Menu
  • 03 março
  • 20:00
  • Dhoze

Granville – Marselha (Taça de França)

O Granville e o Marselha enfrentam-se esta quinta-feira no Stade Louis Dior, num embate a valer para os quartos de final da Taça de França. Esta é apenas a 3ª vez, em toda a sua história, que o conjunto da casa marca presença nesta corrida pela Taça de França, no entanto, as coisas parecem ter-se complicado ao lhes sair um emblema do principal escalão de futebol francês na rifa. Já o Marselha, sem conseguir vencer à 4 jogos consecutivos, tem aqui uma boa oportunidade de voltar às vitórias sem grandes complicações, uma vez que enfrente um conjunto do 5º escalão de futebol francês.

Granville, para conseguir alcançar estes quartos de final teve de eliminar os emblemas do Laval, Sarreguemines FC e FC Bourg-Péronnas, alcançando assim uma etapa da prova onde nunca antes conseguiu chegar. Orientados por Johan Gallon, este conjunto encontra-se a disputar o 5º escalão de futebol francês onde ocupa o 2º lugar na tabela de classificação geral com 47 pontos, fruto de 9 vitórias, 4 empates e 3 derrotas, com parciais de 31 golos marcados e 19 golos sofridos, ocupando assim um dos lugares de promoção, mantendo uma vantagem de 7 pontos sobre o Brestois B e o TA Rennes, 3º e 4º classificados, e com uma desvantagem de 5 pontos do 1º classificado Rennes B. O Granville tem apresentando um bom registo de resultados e é um forte candidato a conseguir a promoção ao 4º escalão de futebol francês, no entanto, para conseguirem chegar a estes quartos de final da Taça de França nunca tiveram pela frente um emblema da qualidade do Marselha, um factor que lhes poderá pôr fim à sua campanha pela Taça de França. Supondo que o seu oponente em jogo utilizará  jogadores pouco utilizados para esta eliminatória, o técnico Johan Gallon tem que lançar o seu XI mais forte e tomar o máximo proveito do factor casa, de forma a aumentar as hipóteses de vencer.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Granville apresenta um histórico de 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma vitória por 3-1 na recepção ao Sarreguemines FC, em jogo a contar para a Taça de França. Seguiu-se um empate por 1-1 na recepção ao Guingamp B, uma vitória por 1-0 na recepção ao FC Bourg-Pérounnas, em jogo a contar para a Taça de França, uma vitória por 0-1 em terreno do Laval B, e na última jornada, uma derrota por 1-2 na recepção ao Stade Briochin.

Onze Provável: Aymes – Yoan Benyahya, Lemonnier, Theault e Cols – Fournier, Untereiner e Barbier – Behma e Jouan – Jégu.

Taça de FrançaMarselha, por sua vez, para chegar a estes quartos de final teve de tirar do seu caminho o Caen, Montpellier e o Trélissac, chegando aqui à procura de somar a 11ª Taça de França ao seu palmarés, título que não vence desde a época de 1988/89. Esta não está a ser uma temporada fácil para o conjunto orientado por Michel que tem ficado muito abaixo das expectativas, apresentando um registo de resultados inconstante, que tem vindo a causar a queda na tabela de classificação geral da Ligue 1, onde ocupa agora o 13º lugar com 36 pontos, fruto de 8 vitórias, 12 empates e 7 derrotas, com parciais de 37 golos marcados e 28 golos sofridos. Já fora da Taça da Liga, ao ser posto fora nos quartos de final pelo Toulouse, e fora da Liga Europa, ao ser eliminado pelo Athletic Bilbao nos dezasseis-avos de final, esta é, para além da Ligue 1, a única competição com que Les Olympiens se têm que preocupar, e tendo-lhes saído um conjunto amador do 5º escalão de futebol francês na rifa, o técnico espanhol tem oportunidade de descansar os jogadores mais utilizados nas últimas semanas e dar minutos aos menos utilizados. A diferença de qualidade, ritmo competitivo e de experiência entre estes dois conjuntos é abismal, sendo que mesmo utilizando um XI inicial completamente diferente, Les Olympiens continuariam a ser favoritos a levar a melhor, no entanto, não devem dar o jogo como vencido antes de começar ou poderão haver surpresas.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Marselha apresenta um histórico de 1 vitória, 3 empates e 1 derrota. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma vitória por 0-2 em terreno do Trélissac, em jogo a contar para a Taça de França. Seguiu-se um empate por 1-1 em terreno do Nice, uma derrota por 0-1 na recepção ao Athletic Bilbao, em jogo a contar para a Liga Europa, um empate por 1-1 na recepção ao Saint-Étienne, e na última jornada, um empate por 1-1 em terreno do Athletic Bilbao, em jogo a contar para a Liga Europa. Lucas Ocampos e Brice Dja Djédjé são baixas confirmadas, ambos lesionados.

Onze Provável: Pelé – Manquillo, Sparagna, Rolando e De Ceglie – Diaby e Anguissa – Sarr, Barrada e N’Koudou – Fletcher.

Este será o 1º confronto directo, em toda a história, entres os dois emblemas. O Marselha, apesar de actuar fora de portas, é claramente favorito a conseguir a qualificação, apresentando um ritmo de jogo bastante superior e um plantel de grande qualidade, factores mais que suficientes para anular o Granville no seu próprio território. Resta apenas ao conjunto da casa esperar não ser goleado no seu reduto.

Prognóstico Odd Casa Erro
Mais de 2.5 Golos 1.50 Dhoze
granville
Granville
  • País: França
  • Estádio:
  • Cidade: Granville
  • Fundação: 1918

Ver ficha completa

marselha
Marselha
  • País: França
  • Estádio: Vélodrome
  • Cidade: Marselha
  • Fundação: 1899

Ver ficha completa

Fabio Mota
Fabio Mota
  • Próg. realizados 1844
  • Média Odds usadas 1.83
  • Próg. certos 965
  • Próg. errados 784
comments powered by Disqus

Últimos jogos