Com a Premier League a começar já no dia 13 de Agosto, os treinadores dos clubes ingleses começam a tentar apressar-se em fechar o plantel o mais rápido possível, de modo a terem tudo pronto à sua maneira para iniciarem mais uma temporada.

Pep Guardiola perto de passar os 120 milhões

Nos próximos dias, o treinador Pep Guardiola poderá passar os 100 milhões de euros em contratações nesta janela de transferências com o Manchester City perto de assinar com Leroy Sané e os jovens avançados da América do Sul Gabriel Jesus e Marlos Moreno.

O técnico espanhol já contratou Ilkay Gundogan por 27 milhões de euros, Nolito por 18 milhões, e Oleksandr Zinchenko por 2 milhões, gastando no total 47 milhões de euros nestas 3 transferências. O Schalke 04 quer 50 milhões de euros pelo avançado Leroy Sané, enquanto que o Manchester City está a avaliar o jovem de 20 anos cerca de 5 milhões a menos do preço que os alemães pretendem. Contudo, o director desportivo dos Citizens, Txiki Begiristain, está confiante de que o negócio tem tudo para dar certo. Caso as duas equipas decidam dividir a diferença, Sané custaria 47 milhões de euros aos cofres da equipa de Manchester, ou seja, seriam ao todo 94 milhões gastos por Guardiola nesta janela de transferências.

Sané poderá ser a próxima contratação do técnico espanhol

Leroy Sané poderá ser a próxima contratação do técnico espanhol.

Gabriel Jesus, o avançado de 19 anos do Palmeiras, está avaliado em 30 milhões pelo clube brasileiro. A Juventus também tentou contratar o jogador, mas a proposta de 20 milhões de euros por Jesus foi recusada pelo Palmeiras, pelo que é mais ou menos a quantia que o City acredita que o avançado realmente vale. Contudo, parece estar tudo bem encaminhado para fecharem negócio pelo jovem brasileiro, mesmo embora as negociações não estejam a ser fáceis devido a diferentes fusos horários, já que o City está na China a disputar a Taça Internacional dos Campeões. Caso cheguem a um acordo entre os 20 e os 30 milhões, digamos 25, as despesas de Guardiola alcançariam os 119 milhões de euros.

Já Marlos Moreno, o jovem avançado colombiano do Atlético Nacional, da Colômbia, concordou em mudar-se para o City por um valor que ronda os 10 milhões de euros. Se tudo correr como planeado, esta transferência irá bater a barreira dos 120 milhões, com o técnico espanhol a gastar cerca de 129 milhões de euros.

Quanto a John Stones, parecem ainda estar a haver negociações entre o Manchester City e o Everton quanto à sua potencial transferência para o Etihad Stadium. Apesar de o negócio poder ir por água abaixo, já que os Toffees estão a pedir uns absurdos 50 milhões de euros pelo defesa de 22 anos, caso Guardiola consiga carimbar esta contratação, o investimento do City poderá chegar perto dos 180 milhões de euros.

O Manchester City ainda ira disputar mais um encontro na China, contra o Borussia Dortmund, no dia 28 de Julho.

Arsenal volta a falhar em contratar um ponta de lança

O Arsenal viu a sua proposta de 35 milhões de euros pelo ponta de lança Alexandre Lacazette ser recusada pelo Lyon. E embora houvessem rumores de uma outra proposta de maior valor por parte dos Gunners, 48 milhões, o clube francês veio negar qualquer nova tentativa de compra por parte da equipa inglesa, sublinhando que o internacional francês de 25 anos não está à venda.

Os Gunners parecem decididos a levar Lacazette para o Emirates Stadium,

Os Gunners parecem decididos a levar Lacazette para o Emirates Stadium,

Esta não foi a primeira tentativa de contratarem um ponta de lança. O Arsenal, no início do verão, falhou em contratar Jamie Vardy, com o internacional inglês a preferir continuar no Leicester City. Aparentemente, os Gunners estão prontos para gastar até 90 milhões de euros em apenas duas contratações, Lacazette e Riyad Mahrez do Leicester City, contudo, o Lyon parece determinado em não deixar ir embora o avançado francês.

Lacazette tem sido apontado a vários grandes clubes europeus desde que marcou 27 golos na temporada 2014/15 e parece estar inclinado a mudar-se para o Emirates Stadium. Contudo, o Lyon não parece ter dificuldades financeiras, pelo que não vêm necessidade em vender o ponta de lança.

Boas Apostas!