A apenas uma jornada do final da Primeira Liga, há duas equipas nacionais que têm já a cabeça noutra final, a da Taça de Portugal. São então Sporting CP e Sporting de Braga que têm encontro marcado, no Estádio do Jamor, no próximo dia 31 deste mês de Maio. Com uma vitória na prova, em 1965-66, o SC Braga procura agora, na sua 4ª final, conquistar o seu 2º título da Taça de Portugal. Já os Leões, com 15 títulos em 26 finais da prova em que marcaram já presença, têm agora a oportunidade de igual o FC Porto no número de Taças conquistadas, sendo esta uma das mais fortes razões para não quererem desperdiçar a oportunidade.

Leões à procura do 16º título…

fc porto vs sporting taça de portugal

Os leões começaram logo por dar um passo de gigante ao vencerem o FC Porto na primeira eliminatória que disputaram.

Este ano com Marco Silva no comando técnico, os Leões iniciaram o seu percurso nesta edição da Taça de Portugal ao triunfarem em casa do FC Porto, eliminando-os assim, por 1-3. Corria então a 3ª eliminatória da prova. Após este início difícil o Sporting CP apanhou pela frente o Sporting de Espinho e ainda o Covilhã, adversários que, fora de casa, venceu com alguma facilidade por 0-5 e 2-3, respectivamente. Já depois disto, nos quartos de final, receberam o Famalicão, mais um adversário fácil que conseguiram derrotar, desta feita por 4-0. Já a duas mãos, na meia final, o Sporting teve primeiro uma deslocação difícil à Madeira, onde conseguiu arrancar ao Nacional um empate a dois golos, carimbando então em definitivo a passagem à final da prova no Estádio José Alvalade ao triunfarem por 1-0 e acumulando assim um agregado de 3-2 na eliminatóira. Até aqui o Sporting deu utilidade a 26 jogadores nesta prova que, entre si, apontaram 17 golos. Nestes dois grupos destacam-se então os nomes de João Mário, único atleta a actuar nas seis partidas da Taça de Portugal que os leões disputaram, e ainda Fredy Montero que, com 3 golos marcados, foi o mais eficaz da equipa na competição.

Arsenalistas querem novamente a Taça, 49 anos depois!

benfica vs sc braga

Mesmo a jogar fora de casa, o SC Braga conseguiu superiorizar-se e eliminar os encarnados.

O Sporting de Braga, este ano com o técnico ex-Académica, Sérgio Conceição, fez desta Taça de Portugal um dos seus principais objectivos para a temporada. Tendo começado por receber o Alcains na 3ª eliminatóira, os minhotos começaram também a vencer facilmente por 4-1. Depois desta fácil primeira eliminatória, o Braga enfrentou duas difíceis deslocações ao Estádio D. Afonso Henriques ainda ao Estádio da Luz onde defrontou e venceu, respectivamente, o Vitória de Guimarães e ainda o Benfica, ambos por 1-2. Depois disso, nos oitavos de final, receberam e golearam o Belenenses por 7-1, tendo na meia final, a duas mãos, afastado o Rio Ave com um agregado de 4-1 depois de um triunfo por 3-0 em casa e de um empate a um golo na Vila das Aves. Para chegar a esta fase da prova, Sergio Conceição deu então uso a 23 atletas, dos quais se destacam Stanislav Kritciuk, Aderlan Santos, Éder e Filipe Pardo que participaram em todas as seis partidas que a equipa já disputou. Quanto aos golos, Filipe Pardo, Éder e Zé Luis lideram a lista de artilheiros da equipa, todos com 3 golos, sendo de destacar aqui o nome do cabo-verdeano visto que disputou apenas dois jogos na prova.

17 anos depois, o SC Braga consegue então regressar ao Estádio do Jamor para a disputa de uma final da Taça de Portugal, o que havia acontecido pela última vez na temporada 1981/82, precisamente diante deste Sporting que na altura os venceu por 4-0. Já o Sporting vai aqui para tentar repetir o feito de 2007/08, na última vez em que conquistaram a prova, e ainda tentar obter o primeiro título da era do presidente Bruno de Carvalho. A última vez que subiram a este relvado para a disputa desta final, em 2011/12, os leões foram derrotados por 1-0 por uma Académica que, na altura, contava nas suas fileiras com Cédric Soares e Adrien Silva, actuais figuras de destaque deste Sporting.

Boas Apostas!