Menu
LaLiga 29ª Jornada

Málaga – Sporting Gijón (Liga BBVA)

Entramos naquela fase da temporada em que qualquer ponto será decisivo e este encontro que abre a jornada vinte e nove não foge à regra. O Málaga está a meio da tabela, num grupo de oito equipas separadas por seis pontos. O Sporting de Gijón recusa atirar a toalha ao chão mas, nas palavras do guarda-redes Iván Cuéllar, terá que vencer cinco dos dez jogos que ficam por cumprir na Liga Espanhola, e não se vê por onde. Os dois treinadores estarão nas bancadas, já que cumprem jogos de castigo.

O Málaga é décimo segundo classificado, com trinta e três pontos. Ainda não está a salvo e é fácil compreender porquê. Neste momento, há oito equipas no intervalo dos 30’s, entre décimo quinto (Las Palmas) e oitavo classificado (Eibar), separadas por apenas seis pontos. Ou seja, as posições podem-se alterar num abrir e fechar de olhos. Não ajuda à estabilidade dos Boquerones que a equipa esteja há cinco jogos sem vencer (3E/ 2D), embora quando analisado mais ao detalhe este registo não seja assim tão negativo. Dividir pontos com o Real Madrid (1-1) ou até com a Real Sociedad (1-1), no País Basco, não são resultados que envergonhem. Nem tão pouco ser derrotado pela margem mínima pelo Villarreal (0-1), que por alguma razão está isolado na quarta posição, ou pelo Valência (1-2), que acordou agora para a vida e está no tudo por tudo. O empate no Riazor, na jornada anterior, esse sim, doeu.

Uma partida muito renhida, em que Deportivo da Corunha e Málaga alternaram na frente do marcador sucessivas vezes e que acabou com três golos para cada lado, é muito desgastante. É inevitável a sensação se de morrer na praia. Para piorar o impacto, o médio Ignacio Camacho foi expulso com segundo amarelo e fica fora das contas para a receção aos Rojiblancos. Já na primeira parte os Malaguistas tinham sofrido outra baixa importante. O guarda-redes Kameni teve que ser substituído por Ochoa. O camaronês já foi, entretanto, operado para reparar a rutura no menisco e tem uma estimativa de recuperação a rondar as seis semanas.

Mas não se ficam por aqui as baixas no plantel. Javi Gracia tem decisões a tomar no que respeita ao ataque. A melhor versão do Málaga apareceu quando o treinador arranjou parceiro para Charles, ao invés de o colocar isolado lá na frente. Mas agora os habituais companheiros parecem estar comprometidos. Roque Santa Cruz está lesionado e Cop anda com problemas musculares. Esta semana fez treino condicionado à parte dos companheiros. Restam assim três opções. Ou Gracia abandona o esquema de dois avançados ou opta entre Chory Castro ou Uche para segundo avançado. O primeiro prefere jogar na ala mas já desempenhou esse papel anteriormente. O segundo só tem seis minutos nas pernas ao serviço do Málaga.

Onze Provável: Ochoa – Rosales, Albentosa, Weligton, Torres – Juanpi, Recio, Fornals, Castro – Charles, Uche.

Liga BBVAO Sporting Gijón recusa atirar a toalha ao chão mas a situação é muito complicada. Os Rojiblancos estão no penúltimo lugar da Liga Espanhola, com vinte e quatro pontos. O que significa terem três de vantagem sobre o lanterna-vermelha, o Levante, e estarem a dois de Granada e Rayo Vallecano, que ocupam as posições acima. Para se salvar o Sporting terá que vencer metade das dez partidas que restam do campeonato espanhol e ao contrário do que afirma Iván Cuéllar, custa ver como isso se pode concretizar. A lista dos adversários que falta defrontar não é animadora. Quando não são clubes da parte superior de tabela – Atlético de Madrid, Sevilla, Barcelona ou Villarreal – são equipas que lutam também pela manutenção – como Levante ou Eibar.

Os homens de Abelardo não vencem há sete jogos (3E/ 4D) mas o mais desanimador é o facto de não conseguirem pontuar nas três últimas jornadas. Derrotas com Espanyol (2-4), Granada (2-0) e finalmente com o Athletic (0-2) obriga o corpo técnico a um grande trabalho para recuperar os níveis de confiança. O Sporting terá que ser agressivo e intenso para sair por cima esta sexta-feira. Mas não tem alternativa.

Onze Provável: Cuéllar – Vranjes, Luis Hernández, Meré, Canella – Mascarell, Rachid – Halicovic, N’Di, Jony – Sanabria.

Sporting Gijón 1-0 Málaga Liga BBVA 15/16
Málaga 1-0 Sporting Gijón Liga BBVA 11/12
Sporting Gijón 2-1 Málaga Liga BBVA 11/12
Málaga 2-0 Sporting Gijón Liga BBVA 10/11
Sporting Gijón 1-2 Málaga Liga BBVA 10/11

O Gijón venceu o jogo da primeira volta, no El Molinón, mas em casa o Málaga tem vantagem nos confrontos diretos.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Menos de 2.5 golos 1.74 Betrally
malaga
Málaga
  • País: Espanha
  • Estádio: La Rosaleda
  • Cidade: Málaga
  • Fundação: 1948

Ver ficha completa

sporting gijon
Sporting Gijón
  • País: Espanha
  • Estádio: El Molinón
  • Cidade: Gijón
  • Fundação: 1905

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1899
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 797
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos