Menu

Lucas Pouille – Juan Martin del Potro (Wimbledon)

Lucas Pouille bateu Donald Young para estar pela primeira vez na terceira ronda de um Grand Slam, onde vai medir forças com o renascido Juan Martin del Potro. O argentino foi a sensação da jornada, ao eliminar o quarto cabeça de série, o suíço Stan Wawrinka ao fim de duas horas e meia. O antigo número quatro está vivo e de boa saúde.

Antes de chegar a Wimbledon Lucas Pouille não tinha jogado mais de uma partida por torneio em relva, em que participou. Em Estugarda caiu frente a Millman (6-7, 6-3, 6-4) e em Halle o responsável pela saída rápida foi Nishikori (6-7, 6-1, 6-4). Mas está-se a dar surpreendentemente bem na relva do Major Britânico. No ano passado não passou do jogo de estreia no quadro principal, cedendo diante de Kevin Anderson em quatro sets. Desta vez, aproveitando o estatuto de pré-designado, na primeira ronda desembaraçou-se do romeno Marius Copil, número cento e setenta e quatro da hierarquia (6-3, 4-6, 6-4, 6-1). E na segunda ronda fez ainda melhor ao superar o Donald Young em sets diretos (6-4, 6-3, 6-3). Uma hora e meia em court foi o tempo necessário para garantir a passagem à terceira ronda do Major Britânico. É a primeira vez que o francês de cinte e dois anos chega a esta etapa numa prova do Grand Slam.

Em 2016 Pouille foi finalista vencido em Bucareste, frente a Verdasco (6-3, 6-2), e atingiu as meias-finais no Masters de Roma, onde foi batido por Andy Murray (6-2, 6-1), além dos oitavos em Miami (Simon: 6-0, 6-1) e Monte Carlo (Tsonga: 6-4, 6-4).

Wimbledon 2014Mas a grande sensação da segunda ronda foi mesmo a eliminação do quarto cabeça de série, o suíço Stan Wawrinka, às mãos do renascido Juan Martin del Potro (3-6, 6-3, 7-6, 6-3). Desde as Finais do World Tour de 2013 que o argentino não superava um adversário do top-10, na altura o nono do ranking, Richard Gasquet. Depois de dois anos miserável em casa, hoje Del Potro confessou estar feliz dentro do court, o que, só por si, é uma enorme vitória. A emoção era tremenda no final da partida com o suíço e os números confirmar que o argentino está vivo e de boa saúde. Nos dois encontros que disputou no All England Club garantiu setenta e cinco por cento dos pontos com o primeiro serviço e fez cinquenta e três winners. Talvez nem nos seus sonhos Del Potro se atrevesse a sonhar com a exibição que fez frente a um dos melhores tenistas da atualidade e hoje disse que se sentia como se fosse a sua segunda ou terceira carreira, na sua curta existência.

O semifinalista de Wimbledon em 2013 ainda sente alguma limitação a bater a esquerda a duas mãos. Mas o serviço e a pancada de direita continuam a ser armas extraordinárias. E com um bocadinho de confiança só podem sair com maior naturalidade. As agruras que passou com as lesões levam-nos a falar muitas vezes deste argentino como se de um veterano se tratasse. Mas Del Potro tem só vinte e sete anos. Se os pulsos aguentarem ainda nos pode presentear com belos momentos de ténis, como aconteceu hoje na relva de Wimbledon. Será a primeira vez que estes dois tenistas se defrontam.

Prognóstico Odd Casa Erro
Total de jogos para Del Potro: mais de 20.5 1.90 Betrally
Lucas_Pouille
Lucas Pouille
  • País: França
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Juan Martin Del Potro
Juan Martin Del Potro
  • País: Argentina
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1902
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 801
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos