Menu
Serie A 37ª Jornada

Hellas Verona – Juventus (Serie A)

Enquanto a Juventus continua a fazer a sua festa de mais um título alcançado na Serie A, o Hellas Verona faz a via sacra da despedida da divisão maior do futebol italiano, depois de ter regressado com impacto, tocado a primeira metade da tabela, acabando por cair de novo. Esta história de subidas e descidas, em poucos anos, é uma realidade do futebol atual, onde os investimentos são elevados para se chegar ao topo, mas as necessidades para manter as equipas lá no alto são ainda maiores. A Juventus é o exato contrário de tudo isto, demonstrando, mesmo num ano em que começou muito mal, que a experiência e o conhecimento da vitória pode permitir, no médio prazo, a repetição de sucessos atrás de sucessos, enquanto todas as outras equipas da Serie A ainda parecem ter que aprender como se faz…

O Hellas Verona será o último classificado da Serie A no final do campeonato. Desde o início de janeiro, a equipa conseguiu apenas quatro vitórias (em média, uma por mês), perdendo a grande maioria dos restantes encontros, não demonstrando capacidade para virar uma situação que se foi deteriorando semanas após semanas. Ao receber o campeão, a equipa de Luigi Del Neri poderá aproveitar para que, a título individual, alguns dos seus jogadores consigam brilhar e conseguir manter-se entre os melhores. Ao mesmo tempo, haverá também alguma carga emocional, já que Luca Toni vai abandonar o futebol profissional e terá aqui uma oportunidade para deixar uma derradeira marca na sua carreira. Com vários jogadores a denotarem alguns problemas físicos, embora sem lesões, o conjunto de Verona espera conseguir dar uma imagem minimamente capaz daquilo que os seus jogadores podem valer para o futuro.

Onze Provável: Gollini – Pisano, Bianchetti, Moras, Emanuelson – Wszolek, Viviani, Ionita, Rebic – Toni, Gomez.

Serie AO dia 28 de outubro de 2015 marca a última derrota da Juventus na Serie A italiana, temporada 2015/16. Nesse dia, a equipa batia no fundo e poucos eram os que acreditavam que o campeão em título pudesse regressar à disputa de uma prova que tem sido sua, ano após ano. Desde então, a Juventus só voltou a perder pontos por uma vez, num empate em Bolonha, confirmando que a sua experiência valia o suficiente para a empurrar para fora de uma situação imprevista e, de certa forma, quase de impossível salvação. Pelo meio, a Juventus esteve também muito perto de atingir os quartos-de-final da Liga dos Campeões, tendo ficado pelo caminho frente ao Bayern Munique, mas numa eliminatória em que voltou a demonstrar poder para estar ombro a ombro com os mais fortes conjuntos europeus. Assim que, uma época que começou da pior forma, termina com sinais muito positivos para a Juventus. No entanto, para este jogo, as opções de Allegri estão limitadas pelos castigos de Hernanes, Pogba, Lichtsteiner e Mandzukic, para além das lesões de Cáceres e Neto, enquanto Chiellini, Marchisio e Morata ainda serão reavaliados.

Onze Provável: Buffon – Barzagli, Bonucci, Rugani – Cuadrado, Sturaro, Lemina, Asamoah, Alex Sandro – Dybala, Zaza.

Nas últimas duas temporadas, o Hellas Verona conseguiu travar a Juventus, quando a recebeu em casa. Repetir esse feito poderia ser uma boa forma de fechar mais este percurso na Serie A. Espera-se que o regresso seja célere. No entanto, o favoritismo está do lado da equipa de Turim.

Prognóstico Odd Casa Erro
Handicap Asiático: Juventus -1 1.93 Betrally
Hellas Verona
Hellas Verona
  • País: Itália
  • Estádio:
  • Cidade: Verona
  • Fundação: 1903

Ver ficha completa

juventus
Juventus
  • País: Itália
  • Estádio: Juventus Stadium
  • Cidade: Turim
  • Fundação: 1897

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2886
  • Média Odds usadas 2.15
  • Próg. certos 1352
  • Próg. errados 1493
comments powered by Disqus

Últimos jogos