Menu
Premier League 30ª Jornada

Liverpool – Chelsea (Premier League)

O Liverpool e o Chelsea medem forças esta quarta-feira em Anfield Road, num embate a contar para a 30ª jornada da Premier League. A equipa da casa chega aqui numa altura em que já se está a preparar para a final da Liga Europa, no dia 18, com o Sevilla, contudo, têm intenções de disputar o último jogo da época no seu reduto e conquistar um bom resultado frente as seus adeptos. Já o Chelsea, apesar de se encontrar apenas um lugar atrás do seu adversário, conta com 10 pontos a menos, chegando aqui já sem qualquer objectivos e esperando pelo fim de uma temporada que foi um desastre para os campeões ingleses da época transacta.

Liverpool ocupa o 8º lugar na tabela de classificação geral com 58 pontos, fruto de 16 vitórias, 10 empates e 10 derrotas, com parciais de 61 golos marcados e 48 golos sofridos. A vitória da última jornada sobre o Watford deixou possível a tarefa de alcançarem o 6º lugar de acesso à Liga Europa já neste encontro, estando apenas a 2 pontos e ocupado pelo Southampton, que conta com 1 jogo a mais que os Reds. Este será o último jogo da temporada em Anfield e os pupilos de Jurgen Klopp devem querer conquistar aqui um bom resultado e terminar o último jogo em casa com uma boa imagem frente aos seus adeptos. O técnico alemão tem vindo a conseguir um bom trabalho aos comandos deste conjunto, onde apesar de não ter participado na corrida pelo título de campeão inglês, nem ter ido além dos dezasseis-avos de final da Taça de Inglaterra, alcançou a final da Taça da Liga Inglesa, onde foi eliminado pelo Manchester City, e está na final da Liga Europa, com o Sevilla pela frente a enfrentar já no dia 18 deste mês.

No seu primeiro encontro com o Chelsea no início da temporada, que foi o 5º jogo de Jurgun Klopp aos serviços deste conjunto, os Reds triunfaram por 1-3 em Stamford Bridge, e têm aqui uma boa ocasião de derrubar um conjunto desmotivado e sem objectivos na recta final da temporada. Esta turma aos comandos do técnico alemão tem vindo a apresentar bons resultados em todas as competições, no entanto, demonstra ainda alguma desorganização defensiva, fruto dos erros individuais que estes têm cometido, e mostram dificuldades em segurar a vantagem que contam no marcador, tendo já acontecido bem mais que uma vez estarem na liderança do marcador e deixarem que o adversário dê a volta ao resultado. Ofensivamente este é um conjunto versátil, começando por tentar controlar a posse de bola no meio campo adversário através de passes curtos e quando partem para o processo ofensivo fazem-no normalmente pelo meio do terreno, sendo também muito bons a construir perigo através das linhas e em finalizar as respectivas jogadas. Desde o início do ano que os Reds disputaram 9 embates dentro de portas para o campeonato inglês, tendo apenas perdido 1 deles e vencido 4, empatando os restantes 4, marcando 21 golos e concedendo 10.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Liverpool apresenta um histórico de 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas. Esta sequência de resultados iniciou-se com um empate por 2-2 na recepção ao Newcastle. Seguiu-se uma derrota por 1-0 em terreno do Villarreal, em jogo a contar para a Liga Europa, uma derrota por 3-1 em terreno do Swansea City, uma vitória por 3-0 na recepção ao Villarreal, em jogo a contar para a Liga Europa, e na última jornada, uma vitória por 2-0 na recepção ao Watford. Jordan Henderson, Divock Origi e Jordan Rossiter, lesionados, e Mamadou Sakho, castigado, são todos baixas confirmadas para este jogo, ficando em dúvida Joseph Gomez e Danny Ings, ambos condicionados.

