A grande surpresa dos quartos de final da Taça EFL foi o afastamento do Arsenal, em casa, às mãos dos Saints. O Liverpool ganhou uma estrela em ascensão, na figura do pequeno Benjamin Woodburn, entre outras boas exibições dos jovens em que Klopp apostou. O Hull sofreu mas segue em frente, muito graças às intervenções decisivas de Jakupovic. E o United conseguiu quebrar o impasse, goleando os Hammers com dobradinhas de Zaltan e Martial. Os duelos das meias já estão definidos: Reds contra Saints e United a receber a visita do Hull.

Woodburn entra na história dos Reds

O jovem de dezassete anos e quarenta e cinco dias destronou Michael Owen como mais mais jovem a marcar pelos Reds.

O jovem de dezassete anos e quarenta e cinco dias destronou Michael Owen como mais mais jovem a marcar pelos Reds.

Jurgen Klopp depositou a sua confiança nos jogadores menos utilizados e umas quantas contribuições dos jovens da equipa de reservas. E não o deixaram ficar nada mal. Claro que o onze inicial deu alguma esperança ao Leeds United que fez uma exibição muito convincente em Anfield. Se alguma das oportunidades que criou até ao início do segundo tempo se tivesse concretizado podíamos estar aqui a contar uma outra história. Aos setenta e seis minutos Divok Origi fez o primeiro para os Reds e aos oitenta e um Benjamin Woodburn fez história ao marcar o seu primeiro golo pela equipa principal do Liverpool. O jovem de dezassete anos e quarenta e cinco dias, que havia entrada a meia da segunda parte, destronou assim Michael Owen como o mais novo jogador a marcar pelo clube. Foi apenas a sua segunda utilização.

Jakupovic salva o Hull

À mesma hora o Hull City recebia o Newcastle mas este embate prolongou-se bem para além do anterior. O nulo ao fim de noventa minutos forçou o prolongamento que terminaria empatado a um. Foi na marcação de grandes penalidades que a equipa de Rafa Martínez foi eliminada, tendo desperdiçado três oportunidades. Para sermos rigorosos, falhou uma – a de Dwight Gayle que acertou na barra – e Eldin Jakupovic defendeu duas – a Jonjo Shelvey e Yoan Gouffran.

O pupilo supera o mestre

A maior surpresa destes quartos de final foi a eliminação do Arsenal às mãos dos Southampton. O pupilo, Puel, superou o mestre, Wenger. Ambos optaram por fazer extensas alterações no onze – dez para os Gunners, oito para os Saints – mas a equipa visitante conseguiu manter a organização e o entusiasmo, enquanto a da casa mostrou não ter ideias nem desenvoltura. Mais uma vez novembro se torna pesado no Emirates.

United desembaraça-se dos Hammers

s Red Devils fizeram uma exibição de carater, muito ao agrado do treinador portuguÊs.

s Red Devils fizeram uma exibição de carater, muito ao agrado do treinador português.

A fechar a eliminatória o Manchester United abriu o dique dos Hammers em Old Trafford. Os Red Devils entraram a um ritmo alucinante e aos dois minutos já Ibrahimovic tinha aberto o marcador. Sem Paul Pogba, a cumprir castigo, o meio-campo esteve seguro por Carrick e Herrera. O clube da casa dominava e empurrava o conjunto de Bilic para trás mas contra o sentido do jogo o West Ham chegou ao empate, num lance de contra-ataque. Mas no regresso dos balneários o United voltou a entrar melhor e apertou o seu domínio. Anthony Martial marcou aos quarenta e oito e sessenta e dois minutos. A equipa soltava-se com a vantagem e as combinações ofensivas iam ganhando ânimo. Wayne Rooney, que fez os noventa minutos, dava indicações aos companheiros e Henrick Mhkitaryan mostrou por fim a sua qualidade em vários lances fundamentais. Já em tempo de descontos o avançado sueco fez o segundo da sua conta. Foi uma noite de superação para o United e Mourinho manifestou muito agrado com o que viu. A ver se é possível manter esta nota. Os jogos em dezembro sucedem-se a uma velocidade alucinante e o treinador português vai precisar de rodar o plantel para cumprir nas várias frentes em que o clube está envolvido.

O sorteio das meias-finais, que serão jogadas a duas mãos em janeiro, já está feito. O Liverpool recebe o Southampton e o Hull City vai a Old Trafford na primeira ronda.

Boas Apostas!