Menu
  • 23 fevereiro
  • 10:00
  • Betrally

João Sousa – Tomas Berdych (ATP do Dubai)

João Sousa vai medir forças com um adversário do Top-10 na ronda inicial do Dubai. Curiosamente, pode ser até benéfico já que o tenista português teve a sua melhor prestação da temporada no Open da Austrália. Tomas Berdych foi atropelado por Nick Kyrgios, na semana passada em Marselha, mas nas últimas cinco edições do Duty Free só por uma vez o checo não chegou às meias-finais ou mais longe.

Esta segunda-feira João Sousa desceu dois lugares no Ranking ATP, para a posição trinte a seis. O ATP do Dubai será o sexto torneio da temporada para o português e, curiosamente, foi na prova mais exigente que teve a melhor prestação. No Open da Austrália repetiu a classificação de 2015, caindo na terceira ronda às mãos do número dois mundial. Andy Murray não é um adversário qualquer e nas palavras do próprio João, fisicamente não tinha forma de estar à altura do escocês. Não foi apenas uma questão de poderio físico, mas faz uma grande diferença (6-2, 3-6, 6-2, 6-2). Ainda assim, o vimaranense não deixou os seus créditos por mãos alheias e obrigou o britânico a quatro sets, como na eliminatória anterior já tinha feito a Santiago Giraldo (6-7, 7-5, 3-6, 6-1), adversário que bateu pela primeira vez. Nos restantes torneios em que participou o português caiu na primeira ronda. Foi assim em Auckland, onde foi afastado por Fabio Fognini (6-4, 2-6, 7-6), e continuou a tendência em Montpellier (Bemelmans 6-4, 3-6, 6-4), Rotterdam (Bautista Agut 7-6, 1-6, 6-3) e Marselha (Haase 6-4, 6-0). Não quero com isto dizer que João Sousa está a ter uma má temporada ou que tem estada a praticar um ténis abaixo das expetativas. Bem pelo contrário. Parece em forma e à exceção do embate com o holandês, o mais recente, todos os outros foram bastante renhidos e bem disputados.

ATP_Dubai300Na única participação anterior no evento do Dubai, no ano passado, Sousa chegou à segunda ronda, onde levou pela frente com o incontornável Murray (6-0, 6-2).

Para Tomas Berdych este será apenas o quarto torneio de 2016. Atingiu os quartos de fina no Major australiano, onde foi eliminado por Roger Federer (7-6, 6-2, 6-4), e foi semifinalista tanto em Doha como em Marselha. No primeiro evento da temporada perdeu com o número um do mundo (6-3, 7-6) e na semana passada foi atropelado por Nick Kyrgios (6-4, 6-2), a caminho do seu primeiro título de carreira no circuito ATP. O checo não se pode sentir mal por isto já que o jovem australiano esteve absolutamente imparável na última semana, com um serviço demolidor que levou outras vítimas de renome ao tapete.

Nas últimas cinco edições do Dubai Duty Free o checo fez uns quartos de final, duas semifinais e duas finais. Até agora o título tem-lhe escapado, mas tem estado sempre muito perto. Em 2013 perdeu o troféu para Novak Djokovic (7-5, 6-3) e no ano seguinte foi a vez de Federer reclamar a coroa (3-6, 6-4, 6-3). No ano passado ficou-se pela meia-final, mais uma vez travado pelo sérvio que domina o ténis atual (6-0, 5-7, 6-4).

Os dois tenistas só se cruzaram uma vez em jogos oficiais. Foi no Masters de Miami, de há dois anos, com Berdych a resolver a partida em apenas dois sets.

Prognóstico Odd Casa Erro
João Sousa vence o primeiro set 4.40 Betrally
João Sousa
João Sousa
  • País: Portugal
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

tomasberdych
Tomas Berdych
  • País: República Checa
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1830
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 767
  • Próg. errados 1035
comments powered by Disqus

Últimos jogos