Menu

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Gastão Elias – Thanasi Kokkinakis (Jogos Olímpicos 2016)

Gastão Elias pode ter aqui uma oportunidade de ouro para chegar à segunda ronda. O sorteio ditou que o número dois português enfrente na estreia Thanasi Kokkinakis. O australiano está sem competir há dez meses, com uma complicada recuperação à cirurgia a que sujeitou o ombro direito, e só se qualificou graças ao ranking protegido. O português está a realizar um sonho, ao participar nos Jogos Olímpicos, e no Brasil está praticamente em casa. Melhor enquadramento seria praticamente impossível.

2016 estava a ser um ano muito positivo para Gastão Elias. Mas o verão está a ser meteórico para o homem da Lourinhã. O tenista português começou o ano na posição cento e trinta e três do ranking ATP, em abril estava no lugar noventa e quatro e em julho atingiu a sua melhor classificação de sempre. Até ao momento. É agora sexagésimo primeiro e é graças as este galgar da hierarquia que se viu incluído nas listas de qualificação para os Jogos Olímpicos. Muita coisa a acontecer, a uma velocidade vertiginosa, mas se há coisa que tem ficado evidente é que Elias não se encolhe nos momentos de desafio. Lembro-me bem daquela eliminatória da Taça Davis, em Guimarães, em que o pequeno Elias encostou Dominic Thiem às cordas e esteve quase a passar-lhe a perna. A força mental é mesmo uma assinatura do número dois português. Mas julho foi verdadeiramente alucinante. Gastão Elias alcançou dois quartos de final consecutivos, em Bastad e Umag, ambos da série ATP 250. Na Suécia eliminou Taro Daniel (7-6, 3-6, 6-2) e o compatriota João Sousa (6-2, 6-2), antes de cair às mãos de Fernando Verdasco (6-3, 6-1). Na Croácia passou por Garcia-López (6-1, 6-2), Cuevas (3-6, 6-3, 7-6) e Carreño Busta (6-4, 6-4) antes de ser fastado por Fabio Fognini (6-3, 6-3).

O Brasil é especial para Gastão Elias. Há anos a treinar com Jaime Oncins, chegou mesmo a ter um quarto na casa do treinador brasileiro. A namorada também é brasileira de nascimento. Portanto o português está como em casa e não lhe faltará apoio. O sorteio dificilmente lhe poderia ter sido mais favorável. É um torneio olímpico, não há facilidades, mas dentro dos possíveis adversários da primeira ronda, Elias tirou um menos mau.

jogos olimpicos 16Em condições normais Thanasi Kokkinakis seria um adversário preocupante. Em junho do ano passado, com apenas dezanove anos, o australiano entrava no top-70. Mas no final da temporada teve que ser operado ao ombro e a recuperação tem sido mais dura e demorada do que inicialmente esperado. Mais do que uma vez Kokkinakis tentou voltar à competição mas sentia muito desconforto no serviço. Chegou a dizer, por alturas de Wimbledon, que conseguia servir a oitenta por cento da sua capacidade. A partir daí, se forçasse, sentia dor no momento de contactar a bola. Ainda assim o australiano não quis deixar passar a oportunidade de participar nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Só com os primeiros pontos, sobretudo, com a execução dos primeiros serviços da partida frente a Elias vamos perceber até que ponto se sente capaz de aguentar. Kokkinakis tem um grande futuro pela frente e apesar de ter muita vontade de representar a Austrália nos Jogo Olímpicos não irá por em causa a sua saúde.

Elias e Kokkinakis nunca se defrontaram em court. O vencedor deste duelo irá medir forças com o vencedor do encontro entre Steve Johnson, cabeça de série número doze, e Darian King.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Gastão Elias a vencer 1.62 Betclic
Gastão Elias
Gastão Elias
  • País: Portugal
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

kokkinakis
Thanasi Kokkinakis
  • País: Austrália
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1905
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 802
  • Próg. errados 1076
comments powered by Disqus

Últimos jogos