Menu

Juventus – Bayern Munique (Liga dos Campeões)

De certeza que tanto Pep Guardiola como Massimiliano Allegri dispensavam um embate desta magnitude logo nos oitavos de final. A Juventus quer aproveitar o fator casa para conquistar alguma vantagem para a segunda mão. Impedir o Bayern de Munique de faturar vai ser essencial para esse objetivo e o clube italiano não concede golos há nove jogos. Mas não chega.

Este fim de semana o Bolonha interrompeu a série de treze vitórias consecutivas da Juventus, quinze se considerarmos apenas os jogos da Serie A. O encontro, a contar para a vigésima sexta jornada da Serie A, acabou a zero, sendo a primeira vez desde finais de outubro que a Vecchia Signora cede pontos no campeonato italiano. Ainda assim, foi a nona partida consecutiva em que as redes da Juve permaneceram invioláveis.

Quando ficou no segundo lugar do Grupo D, atrás do Manchester City, Allegri sabia que lhe caberia enfrentar um adversário complicado. Mas o sorteio atribuiu-lhe uma das favas a que todos gostariam de escapar, pelo menos para já. Depois de anos de absoluto domínio doméstico a Juventus provou que estava em condições de regressar ao grupo de elite do futebol europeu, chegando à final da Liga dos Campeões da temporada passada.

O clube de Turim passou por uma inevitável reformulação no início da temporada, com a saída de alguns elementos estruturais, e passou por uma fase complicada. Mas assim que a equipa começou a entrar no esquema do treinador, a engrenagem voltou a assumir o poderio a que a Juve nos habituou. Mesmo considerando a altura em que terminou a fase de grupos, a evolução foi muito significativa. E precisará de estar ao seu máximo nível para criar dificuldades aos homens de Guardiola. A impecável prestação defensiva do conjunto, que não concede golos há nove jogos, entre liga e taça italiana, vai desempenhar um papel imprescindível nesta primeira mão. Mas não chega evitar que o Bayern marque. Para ir à Allianz Arena com hipóteses de qualificação a Juve tem que se colocar em vantagem.

Martín Cáceres, Asamoah e Alex Sandro estão descartados por lesão. Chiellini ainda está em dúvida e a sua provável ausência obrigará a abandonar o habitual esquema de cinco defesas. Mario Mandukic parece recuperado e pronto para defrontar a antiga equipa.

Onze Provável: Buffon – Lichtsteiner, Barzagli, Bonucci, Evra – Marchisio, Khedira, Pogba – Preyra, Dybala, Mandukic.

Liga dos CampeõesO Bayern de Munique fez uma fase de grupos quase perfeita. Só não venceu um dos seis jogos – derrota no Emirates com o Arsenal (2-0) – e terminou na primeira posição, destacado, à frente do clube londrino. Verdade seja dita, o grupo era mais fácil que o da Juve, por exemplo, já que tanto Dínamo de Zagreb como Olympiacos eram, teoricamente, elemento mais fracos. Mas isso não retira nenhum mérito ao clube alemão.

Os Bávaros também não perdem, em jogos oficiais, desde o início de dezembro – desaire em Monchengladbach (3-1) – e estão isolados na liderança da Bundesliga, com cinquenta e nove pontos, oito à frente do Borussia de Dortmund. Já se sabe que Pep Guardiola abandona o clube no final do contrato e na próxima época será treinador do City. É natural que tanto o treinador como o grupo de jogadores que lhe são mais próximos queiram encerrar um ciclo em glória. E isso, para uma equipa habituada a vencer tudo na Alemanha, passaria por vencer a Liga dos Campeões. O caminho ainda é longo mas o primeiro passo leva-os ao Estádio da Juventus, em Turim, esta terça-feira.

No sábado o Bayern recebeu o Darmstadt 98 e teve que dar a volta ao marcador para recolher os três pontos. Wagner marcou antes do intervalo e só na segunda parte os Bávaros encontraram soluções para reverter a desvantagem. Thomas Muller fez a dobradinha, um dos golos de bicicleta, e Robert Lewandowski fechou a contagem a seis minutos do fim. Foi o regresso de Frank Ribéry à competição, depois de paragem prolongada por lesão, e Mario Gotze, com queixas musculares ficou-se pelo banco.

Guardiola vai ter que alinhar uma defesa de recurso, com as lesões simultâneas de Javi Martínez, Jerôme Boateng e Badstuber. Benatia também está em dúvida.

Onze Provável: Neuer – Rafinha, Benatia, Tasci, Alaba – Lahm – Robben, Muller, Vidal, Douglas Costa – Lewandowski.

Juventus 0-2 Bayern München LC 2012/2013
Bayern München 2-0 Juventus LC 2012/2013
Juventus 1-4 Bayern München LC 2009/10
Bayern München 0-0 Juventus LC 2009/10
Juventus 2-1 Bayern München LC 2005/06

O Bayern de Munique venceu os três últimos confrontos, tendo sido a única equipa estrangeira a conseguir bater a Juventus em Turim na última década.

Prognóstico Odd Casa Erro
Juventus marca primeiro 2.15 Betrally
juventus
Juventus
  • País: Itália
  • Estádio: Juventus Stadium
  • Cidade: Turim
  • Fundação: 1897

Ver ficha completa

bayern de munique
Bayern Munique
  • País: Alemanha
  • Estádio: Allianz Arena
  • Cidade: Munique
  • Fundação: 1900

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1908
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 803
  • Próg. errados 1079
comments powered by Disqus

Últimos jogos