Menu

Hungria Sub-21- Grécia Sub-21 (Euro 2017)

Hungria e Grécia, seleções enquadradas no grupo 4 onde também está Portugal, medem forças esta segunda-feira. Tendo em conta a diferença qualitativa para as demais equipas e o atual rumo do grupo, é muito provável que a seleção portuguesa consiga ficar em primeiro e, consequentemente, apurar-se de forma direta para o Europeu do próximo ano. Restam quatro vagas para a disputa de um “play-off” que serão preenchidas pelos quatro melhores segundos classificados. É nessa linha que surge uma janela de oportunidade para as seleções de Hungria e Grécia.

A seleção da Hungria, que jogará em casa, prepara-se para disputar o quinto jogo neste grupo 4 de qualificação para o Europeu da Polónia. Ao cabo de quatro jogos, a formação magiar soma quatro pontos, resultado de uma vitória (0-6 ao Liechtenstein) e outro empate (2-2 na receção à Albânia). Perdeu diante de Portugal (2-0) e Israel (3-0). Para enquadrarmos esta equipa, importa dizer que não figura como favorita a garantir o acesso ao “play-off”. A equipa israelita, que atualmente ocupa o segundo lugar, parece estar um patamar acima das demais. Logo a seguir surge a Grécia, formação que até poderá intrometer-se na luta mas apresenta debilidades graves.

A formação húngara apresenta uma baixa relevante. László Kleinheisler, habitual titular nesta equipa, integra o lote de convocados da seleção principal para o “play-off”  e foi da sua autoria o golo que derrotou a Noruega.O último encontro disputado por esta seleção teve lugar no mês passado, também em casa, aquando da receção aos albaneses (2-2). Foi o único jogo disputado em casa até à data. Nessa ocasião, o avançado Dániel Prosser “bisou” na partida.

Onze Provável: Nagy, Kocsis, Hangya, Lenzsér, Botka, Kalmár, Vida, Sallai, Balogh, Márkvárt, Prosser

Europeu sub21A seleção da Grécia tem menos um jogo disputado que a congénere húngara. Venceu dois dos três encontros que disputou e está no terceiro posto da tabela com menos um ponto que Israel. No entanto, importa referir que as duas vitórias conquistadas pelos helénicos aconteceram diante da seleção mais frágil do grupo: O Liechtenstein (0-2 e 5-0). Frente a Portugal, adversário mais forte deste grupo 4, os gregos perderam em casa por esclarecedores 4-0.

A Grécia é, portanto, uma equipa que até agora tocou os dois extremos: Defrontou a formação mais frágil do grupo por duas vezes e também mediu forças com a equipa teoricamente mais forte de entre as seis a concurso. Frente à Hungria, os gregos terão oposição que se situa num patamar qualitatitivo semelhante. Será um jogo importante para “medir o pulso” a esta seleção e perceber até onde poderá chega. Servirá para perceber se existe ou não capacidade para duelar com o intuito de marcar presença no “play-off” de acesso à fase final do europeu.

Nikolas Ioannidis, atleta do Borussia Dortmund, é o melhor marcador da equipa na fase de qualificação. Totalista nos três jogos já disputados, “bisou” na deslocação da Grécia ao Liechtenstein e marcou na receção à mesma equipa.

Onze Provável: Barkas, Knstantinidis, Tzanetopoulos, Voyros, Risvanis, Chouchoumis, Siopis, Mavrias, Fountas, Vergos, Ioannidis

Encontro equilibrado em perspetiva. Embora tenha menos um jogo disputado, a Grécia está dois pontos acima da Hungria na pauta classificativa. Os magiares pretendem fazer valer o facto casa e lograr o primeiro triunfo em terreno próprio nesta fase de qualificação. À semelhança do que aconteceu na deslocação da Albânia à Hungria (2-2), é provável que ambas as equipas cheguem ao golo.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Ambas as Equipas Marcam 1.83 Betrally
taçadahungria
Hungria Sub-21
  • País: Hungria
  • Estádio:
  • Cidade: Budapeste
  • Fundação: 1901

Ver ficha completa

Grécia
Grécia Sub-21
  • País: Grécia
  • Estádio:
  • Cidade: Atenas
  • Fundação: 1906

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1458
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 751
  • Próg. errados 624
comments powered by Disqus

Últimos jogos