Menu

João Sousa – Mikhail Kukushkin (Open da Austrália)

O melhor tenista português de sempre faz a sua estreia no Open da Austrália na próxima madrugada, pela primeira vez com estatuto de cabeça de série no torneio. O primeiro obstáculo a ultrapassar é o cazaque Mikhail Kukushkin, número noventa e quatro da hierarquia, que João Sousa considera um jogador muito difícil.

Se, como foi dito no final da temporada passada, o objetivo de João Sousa para 2016 é dar um salto qualitativo na sua carreira a sua passagem por Merbourne reveste-se de particular significado. O português, que é o trigésimo terceiro mais cotado do circuito, beneficia pela primeira vez na sua carreira, do estatuto de cabeça de série num torneio do Grand Slam, devido à desistência de Richard Gasquet. Essa condição evita pelo menos que o sorteio o emparelhe com um dos outros pré-designados, o que à partida evita confrontos com os homens do topo. O vimaranense lembra que o ranking não vence partidas de ténis, o que é inegável. É preciso confirmar esse suposto ascendente em court mas também é certo que as possibilidades aumentos consideravelmente quando se tem pela frente alguém do top-100 e não do top-10.

Em 2016 o vimaranense pretende apostar mais fortes nas provas de maior peso – Masters 1000 e ATP 500 – e fazer menos da série 250. Será a única maneira de sair deste top-30, mais acima, mais abaixo, onde se tem vindo a instalar. Com esse novo patamar de exigência em mente Sousa passou uma semana a treinar em exclusivo com Rafa Nadal, na sua academia. E o português tem manifestado desde então muita satisfação com a intensidade do seu treino e nível de jogo. Apesar de ter cedido logo na primeira ronda em Aukland, João era um homem satisfeito com a prestação ainda que o desfecho tenha sido, na sua opinião, algo injusto. É preciso dizer que do outro lado da rede estava o italiano Fabio Fognini, que não é pera doce para ninguém. Sousa cedeu o primeiro set mas recuperou bem no segundo e dispôs de dois match-points no derradeiro parcial, mas o encontro acabaria por cair para o lado contrário (6-4, 2-6, 7-6).

Australia Open 2015No ano passado o tenista luso fez a sua melhor participação no Open da Austrália, tendo chegado até à terceira ronda, onde bateu de frente com Andy Murray (5-1, 6-1, 7-5).

Mikhail Kukushkin é o número noventa e quatro da hierarquia mundial e só por uma vez foi além da primeira ronda no Major Australiano. Foi em 2012 e nessa altura alcançou a surpreendente marca dos oitavos de final, altura em que também ele levou com o escocês Murray e não resistiu (6-1, 6-1, 1-0). No ano passado caiu vítima do tunisino Malek Jaziri (104º) logo na primeira eliminatória (6-2, 6-3, 2-6, 7-6).

O cazaque fez a sua estreia na nova temporada em Brisbane onde ultrapassou Istomin (6-2, 7-5) mas não Kei Nishikori (6-3, 6-4). Em Sidnei, na semana passada, fez o qualifying mas caiu logo na primeira ronda, frente a Jeremy Chardy (6-2, 6-3).

2014 Masters de Roma Kukushkin 2   6 6 6 1R
Sousa 1 3 7 3
2011 Segovia challenger Sousa 2   7 6 1R
Kukushkin 0 6 2

Foram dois os confrontos entre os dois tenistas, até ao momento, com uma vitória para cada lado. Sousa venceu no Challenger de Segovia, há cinco anos, e Kukushkin levou a melhor no Masters de Roma, em 2014.

Prognóstico Odd Casa Erro
Vitória de João Sousa por 3-1 4.20 Betrally
João Sousa
João Sousa
  • País: Portugal
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Kukushkin
Mikhail Kukushkin
  • País: Cazaquistão
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1788
  • Média Odds usadas 2.22
  • Próg. certos 749
  • Próg. errados 1010
comments powered by Disqus

Últimos jogos