Menu

João Sousa – Marcel Granollers (ATP Masters Madrid)

João Sousa entrou a ganhar no Masters 1000 de Madrid, eliminando Mahut por duplo 6-4, igualando assim, no mínimo, a prestação do ano passado. Marcel Granollers foi repescado como lucky looser para substituir Roger Federer, que se retirou com um problema nas costas. O tenista português disse no final da primeira ronda que se sentia mentalmente forte. Deve ajudar bastante à confiança escapar ao confronto com o número três mundial. E agora Sousa têm uma oportunidade única para chegar à fase seguinte. Esperemos que o pé não atrapalhe.

João Sousa esteve em dúvida para Madrid. Na semana passada, ao ser afastado por Nicolas Almagro (4-6, 6-1, 6-2) na segunda ronda do Estoril Open, visivelmente incomodado com dores no pé, revelou estar a avaliar a sua participação no Masters da capital espanhola. Mas acabou por vir, supostamente o desconforto no pé diminuiu, e o sorteio também deve ter ajudado a essa decisão. Nicolas Mahut parecia um obstáculo transponível, dentro daquilo que são as opções no quadro principal do um Masters 1000. Foi a decisão certa. A partida foi equilibrada mas o vimaranense manteve-se seguro. No final do primeiro set Sousa teve que contrariar seis pontos de break mas foi bem-sucedido e isso deu-lhe confiança para seguir em frente sem ceder nenhum parcial (6-4, 6-4). Foi a primeira vitória do português desde a estreia em Monte Carlo, já que tanto em Barcelona como no Millenium Estoril Open foi eliminado à primeira tentativa. A este respeito João Sousa tem um registo interessante. Em nove dos doze torneios em que participou este ano caiu na estreia. A exceções foram as provas de categoria superior. No Open da Austrália, único evento do Grand Slam já disputado, chegou à terceira ronda e só foi afastado pelo número dois mundial, Andy Murray, tendo ainda conseguido arrancar um set ao escocês (6-2, 3-6, 6-2, 6-2). No Masters de Miami também chegou à terceira ronda, tendo batido de frente com o líder do ranking ATP, Novak Djokovic (6-4, 6-1) e em Monte Carlo foi eliminado por Benoit Paire (6-4, 6-3).

No mínimo, João Sousa iguala a melhor prestação que tinha no Mutua Madrid, da época passada, onde perdeu com Stan Wawrinka na segunda ronda, forçando a decisão do primeiro set em tie break e quase fazendo o mesmo no segundo (7-6, 7-5), sinal de que deu luta. Este ano era suposto o português voltar a cruzar caminhos com outro suíço mas Roger Federer teve que abandonar o evento, devido a uma lesão nas costas. Assim sendo, a sua vaga foi atribuída a Marcel Granollers, o que pelo menos torna o confronto mais nivelado. Normalmente esta é a ronda em que começam a aparecer os homens de topo portanto Sousa têm aqui uma brecha importante para conseguir fazer algo mais. Desde que o pé, as costas ou a cabeça não atrapalhem.

A melhor prestação de mutua_madridMarcel Granollers em Madrid também aconteceu no ano passado, altura em que se qualificou para os oitavos de final. Aí encontrou Andy Murray e não foi mais longe (6-2, 6-0). Desta feita, o espanhol número quarenta e nove do ranking mundial foi eliminado no qualifying mas dado o abandono de Federer foi repescado como lucky looser.

Granollers já leva bastantes encontros nas pernas este ano. O espanhol optou por fazer umas incursões no circuito de Challlengers – chegou ao meia-final em Camberra, perdendo para Lorenzi (7-5, 6-7, 7-5), e conquistou o título em Irving, às custas de Bedene (6-1, 6-1) – e entre isso e os qualifyings a que se viu forçado as partidas foram acumulando. O lado negativo é um maior desgaste mas tem a vantagem de dar grande ritmo competitivo. Nesta altura da temporada o segundo aspeto pode ter mais peso.

Na época europeia de terra batida Granollers fez dois quartos de final – em Monte Carlo e Istambul – e uma segunda ronda – em Barcelona. No Mónaco foi Monfils a pô-lo fora (6-2, 6-4), na Catalunha Nadal (6-3, 6-2) e na Turquia caiu vítima de Karlovic (7-6, 6-7, 6-4).

2015 São Petersburgo Sousa 2 6 6 R16
Granollers-Pujol 0 3 3
2014 Rio de Janeiro Sousa 2 2 6 7 1R
Granollers-Pujol 1 6 3 5
2012 Roland Garros Granollers-Pujol 3 6 3 6 6 1R
Sousa 1 2 6 3 4

Este será o quarto confronto entre João Sousa e Marcel Granollers. O português vence a contagem por 2-1.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória de João Sousa 1.95 Betrally
João Sousa
João Sousa
  • País: Portugal
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Granollers
Marcel Granollers
  • País: Espanha
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1899
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 801
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos