Menu

Itália Sub21 – Sérvia Sub21 (Europeu Sub-21 2017)

A seleção italiana de sub-21 pretende carimbar o passaporte para o Europeu de sub-21 do próximo ano, que vai ser disputado na Polónia. Líder do grupo 2 ao cabo de sete rondas, o conjunto transalpino tem um duplo compromisso de apuramento com Sérvia e Andorra, pelo que a qualificação para a fase final deverá ficar consumada desde já.

A Itália caminha firmemente com destino à fase final do campeonato da Europa de sub-21, prova em que esteve na última edição. O conjunto transalpino tem conseguido cumprir com a expectativa e é líder do grupo 2 de apuramento para a fase final, cumprindo com a expectativa que se lhe reservava face à superioridade teórica em relação à concorrência. Com 19 pontos conquistados nos primeiros sete jogos, a equipa italiana tem mais quatro que a Eslovénia que está na segunda posição, mas uma derrota frente à Sérvia em Vicenza (seleção que tem menos seis pontos e menos um jogo disputado) poderia ser fatal para os italianos. Como tal, vencer na receção à turma dos Balcãs é fundamental.

Neste grupo 2 de apuramento, a seleção italiana é a única que ainda não perdeu. Venceu seis dos sete encontros que disputou frente a Eslovénia (1-0; 0-3), República da Irlanda (1-0; 1-4), Lituânia (2-0) e Andorra (0-1). A única ocasião em que dividiu pontos foi precisamente no embate com a Sérvia (1-1), seleção mais próxima dos italianos em termos qualitativos.

Onze Provável: Alessio Cragno, Conti, Romagnoli, Rugani, Barreca, Mandragora, Cataldi, Berardi, Benassi, Kingsley Boateng, Cerri

Europeu sub21A Sérvia é a principal rival da Itália na luta pelo apuramento, ainda que a Eslovénia esteja na segunda posição do grupo à entrada para esta ronda (tem mais um jogo disputado que os sérvios). Os pupilos de Tomislav Sivic foram o único conjunto capaz de travar a líder Itália até à data, situação que querem replicar nesta ocasião. Com uma equipa composta por alguns elementos que se sagraram campeões do mundo de sub-20 na Nova Zelândia, o saldo sérvio até à data é o seguinte: Quatro vitórias frente a Lituânia (5-0), Andorra (5-0; 0-4), Lituânia (0-2), um empate com a Itália (1-1) e uma derrota na Eslovénia (2-0). A dupla jornada disputada em novembro de 2015 condiciona o percurso da seleção da Sérvia, uma vez que a equipa perdeu pontos nos dois jogos em causa. Andrija Zivkovic, reforço do Benfica, está lesionado e não integra o lote de convocados da seleção sérvia para os dois encontros de qualificação que se avizinham.

Na deslocação a Itália, a Sérvia joga a vida neste ciclo de apuramento. Se vencer, pode continuar a sonhar com o apuramento – embora seja um objetivo igualmente difícil, visto que a Itália dificilmente escorregará até final -, enquanto uma derrota deitas as suas aspirações por terra. A julgar por aquilo que fez até à data, a equipa sérvia terá que se transcender se quiser surpreender a Itália, adversário motivada pela possibilidade de assegurar o apuramento desde já.

Onze Provável: Boris Radunovic, Milan Gajic, Vulkasin Jovanovic, Nemanja Antonov, Milos Vejkovic, Nemanja Maksimovic, Sasa Zdjelar, Marko Grujic, Milinkovic-Savic, Aleksandr Cavric, Ognjen Ozegovic

O encontro da primeira volta terminou empatado a um com golos de Milinkovic-Savic e Cataldi, resultado que espelha o equilíbrio entre as duas equipas. À entrada para este desafio, a seleção italiana  está motivada pela oportunidade de garantir o apuramento e é favorita à conquista dos três pontos.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Ambas Equipas Marcam 2.05 Betrally
Itália
Itália Sub-21
  • País: Itália
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Sérvia
Sérvia Sub-21
  • País: Sérvia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1459
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 752
  • Próg. errados 625
comments powered by Disqus

Últimos jogos