Menu

Kei Nishikori – Marinko Matosevic (ATP Malásia)

No início de Setembro, o tenista nipónico chegou, pela primeira vez na sua carreira, a uma final de um torneio do Grand Slam, no caso o dos Estados Unidos. Para lá chegar teve que ultrapassar Leonardo Mayer (6-4, 6-2, 6-3), Milos Raonic (4-6, 7-6, 6-7, 7-5, 6-4), Stanislas Wawrinka (3-6, 7-5, 7-6, 6-7, 6-4) e Novak Djokovic (6-4, 1-6, 7-6, 6-3). Infelizmente, para as aspirações de Kei, o tremendo esforço despendido nestas eliminatórias, verdadeiras maratonas os confrontos com os homens do top-10, impediu-o de chegar ao jogo decisivo nas melhores condições. Marin Cilic estava muito mais fresco e, percebendo o cansaço do japonês, atacou desde o primeiro minuto (6-3, 6-3, 6-3). Mesmo assim, ser finalista vencido no US Open fê-lo subir à oitava posição do ranking e ficar ao alcance de um lugar nas finais do World Tour. Por isso Nishikori está tão empenhado nesta série de torneios asiáticos, ainda há cinco bilhetes disponíveis para o O2, em Novembro, e ele pretende ser um dos eleitos.

O anúncio de que Nishikori iria ser o cabeça-de-série no Open da Malásia bastou para que se batessem todos os recordes na procura de bilhetes em Kuala Lumpur. O japonês é idolatrado no sudoeste asiático e os adeptos anseiam por uma oportunidade de ver o seu ídolo ao vivo. Kei não desiludiu. Na sua estreia em court afastou com a naturalidade que se antecipava o americano Rajeev Ram (nº 150) por 6-2 e 6-3, pouco mais de uma hora.
Aos vinte e quatro anos o japonês é o oitavo tenista mais cotado do circuito. Este tem sido o ano da sua afirmação e Kei beneficiou claramente com a parceria de Michael Cheng. Regista, até ao momento, quarenta e duas vitórias para apenas doze desaires. Não fossem as várias lesões e poderia estar numa posição ainda mais confortável.

ATP MalásiaAgora, nos quartos-de-final, Nishikori vai enfrentar Marinko Matosevic, septuagésimo oitavo do ranking. No seu trajeto nesta edição do Open da Malásia, o australiano começou por eliminar o compatriota Nick Kyrgios, número cinquenta e um mundial e candidato a brilhar em Kuala Lumpur. Depois de dois tie-breaks foi Kyrgios a ficar pelo caminho (7-6, 7-6). Matosevic seguiu em frente para defrontar o seu primeiro adversário japonês, Go Soeda (nº 109). Prova supera em dois sets, com os parciais de 7-6, 6-4.

Agora segue-se o confronto com Kei Nishikori, por um lugar nas meias-finais de Kuala Lumpur. OS dois já se defrontaram por quatro vezes, duas em 2013, e a restantes já este ano. Em todas, a vitória sorriu ao tenista asiático. Em Brisbane, o japonês venceu por dois a zero (7-5, 6-2). Em Memphis só jogaram o primeiro set, com Matosevic a abandonar com problemas físicos. Em 2014 cruzaram-se logo no início da temporada, na primeira ronda do Open da Austrália. O australiano obrigou Kei a disputar cinco sets – o embate mais equilibrado de sempre entre os dois – mas eventualmente a resistência de Nishikori levou a melhor (6-3, 5-7, 6-2, 4-6, 6-2). Mais tarde, na segunda ronda do Masters 1000 de Miami, o nipónico voltou a superiorizar-se (6-4, 6-1).

A Bet365 oferece-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Sucesso
1º Set - 9 ou 10 jogos 1.90 Bwin
Kei Nishikori
Kei Nishikori
  • País: Japão
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

matosevic
Marinko Matosevic
  • País: Austrália
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1871
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 786
  • Próg. errados 1057
comments powered by Disqus

Últimos jogos