Menu

Légia de Varsóvia – Dundalk (Liga dos Campeões)

O Légia de Varsóvia está a um pequeno passo de regressar à fase de grupos da Liga dos Campeões. A equipa polaca está a 90 minutos de, volvidos 20 anos, regressar à fase final da prova de clubes mais importante da Europa. O Dundalk traz uma desvantagem de dois golos da República da Irlanda, resultado que hipotecou a hipótese de continuar a sonhar com a primeira presença na fase final da prova.

Duas décadas depois, tudo indica que a cidade de Varsóvia reentrará no trilho dos milhões. O Légia local venceu o Dundalk na República da Irlanda por duas bolas a zero e só precisa de gerir a vantagem neste encontro da segunda mão para regressar à fase de grupos da Liga dos Campeões. Nos últimos anos, o melhor que o campeão polaco conseguiu fazer foi a presença no “play-off” da prova milionária, etapa que no entanto não conseguiu debelar. Na última época, o Légia de Varsóvia competiu na Liga Europa mas não conseguiu seguir para a fase final, ficando na quarta posição de um grupo onde também estavam o Nápoles, o Midtjylland e o Club Brugge. Sem grandes prestações de destaque na segunda prova de clubes mais importante do continente europeu – o melhor que conseguiu foi chegar aos “16 avos” em duas ocasiões – a verdade é que o Légia é uma equipa muito mais experiente nas provas europeias que os adversários que têm defrontado nesta fase preliminar da Liga Europa. Na segunda pré-eliminatória da competição, etapa em que o Légia se estreou, a formação polaca levou a melhor diante dos bósnios do Zrijnski Mostar (1-1; 2-0). Na ronda seguinte foi a vez de eliminar os eslovacos do AS Trencin (0-1; 0-0) e o sorteio do “play-off” colocou mais um adversário teoricamente acessível no caminho do Légia: Os irlandeses do Dundalk. A equipa polaca não quer desperdiçar esta oportunidade de ouro para se intrometer entre os “tubarões” europeus e já deu um passo importante rumo à fase de grupos, ao vencer na República da Irlanda por duas bolas a zero.

A participação na fase preliminar da Liga dos Campeões tem condicionado o trajeto a nível interno. Obrigado a gerir o esforço da equipa, o técnico albanês Besnik Hasi tem privilegiado a participação na Liga dos Campeões, não só pelo estímulo competitivo, mas também porque a entrada na prova permite um encaixe financeiro que seria muito importante para o Légia. Depois da vitória na República da Irlanda (0-2), Besnik Hasi deu descanso às suas principais unidades e sofreu as consequências, ao perder em casa com o Arka Gdynia (1-3) no último fim-de-semana. Os internacionais polacos Pazdan e Jodlowiec, o francês Moulin e o goleador húngaro Nikolic nem sequer foram a jogo.

Onze Provável: Malarz, Broz, Pazadan, Lewczuk, Hlousek, Jodlowiec, Odjidja-Ofoe, Moulin, Langil, Kucharczyk, Nikolic

Liga dos CampeõesA derrota no Aviva Stadium compromete o sonho do Dundalk, emblema movido pela possibilidade de ser a primeira equipa da República da Irlanda a marcar presença na fase de grupos da Liga dos Campeões. O emblema que caminha firmemente para a conquista do tricampeonato a nível interno foi uma das surpresas da fase preliminar da “liga milionária”, ao deixar para trás o FH Hadnardjordur e o BATE Borisov. Na segunda pré-eliminatória, o Dundalk derrotou os islandeses graças aos golos marcados fora de portas, uma vez que ambos os jogos da eliminatória terminaram empatados (1-1; 2-2). Já na terceira, o Dundalk foi um dos emblemas em maior destaque ao eliminar o BATE Borisov, conjunto bielorrusso que é presença assídua na fase final da Liga dos Campeões. Depois de uma derrota pela margem miníma (1-0) na Bielorrússia, o Dundalk deu uma resposta cabal em casa e venceu por três bolas a zero, carimbando o passaporte para a fase seguinte. A desvantagem que traz do jogo em casa (0-2) obrigará a equipa a expor-se mais, procurar atacar desde início. O Dundalk joga contra o relógio, mas sabe que se fizer um golo colocará a pressão do lado dos homens da casa, sedentos por regressar à fase de grupos da Liga dos Campeões.

Considerando os últimos jogos, a situação do Dundalk é idêntica à do Légia: Os irlandeses têm privilegiado a participação na Liga dos Campeões em detrimento do campeonato, sofrendo as consequências dessa opção. A diferença reside na situação de uma e outra equipa a nível interno, com benefício para o lado do Dundalk: A Airtricity League entra na reta final (25ª jornada de 33) e os irlandeses lideram com menos três jogos disputados que o segundo colocado, embora o Cork City (3º) também só tenha 20 jogos disputados e menos quatro pontos. Nas últimas duas rondas, o Dundalk perdeu frente ao Galway United (1-0) e ao Bray (2-1). Este fim-de-semana, a equipa irlandesa não foi a jogo.

Onze Provável: Gary Rogers, Sean Gannon, Andy Boyle, Patrick Barrett, Dane Massey, Chris Shields, Daryl Horgan, Stephen O’Donell, John Mountney, David McMillan, Patrick McEleney

O Légia de Varsóvia tem todas as condições para carimbar o passaporte para a fase de grupos da Liga dos Campeões. Só uma hecatombe poderá fazer com que o campeão polaco não siga em frente, tendo em conta a vantagem que traz da República da Irlanda. De regresso à sua melhor versão, o Légia tem todas as condições para fechar a eliminatória com mais uma vitória.

Prognóstico Odd Casa Erro
Légia Varsóvia: Mais de 1.5 Golos 1.60 1xBet
Légia de Varsóvia
Legia de Varsóvia
  • País: Polónia
  • Estádio: Pepsi Arena
  • Cidade: Varsóvia
  • Fundação: 1916

Ver ficha completa

Dundalk
Dundalk
  • País: Rep. Irlanda
  • Estádio:
  • Cidade: Dundalk
  • Fundação: 1903

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1501
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 776
  • Próg. errados 646
comments powered by Disqus

Últimos jogos