Menu

França – Camarões (Amigável de Seleções)

Automaticamente qualificada para a fase final na condição de organizadora, a  França disputou encontros de cariz amigável com as seleções que estiveram a concurso no grupo de Portugal, solução que permitiu manter o ritmo competitivo diante de seleções que lutavam afincadamente pelo apuramento. Apesar da conjuntura confortável em termos competitivos, a fase de qualificação da equipa francesa voltou a ficar marcada por escândalos fora dos relvados, com expressão máxima no escândalo sexual que envolveu os nomes de Valbuena e Benzema – o avançado do Real Madrid ficou arredado dos convocados. Além disso, Didier Deschamps terá que lidar com algumas ausências devido a lesão, argumento que não serve para um potencial insucesso tendo em conta que a temporada foi profícua para alguns jogadores franceses em ascensão, como Kingsley Coman, Payet ou N’Golo Kanté.

Sem participar num encontro oficial desde o Mundial de 2014, os adeptos gauleses estão curiosos para aferir a resposta que a equipa conseguirá dar no encontro inaugural, com a Roménia. Para já, a seleção francesa terá que se preocupar em vencer as congéneres dos Camarões e da Escócia para chegar ao encontro inaugural em bom plano – nos últimos oito encontros, só perdeu no “clássico” do futebol europeu com a Inglaterra. Os dois jogos que restam não são diante de seleções de maior nomeada, mas a França já mediu forças com equipas de um patamar semelhante ao longo deste ciclo de preparação e deixou indicações positivas.

Onze Provável: Lloris, Evra, Koscielny, Mangala, Sagna, Diarra, Matuidi, Pogba, Martil, Coman, Giroud

amigável internacionalLonge do fulgor de outrora, o objetivo da seleção dos Camarões passa por equilibrar a contenda e proporcionar um duelo exigente à formação francesa. A seleção africana, orientada por Hugo Broos, está privada de alguns elementos importantes, situação que levou à chamada de três ateltas que atuam no campeonato camaronês. Se a seleção camaronesa já era inferior à congénere francesa à entrada para este desafio, as baixas que se verificam fragilizam ainda mais a equipa, diminuindo consideravelmente as hipóteses de sucesso.

Benjamin Moukandjo está lesionado, enquanto que Mbia vau cumprir suspensão depois de ter sido expulso num amigável com a Nigéria em 2015. Sebastien Bassong, Marvin Matip e Landry N’Guemo, jogadores que atuam no campeonato chinês, não estão entre os convocados por continuam ao serviço dos respetivos clubes. O guarda-redes Carlos Kameni também não vai participar nesta partida.

A seleção camaronesa está a disputar a qualificação para a CAN 2017 e é líder do grupo M, com oito pontos conquistados em quatro jogos. A próxima partida, agendada para dia 3 de junho, poderá revelar-se decisiva tendo em conta que vai defrontar a Mauritânia, conjunto que ocupa a segunda posição com menos um ponto.

Onze Provável: Ondoa, Nyom, N’Koulou, Chedjou, Bedimo, Enoh, Salli, Mandjeck, Zoua, Choupo-Moting, Aboubakar

França e Camarões defrontaram-se pela última vez em 2003, em jogo da Taça das Confederações. Na altura, a formação europeia levou a melhor por uma bola a zero após prolongamento. Desta feita, em contexto amigável, perspetiva-se que os franceses consigam triunfar por um placard mais dilatado, até porque a seleção camaronesa não está ao nível de outrora e ainda por cima encontra-se privada de algumas figuras habituais. Determinados em conquistar um lugar no onze de Deschamps, os jogadores franceses vão encarar esta partida com seriedade e o cansaço acumulado de uma época inteira não pode entrar nesta equação.

Prognóstico Odd Casa Erro
Vitória da França sem sofrer golos 1.71 Betrally
frança
França
  • País: França
  • Estádio: Stade de France
  • Cidade: Paris
  • Fundação: 1904

Ver ficha completa

camaroes
Camarões
  • País: Camarões
  • Estádio:
  • Cidade: Yaoundé
  • Fundação: 1940

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1495
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 776
  • Próg. errados 645
comments powered by Disqus

Últimos jogos