Menu
  • 22 setembro
  • 20:00
  • Bet365

França – Lituânia (Eurobasket)

A final do Eurobasket não constitui uma surpresa, visto que as duas equipas que lutarão pelo título estavam dentro do lote de candidatas no início da prova. O conjunto gaulês tem contado, essencialmente, com Tony Parker, para ser o líder incontestado da equipa, somando 32 pontos no jogo da meia-final frente à Espanha. Já os lituanos apresentam mais soluções coletivas, com Jonas Maciulas, Mantas Kalnietis e Linus Kleiza, à vez, a surgirem como jogadores decisivos para o sucesso da equipa.

A França chegou a esta prova decidida a conquistar o seu primeiro título europeu. Tony Parker, de natureza extremamente competitiva, tinha noção de que esta era a sua oportunidade de ouro, por uma conjugação de fatores. Primeiro, os franceses chegam a este momento com uma equipa bastante madura, capaz de sobreviver a ausências tão fulcrais como a de Joakim Noah. Por outro lado, os seus adversários apresentam lacunas que aproximavam, ainda mais, as equipas. O grande dia terá sido o de sexta-passada, quando os franceses derrotaram, finalmente, os espanhóis. A chave para o fazer estava nas mãos de Tony Parker. Pela dificuldade que é parar este jogador seja em que circunstância for, mas também pelo aproveitamento que o base do San Antonio Spurs fez de todos os lançamentos. Por outro lado, a França voltou a estar muito bem no jogo interior, com Boris Diaw, Florent Pietrus e Alexis Ajinca a darem um contributo precioso, enquanto Antoine Diot voltou a sair muito bem do banco para anotar dois triplos e fazer uma carreira perfeita na linha de lance livre, com quatro pontos em quatro tentativas. A experiência francesa poderá ser fundamental para vencer o jogo final do Eurobasket, esperando-se, acima de tudo, que Tony Parker volte a estar genial, como esteve nos últimos dois encontros.

eurobasketA Lituânia foi sempre o conjunto que demonstrou maior solidez coletiva neste Eurobasket, conseguindo conjugar um bom grupo de jogadores, que defendem muito bem as fragilidades uns dos outros, oferecendo diversas opções para decidir partidas. No jogo frente aos croatas Jonas Maciulas esteve melhor, com 4 em 6 da linha dos três pontos e um total de 23 pontos marcados, quase igualado por Linas Kleiza, com 22 pontos, ou o sempre presente Mantas Kalnietis com 18 pontos. O acerto da linha de três pontos foi, inclusive, essencial para garantir a vitória frente a uma Croácia que tremeu nos momentos de maior aperto. A equipa lituana valeu-se da sua experiência e também da profundidade da sua equipa, já que Motiejunas, Kuzminskas, Valanciunas, Pocius e Javtokas oferecem capacidade para que o ritmo de jogo se mantenha bastante elevado, mesmo com um segundo quinteto dentro de campo. A força física dos lituanos, que eventualmente tiveram uma meia-final mais ligeira, poderá ser o elemento chave para fazer a diferença a seu favor, no jogo da final.

Nos frente a frente entre jogadores, a França sai a ganhar com Tony Parker frente a Mantas Kalnietis, até porque os franceses contam com a segunda unidade Nando de Colo para pressionar defensivamente o seu adversário. Seibutis também sai menorizado no confronto com Nicolas Batum, com Pocius a não conseguir dar a mesma resposta a partir do banco do que Antoine Diot. Olhando para os bases, poderemos dizer que a França terá larga vantagem. Mas daqui para a frente, as contas equilibram-se. Linus Kleiza conseguirá impor-se a Mickael Gelabale, enquanto a dupla Jonas Maciulis/Jonas Valenciunas está bem ao nível do duo Boris Diaw/Alexis Ajinca. O apoio do banco oferecido por Darjus Lavrinovic, Donatas Motiejunas e Robertas Javtokas também supera o que Florent Pietrus e Joahn Petro poderão dar, assim que no jogo exterior, o sinal mais está do lado dos lituanos.

Como se conjugarão estes fatores em quarenta minutos de enorme pressão e imensa luta? Creio que tudo se resumirá a Tony Parker. É ele o joker deste encontro. Se estiver ao nível que demonstrou nesta última fase do Eurobasket, a França ganhará o jogo. Caso não esteja, a Lituânia terá oportunidade para somar o seu quarto título europeu de basquetebol.

A Bet365 oferece-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória da França 1.70 Bet365
França FIBA
França
  • País: França
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Lituania FIBA
Lituânia
  • País: Lituânia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2880
  • Média Odds usadas 2.15
  • Próg. certos 1352
  • Próg. errados 1488
comments powered by Disqus

Últimos jogos