Japão – Emirados Árabes Unidos (Taça Asiática 2015)

Naquele que, à partida, pode ser visto como o jogo mais desequilibrado destes quartos-de-final, vamos encontrar os jogadores que podem ser considerados dos melhores artistas do continente asiático. Se do lado do Japão, Keisuke Honda continua a demonstrar que é uma peça essencial para o sucesso dos nipónicos, do lado dos emiradenses, Omar Abdulrahman é, cada vez mais, um jogador a merecer atenção bem para lá da realidade em que está inserido, quer no futebol de seleções, quer no de clubes. Quem sabe se mais uma exibição de grande nível não lhe valerá o desafio esperado para evoluir num campeonato mais exigente.

Regista-te já
para acederes
ao prognóstico

  • Conteúdos exclusivos
  • Prognósticos
  • Tutoriais
  • Estratégias e dicas