Menu
  • 08 janeiro
  • 20:40
  • Betrally

Green Bay Packers – New York Giants (NFL)

A ronda dos wild-cards termina com o jogo do fim de semana. Os Packers recebem os Giants na tundra gelada. Eli e companhia não iam aos play-offs há cinco anos e duas das últimas três participações implicaram deslocações a Lambeau Field, de onde saíram vitoriosos. Mas quase mudou desde então. New York Giants são hoje uma formação sustentada pela segunda defesa menos batida da NFL. Do outro lado estará Aaron Rodgers, o quarterback mais talentoso e imprevisível que este jogo já viu. Eu nunca apostaria contra ele.

Aaron Rodgers prometeu que os Green Bay Packers iam dar a volta à situação e cumpriu. Seis vitórias consecutivas para fechar a temporada regular, terminando a vencer os Lions para conquistar a NFC Norte (10-6). O quarterback tem feito exibições de deixar toda a gente arrepiada. Lidera a liga com quarenta touchdowns, dezoito dos quais nos sete últimos jogos da época, sem entregar uma única vez a bola ao adversário. Lança os mísseis que não estão ao alcance de mais ninguém, escapa à pressão dos adversários, parece ter uma ligação quase telepática com alguns dos seus receivers. Num momento de aperto ele é a aposta mais segura para encontrar uma solução e executá-la de forma irrepreensível. Por isso me seria impossível apostar contra ele, mesmo sabendo que vai ter pela frente a segunda melhor defesa da NFL no que respeita ao número de pontos concedidos. Mas o maior problema para os Packers estará no outro momento do jogo. Na última jornada a equipa de Mike McCarthy foi a jogo sem três dos seus melhores cornerbacks: Damarius Randall, Makinton Dorleant e Quinten Rollins, os dois primeiros lesionados no joelho, o último no pescoço.

NFLOs New York Giants tem um historial auspicioso com os Packers nos play-offs. Duas das três últimas participações na pós-temporada passaram por Lambeau Field e a equipa visitante levou a melhor. Claro que já quase nada resta dessas campanhas de 2008 e 2012 na atual equipa de New York: Eli e pouco mais. E o quarterback de trinta e seis anos vem de uma temporada em que destoou claramente do resto da equipa, pela negativa. Já não é ele que carrega os Giants, agora esta formação é sustentada por uma das melhores defesas da NFL. Landon Collins, Janoris Jenkins, Olivier Vernon são as estrelas desta companhia. Ainda assim, os adeptos dos Giants, que há cinco anos não se viam nos play-offs, estão esperançados que Eli encarne a sua melhor versão, aquela que conquistou a esta formação dois Super Bowls, quando o momento do tudo ou nada chegar.

A grande interrogação é esta: até que ponto a defensiva dos Giants consegue abrandar Aaron Rodgers? Os Packers têm uma boa proteção ao QB e há boas razões para os adversários preferem não lançar blitzs. Primeiro, porque Rodgers se mexe muito bem e na maioria das vezes escapará à pressão. Segundo, porque ao fazê-lo vai inevitavelmente deixar alguma parte do campo a descoberto e ele vai colocar a bola lá. Ainda assim, é bem possível que Steve Spagnuolo não consiga resistir à tentação de tentar ser mais inteligente que o QB de Green Bay. Logo veremos se consegue resultados. Jordy Nelson vai ter muita dificuldade em livrar-se da sombra que Janoris Jenkins lhe fará e é provável que Jared Cook sinta o mesmo face a Landon Collins.

Paul Perkins foi testado no domingo passado, frente aos Redskins (19-10), uma formação que, à semelhança dos Packers, não tem uma grande defesa à corrida. O rookie ultrapassou as cem jardas em vinte e uma tentativas e pode ser uma contribuição importante para dar uma dimensão alternativa ao ataque dos Giants. Ao longo de toda a temporada regular New York ficou sempre abaixo dos trinta pontos, sendo que nos últimos quatro não chegou sequer aos vinte.

23-16
27-13
38-10
 * 20-37

No século XXI Giants e Packers defrontaram-se por duas vezes nos play-offs, em ambas os visitantes foram a equipa a seguir em frente. Em 2008 New York teve que ir a prolongamento para ganhar a final da conferência (23-20). Acabaria por conquistar o Super Bowl, derrotando os Patriots. Em 2012 o encontro aconteceu na segunda ronda da pós-temporada e a margem foi bem mais folgada (37-20). També aí o Giants seguiram até ao jogo final e voltaram a encontrar e vencer New England.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Mais de 44.5 pontos 1.90 Betrally
Green-Bay-Packers
Green Bay Packers
  • País: Estados Unidos
  • Estádio:
  • Cidade: Green Bay
  • Fundação: 1919

Ver ficha completa

ny giants
New York Giants
  • País: Estados Unidos
  • Estádio:
  • Cidade: New York
  • Fundação: 1925

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1736
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 731
  • Próg. errados 982
comments powered by Disqus

Últimos jogos