Menu

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

João Sousa – Diego Schwartzman (ATP Masters Indian Wells)

O número um português regressa à competição esta quinta-feira no primeiro Masters 1000 da temporada. João Sousa esteve a um ponto de disputar a final no Brasil Open, em São Paulo, e o próprio admite que estas derrotas, em que o sucesso esteve por um triz, são particularmente duras de digerir. Pela frente terá o argentino Diego Schwartzman, quadragésimo quarto do ranking ATP, que nunca defrontou em encontros oficiais.

João Sousa estreia-se esta quinta-feira no quadro principal do Masters 1000 de Indian Wells. Será uma partida de teste, não apenas pelo adversário em si, que nunca defrontou, mas sobretudo por ser a primeira depois do desaire na meia-final do Brasil Open. O tenista vimaranense teve um match-point à disposição para fechar o segundo set mas ao não o converter abriu caminho à reviravolta de Albert Ramos Vinolas (6-7, 7-5, 6-2). Foram três duras horas em court, em São Paulo, para no fim deixar escapar a oportunidade de ir à segunda final da época. No final e a quente Sousa considerava não ter feito um mau encontro, apenas infeliz nos momentos decisivos. E embora isso seja certo, aposto que já remoeu vezes sem fim esses lances para perceber o que falhou. No terceiro parcial João Sousa baixou claramente de rendimento, afetado por ter deixado escapar por entre os dedos a oportunidade. Também reconheceu que estas derrotas assim, onde se esteve tão perto de outro desfecho, são particularmente duras de processar. O teste está já aí e logo veremos até que ponto o português, juntamente com a sua equipa técnica, conseguiu superar ou não a derrota recente.

Em 2016 o melhor tenista português chegou até à segunda ronda em Indian Wells, caindo vítima de Federico Delbonis (7-6, 6-4). Desta vez, o primeiro obstáculo também é argentino, mas um com o qual Sousa ainda não teve oportunidade de medir forças.

João Sousa ocupa a posição trinta e sete no ranking da modalidade e precisa de defender pontos no primeiro Masters 1000 da temporada.

Diego Schwartzman tamIndian_Wells_300bém teve passagem pelo Brasil Open e com grande destaque. Aliás, o tenista argentino do top-50 foi até aos quartos de final dos dois torneios brasileiros em terra batida, que se sucederam. No ATP do Rio de Janeiro foi travado por Dominic Thiem (6-2, 6-3) e em São Paulo a barreira intransponível foi Pablo Cuevas (5-7, 6-4, 6-4). Curiosamente, alemão e uruguaio haveriam de se sagrar campeões das respetivas provas.

Agora, o número quarenta e quatro do ranking ATP vai ter que regressar ao piso duro. Claro que o mesmo se aplica a Sousa, mas Schwartzman teve menos sucesso nesta superfície no início do ano. Venceu apenas duas de cinco partidas – a Sam Querrey (6-2, 6-4) e Cuevas (6-3, 6-3, 6-0) – na fase de arranque da temporada. Em Brisbane viu-se afastado por Milos Raonic (6-3, 6-2), em Auckland por Malek Jaziri (7-6, 6-3) e no Open da Austrália não resistiu a Steve Darcis (6-3, 6-3, 2-6, 6-4).

No ano passado Diego Schwartzman caiu à primeira oportunidade no Masters 1000 de Indian Wells, quando encontrou pela frente Robin Haase (6-3, 6-4). Em 2015 teve a sua melhor participação, tendo subido um degrau mais até ser empurrado para fora por Roger Federer (6-4, 6-2).

Este será o primeiro confronto direto entre João Sousa e Diego Schwartzman.

Prognóstico Odd Casa Erro
João Sousa vence por 2-0 2.55 Betclic
João Sousa
João Sousa
  • País: Portugal
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Diego_Schwartzman
Diego Schwartzman
  • País: Argentina
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1788
  • Média Odds usadas 2.22
  • Próg. certos 749
  • Próg. errados 1010
comments powered by Disqus

Últimos jogos