Manchester City e Dínamo de Kiev só se tinham cruzado uma vez antes desta eliminatória. Foi também nos oitavos de final mas da Liga Europa, em 2011, sendo que nessa altura cada um venceu o seu jogo caseiro. O triunfo dos Citizens, na Ucrânia, veio quebrar esse padrão e indicar um maior desequilíbrio atual no poderio das duas equipas. O que pode Rebrov fazer para tentar inverter a situação?

Prognóstico Odd Casa Erro
Ambas as Equipas Marcam 1.86 Betrally
manchestercity
Manchester City
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Etihad
  • Cidade: Manchester
  • Fundação: 1880

Ver ficha completa

dinamokiev
Dínamo Kiev
  • País: Ucrânia
  • Estádio: Olímpico de Kiev
  • Cidade: Kiev
  • Fundação: 1927

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1831
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 767
  • Próg. errados 1035
comments powered by Disqus

Últimos jogos