Onze Provável: Mignolet – Clyne, Skrtel, Lovren e Moreno – Can e Milner – Lallana, Firmino e Coutinho – Sturridge.

premier leagueChelsea, por sua vez, ocupa o 9º lugar com os mesmos 48 pontos que o Stoke City, fruto de 12 vitórias, 12 empates e 12 derrotas, com parciais de 57 golos marcados e 51 golos sofridos. Apesar de estar logo atrás do Liverpool, os Blues encontram-se com 10 pontos de inferioridade, chegando aqui desmotivados ao sofrerem um decepcionante desaire em terreno do agora 17º classificado Sunderland, na última jornada. Esta foi uma temporada desastrosa para este Chelsea que ainda na temporada transacta se sagrou campeão inglês, apresentando-se nesta recta final do campeonato sem nenhum objectivo para cumprir, e quanto mais depressa a época chegar ao fim, melhor para os jogadores, que decerto querem lançar esta temporada 2015/16 para trás das costas o mais rápido possível.

Esta turma orientada por Guus Hiddink viu-se ser afastada aos poucos de todas as competições em que participava, começando pela Taça da Liga Inglesa, onde não foi além da 4ª Ronda, seguindo-se a Liga dos Campeões, onde foi posto fora dos oitavos de final pelo PSG, e por fim, eliminado dos quartos de final da Taça de Inglaterra, às mãos do Everton, e tendo em conta a sua actual posição na tabela de classificação geral, este conjunto para o ano irá falhar as competições europeias. Os Blues apresentam um estilo de jogo idêntico ao deste seu oponente em jogo, no entanto, ao contrário da temporada transacta, o seu sector defensivo encontra-se bastante permeável, tendo dificuldades em impedir que os seus adversários criem jogadas de perigo, em travar ataques vindos das linhas, fracos no duelo aéreo e em parar contra-ataques. Apesar do mau momento, os Blues apresentam um bom registo fora de portas no campeonato inglês, uma vez que desde o início do ano 2016 este conjunto foi apenas derrotado em 2 ocasiões dos 9 embates, tendo vencido 6 encontros e empatado os 2 restantes, marcando 18 golos e concedido apenas 7.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Chelsea apresenta um histórico de 1 vitória, 1 empate e 3 derrotas. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma derrota por 1-0 em terreno do Swansea City. Seguiu-se uma derrota por 0-3 na recepção ao Manchester City, uma vitória por 1-4 em terreno do Bournemouth, um empate por 2-2 na recepção ao Tottenham, e na última jornada, uma derrota por 3-2 em terreno do Sunderland. Kurt Zouma e Loic Remy, lesionados, e John Terry, castigado, são todos baixas confirmadas, ficando apenas Ivanovic em dúvida, condicionado.

Onze Provável: Courtois – Azpilicueta, Cahill, Miazga e Rahman – Mikel e Matic – Willian, Fàbregas e Hazard – Costa.

Chelsea 1-3 Liverpool
Premier League 2015/16
Chelsea 1-1 Liverpool
Premier League 2014/15
Chelsea
1-0(a.p.)
Liverpool
Capital One Cup 2014/15
Liverpool
1-1
Chelsea
Capital One Cup 2014/15
Liverpool 1-2 Chelsea
Premier League 2014/15
Liverpool 0-2 Chelsea
Premier League 2013/14
Chelsea 2-1 Liverpool
Premier League 2013/14
Liverpool 2-2 Chelsea
Premier League 2012/13

O Liverpool recebe aqui um Chelsea sem objectivos no campeonato, e apesar de ninguém jogar para perder, os Reds têm maiores motivos para vencer, visto que ainda sonham com um lugar no Top-6 que os lance para as competições europeias na próxima temporada. Posto isto, em boa forma e sendo o último jogo da época em Anfield Road, o Liverpool deverá proporcionar um bom espetáculo aos seus adeptos e conquistar os 3 pontos.

Prognóstico Odd Casa Retorno
Empate Anula: Liverpool 1.50 Betrally
liverpool
Liverpool
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Anfield Road
  • Cidade: Liverpool
  • Fundação: 1892

Ver ficha completa

chelsea
Chelsea
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Stamford Bridge
  • Cidade: Londres
  • Fundação: 1905

Ver ficha completa

Fabio Mota
Fabio Mota
  • Próg. realizados 1842
  • Média Odds usadas 1.83
  • Próg. certos 963
  • Próg. errados 782
comments powered by Disqus

Últimos jogos