Menu
Premier League 4ª Jornada

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Leicester City – Chelsea (Premier League)

Sábado à tarde os dois últimos campeões da Premier League defrontam-se no King Power Stadium. O Leicester City perdeu os dois confrontos com adversários do top-5 mas é justo reconhecer que o Arsenal teve muita sorte e o United só rompeu as trincheiras nos últimos vinte minutos do encontro. O Chelsea pode voltar a contar com Eden Hazard, que participou nos compromissos internacionais.

O Leicester City tem uma vitória e duas derrotas nas três primeiras jornadas. Já se sabia que o calendário do primeiro mês da Premier League seria complicado para os Foxes. Venceram o jogo em casa com o recém-promovido Brighton & Hove Albion (2-0), como era sua obrigação, e cederam os pontos frente aos tradicionais candidatos ao título. Mas quem acompanhou a jornada de abertura sabe que o Arsenal (4-3) teve muita sorte no Emirates. E na última jornada antes da paragem para trabalhos das seleções, o Manchester United só conseguiu romper as linhas defensivas do Leicester nos últimos vinte minutos, mesmo dominando a partida e evidenciando mais e melhores recursos.

Há aqui fundamentos para Craig Shakespeare estar confiante. Sem o peso acrescido de jogar as competições europeias, os Foxes têm um plantel capaz e estável para cumprir uma temporada sólida nas provas domésticas. O Leicester foi buscar Aleksandr Dragovic para reforçar o setor defensivo, onde vai ser preciso ir aliviando a carga dos jogadores mais veteranos. Vicent Iborra também será um reforço importante, assim que esteja a cem por cento. Claro que o assunto do momento é Adrien Silva, e a borrada com a inscrição do médio português. O Leicester pode berrar o que quiser que foram apenas catorze segundos de atraso na inscrição, mas os prazos limite existem por alguma razão. Com uma janela de mercado tão longa não há desculpas para fazer asneiras destas. A FIFA já recusou o primeiro pedido de avaliação e o mais provável é que Adrien só possa jogar pelos Foxes em janeiro. A justificação de ter estado à espera que a transferência de Drinkwater fosse fechada não colhe: é algo com que todos os clubes têm que lidar. Se o organismo que rege o futebol abre precedentes destes será um festival de casos semelhantes a cada janela de mercado que se encerra. Pelo lado positivo, Riyad Mahrez ficou onde estava.

Iborra e Huth estão em dúvida.

Onze Provável: Schmeichel – Simpson, Morgan, Maguire, Fuchs – Mahrez, Ndidi, James, Albrighton – Okazaki, Vardy.

Premier LeagueA estreia do Chelsea foi assustadora. Mas a exibição frente ao Burnely (2-3) cumpriu uma função pedagógica: serviu para mostrar a adeptos, dirigentes, técnicos e jogadores tudo o que podia correr mal. A conjugação de erros individuais, alguma complacência e a ausência do elemento mais desequilibrador podem, de um momento para o outro, colocar o campeão inglês em título sob enorme pressão. No jogo seguinte, e apesar de ausências de peso devido a castigo, a equipa londrina conseguiu dar uma resposta de caracter. E Antonio Conte relembrou, a quem pudesse estar esquecido, que tem os seus recursos táticos não são, nunca, de subestimar. Os triunfos sobre Tottenham (1-2) e Everton (2-0) foram importantes mas não anularam, por artes mágicas, as fragilidades que a equipa enfrenta nesta defesa do título. Na temporada passada o plantel – pelo menos aquele que contava para o treinador italiano – era curto e não melhorou significativamente. Com a agravante de desta vez os Blues terem que concertar a defesa do título inglês com uma campanha na prova de elite europeia, desgaste de que estiveram alheados na época passada. As adições de Antonio Rudiger e Davide Zappacosta são interessantes e necessárias, sobretudo porque Conte despachou os jovens que vinham a ser formados para reforçar as posições defensivas. Zouma e Aké tiveram que encontrar destino. Bakayoko e Danny Drinkwater são as entradas para o setor do meio-campo, que continua a ser Kanté-dependente. E Morata precisa de rapidamente justificar o que custou aos cofres do clube, sobretudo porque os adeptos se vão lembrar de Diego Costa sempre que o espanhol não brilhar.

Eden Hazard esteve envolvido nos compromissos da seleção belga, o que não agradou a Conte. Poupado no clube, o extremo foi utilizado durante setenta e cinco minutos frente a Gibraltar e fez os últimos quinze do embate com a Grécia. Admito que o primeiro jogo, que terminou com um 9-0, era uma boa oportunidade para lhe dar algum ritmo competitivo. A segunda utilização era desnecessária, sendo que os belgas estavam a garantir a qualificação para o Mundial sem ele.

Gary Cahill cumpre o último dos três jogos de castigo e é a única limitação no plantel blue.

Onze Provável: Courtois – Azpilicueta, David Luiz, Rudiger – Moses, Bakayoko, Kanté, Alonso – Willian, Morata, Hazard.

Leicester City 0-3 Chelsea
Premier League 2016/17
Chelsea 3-0 Leicester City
Premier League 2016/17
Leicester City
2-4(a.p.)
InglaterraChelsea
EFL Cup 2016/17

O Chelsea venceu os três embates com o Leicester na época passada mas já se sabe que as equipas estavam a viver momentos muito díspares. Agora o nível deve estar bastante mais equilibrado.

Prognóstico Odd Casa Erro
Leicester marca primeiro 2.35 Betclic
leicester city
Leicester City
  • País: Inglaterra
  • Estádio: King Power Stadium
  • Cidade: Leicester
  • Fundação: 1884

Ver ficha completa

chelsea
Chelsea
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Stamford Bridge
  • Cidade: Londres
  • Fundação: 1905

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1899
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 800
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos