As corridas de cavalos são seguramente o desporto que mais dinheiro movimenta diariamente nas apostas online, mas ainda assim, é um desporto que de uma forma geral, é desconhecido. A pensar nisso, desenvolvemos este tutorial que lhe explica alguma da história sobre as corridas de cavalos, mas também um pouco mais sobre este fantástico desporto, para que tenha algumas bases sólidas antes de se aventurar nas apostas em corridas de cavalos. Se desejar, poderá ainda ler os seguintes tutoriais, a fim de desenvolver ainda mais a sua aprendizagem sobre corridas de cavalos:

História

Praticamente desde a altura em que os homens conseguiram domesticar o cavalo, que a competição equestre existe. Esta competição começou a ganhar uma forma mais séria na época dos gregos e romanos, com as conhecidas corridas de quadrigas, que vemos habitualmente em filmes que retratam essa época. Em 1868, os Estados Unidos começaram a organizar corridas ao longo de todo o país, existindo já mais de 300 circuitos em 1890. No início do século XX, as corridas de cavalos levaram um golpe que quase se tornou fatal, com a proibição das apostas em vários estados, que levou a um enorme desinteresse neste tipo de competições. Felizmente, em 1908 a situação mudou novamente e as apostas deram às corridas o impulso que elas necessitavam. Os Estados-Unidos, o Reino Unido e a Áustralia serão neste momento os locais onde as corridas de cavalos tenham um maior destaque e a Betfair é a clara líder de mercado nas casas que disponibilizam apostas online.

Caso ainda não seja um utilizador da Betfair, recomendamos que abra uma conta e beneficie de um bónus de 20EUR e um reembolso de até 1000EUR no seu registo. Para se registar, clique aqui! Se desejar, poderá também ler a nossa review da Betfair, que inclui imensas informações acerca desta revolucionária casa de apostas.

corridas de cavalos

Tipos de Corridas

Ao olhar para uma qualquer corrida de cavalos pela primeira vez, podemos ficar confusos com alguns dos termos com os quais nos deparamos. Vamos tentar dar uma ajuda para que algum palavreado comece a fazer sentido na sua cabeça.

  • Maiden – As corridas Maiden são onde os cavalos “novatos” correm. São corridas onde correm cavalos que ainda não ganharam nenhuma corrida. Dentro das Maiden vai encontrar as Special Weight, onde vão estar cavalos que se espera sejam rapidamente cavalos vencedores. Por outro lado, nas Maiden Claiming, correm os chamados “donkey”, os piores cavalos que ainda não venceram e não se espera que vençam entretanto.
  • Claiming – Nas “Claiming” são onde são vendidos cavalos. Basicamente, antes de cada corrida começar, cada cavalo é colocado com um valor e, no final da corrida, é entregue a quem o comprou, independentemente do lugar onde o cavalo terminar. É por isso que a classe que falámos anteriormente, os Maiden Claiming são onde estão os cavalos menos cotados, e dentro destes, os que tiverem um valor menor, são aqueles que estarão preparados para outro trabalho que não competir.
  • Stakes – Nas “Stakes” vai encontrar os melhores cavalos, apesar de ainda assim podermos encontrar diferenças significativas de valor, se estivermos a falar de uma corrida do tipo “Stakes” de nível local, ou de uma tipo “Stakes” de nível nacional. O que importa reter é que nas Stakes a qualidade dos cavalos será mais superior e terá cavalos que já conhecem o sabor da vitória e onde a preocupação dos donos será fazer que assim continuem.
  • Handicap – Aqui os cavalos irão levar “peso extra”, normalmente para equilibrar as coisas. O cavalo com maiores probabilidades de vencer, que tenha vencido corridas anteriores, etc, vai ter de carregar peso, que irá teoricamente equilibrar mais as coisas.

Para além destes factores importantes, convém relembrar também que existem diversos hipódromos, com diversos tipos de pistas e diversas distâncias. Só no Reino Unido são mais de meia-centena! Cada uma com as suas características específicas, todas a ter em conta quando fizer as suas apostas.

Jockeys e Treinadores

Peças importantíssimas em todas as corridas, são de influência decisiva para o sucesso ou fracasso dos cavalos. Um treinador poderá ser melhor em determinado tipo de piso, em determinado circuito, ou por outro lado será um treinador mais generalista. Tenha em atenção treinadores vencedores/perdedores, e veja se são mais fortes nalgum tipo de corrida ou nalgum circuito. Podem causar algumas surpresas com cavalos dos quais nunca ouviu falar. Os Jockeys, para além do duvidoso gosto pela roupa que usam, são sempre pequenos e leves, para não serem eles próprios uma espécie de handicap do cavalo. No que diz respeito aos Jockeys, é mais importante, na nossa opinião, a influência negativa que podem ter num cavalo, do que propriamente a influência positiva. Embora numa questão de pormenor, um óptimo jockey pode efectivamente fazer a diferença, é muito mais a influência negativa que um mau jockey pode ter num bom cavalo.

Forma

Nos “Racecards”, que não são mais que as informações dos cavalos, jockeys e proprietários em cada corrida, pode analisar algumas informações importantes quanto à forma dos cavalos. Vai encontrar provavelmente uma série de números, do género 412-0. Traduzindo, isto é nada mais nem nada menos que a classificação do cavalo nas últimas 5 corridas onde participou, onde importa destacar o 0, que significa uma classificação pior do que 9º e o , que separa a época actual da época anterior. Pode encontrar também as siglas, D, C, ou CD, que lhe dão a indicação de que o cavalo ganhou numa distância igual à que vai correr, no caso do D, que já ganhou nesta pista, no caso do C, ou que já ganhou nesta pista e nesta distância, caso do CD.

Com esta pequena introdução pretendemos para já ambientá-lo ao universo das corridas de cavalos. Podere ler outros dos tutoriais disponíveis no nosso site, a fim de compreender o máximo de aspectos associados a este desporto extremamente competitivo.

Boas Apostas!