Menu
  • 03 fevereiro
  • 21:00
  • Betrally

Itália – Azerbaijão (Europeu de Futsal 2016)

A Itália, campeã em título, inicia a defesa do troféu diante do Azerbaijão. À semelhança do que aconteceu no Europeu de Antuérpia, o sorteio voltou a colocar estas duas seleções frente a frente na fase de grupos da prova que desta feita se disputa em Belgrado. Na altura, os transalpinos impuseram-se de forma impiedosa, por sete bolas a zero.

Com uma seleção maioritariamente composta por elementos que também estiveram no Europeu de Antuérpia (12 em 14), a Itália ambiciona revalidar o título de campeã da Europa em solo sérvio. Alessandro Patias (jogador do Benfica) e Mauro Canal são as duas novidades na lista de convocados para a fase final deste campeonato da Europa, onde também estão os sportinguistas Alex Merlim (Babalu) e Fortino. Roberto Menichelli é o rosto técnico de uma aposta na continuidade, uma vez que o atual seleccionador orientou a seleção italiana nas duas últimas fases finais da prova continental. É uma formação talentosa, dispensa qualquer apresentações e tem condições para revalidar o ceptro.

Conhecida pelo forte contingente de jogadores brasileiros naturalizados, a seleção transalpina quer evitar nova surpresa na estreia. Na última edição do campeonato da Europa, a seleção italiana entrou em “falso” ao perder (4-2) com a Eslovénia na estreia.

Cinco Provável: Mammarella, Alex Merlim, Gabriel Lima, Honorio, Fortino

UEFA Futsal EuroInserida no grupo D juntamente com Itália e República Checa, a seleção do Azerbaijão é a principal candidata a garantir o acesso à próxima fase no segundo lugar. À partida, – a menos que a seleção Checa se transcenda – os “azeris” deverão garantir o acesso à fase seguinte juntamente com a Itália. Neste primeiro encontro, frente à congénere italiana, os “azeris” entram sem grandes aspirações, tendo em conta que o encontro decisivo no que concerne à passagem será disputado precisamente frente à República Checa.

Apesar de ter conseguido chegar às meias-finais em 2010, nas últimas duas edições, a seleção do Azerbaijão ficou-se pela fase de grupos. A equipa é comandada por Faustino Pérez, treinador espanhol que está totalmente familiarizado com o futsal “azeri” dado que também orienta o Arax Naxçivan, emblema onde milita Vitaliy Borisov, principal figura desta equipa. Em relação às últimas participações, melhorar a prestação do ponto de vista defensivo é essencial, uma vez que foi nesse capítulo que a seleção do Azerbaijão registou maiores debilidades. O treinador garante que a seleção sob sua tutela apresentará maior consistência neste torneio.

Um dos principais problemas das seleções “menores” prende-se com a falta de opções de qualidade, algo que dificulta o duelo frente a adversários com um leque mais alargado de escolhas. Em entrevista a “UEFA”, o treinador espanhol procurou relativizar essa ideia.

Cinco Provável: Rovshan Huseynli, Eduardo, Farzaliyev, Vitaliy Borisov, Amadeu

O favoritismo da seleção italiana é incontestável, ou não estivéssemos a falar da atual campeã em título. Tudo se configura para uma vitória transalpina, porém, será difícil repetir a goleada (7-0) imposta em Antuérpia. A equipa azeri apresentar-se-á mais forte que na última edição da prova, mais experiente e provavelmente mais organizada e consistente do ponto de vista defensivo. O coletivo da seleção do Azerbaijão terá que contrariar a qualidade individual que a equipa italiana apresenta.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Handicap Asiático: Itália -1.5 1.88 Betrally
Itália
Itália
  • País: Itália
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

azerbaijão
Azerbaijão
  • País: Azerbaijão
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1495
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 776
  • Próg. errados 645
comments powered by Disqus

Últimos jogos