Menu

Feyenoord – Valência (Amigável de Clubes)

O Valência viaja até Roterdão para o segundo teste da pré-temporada. O Feyenoord já leva mais jogos de preparação mas só no último, com o Anderlecht, teve oposição minimamente exigente. No clube Ché, Ayesterán continua a insuflar a equipa com nova vida. A venda de André Gomes para o Barça reverte trinta e cinco milhões e mais dois jogadores culé. Recursos importantes para a reconstrução da equipa.

A equipa orientada pelo antigo internacional Giovanni van Bronchhorst avança a passos largos para o início da temporada oficial. No último dia de julho o Feyenoord, vencedor da Taça, defronta o PSV, campeão em título da Eredivisie. O clube de Roterdão promoveu vários jogadores da formação à equipa principal e para já essas movimentações resumem os reforços. O Feyenoord começou os jogos de preparação frente a posição modesta – RKSV Driel (0-16) e Rijnsburgse Boys (1-5) – e no sábado passado subiu o nível de exigência ao medir forças com os belgas do Anderlecht. Passou o teste. Dirk Kuyt em dose dupla em cima do intervalo traduziu no marcador a superioridade dos holandeses que Michiel Kramer haveria de alargar a cinco minutos do fim. Em cima dos noventa Stefano Okaka fezo golo de honra para os visitantes.

Onze Provável: Vermeer – Karsdorp, Botteghin, Kongolo, Nelom, Vilhena, El Ahmadi, Toornstra, Basacikoglu, Kuyt e Ella.

amigável internacionalO Valência ainda só fez um jogo-treino na pré-temporada. Já sabemos que o campeonato espanhol é dos que arranca mais tardiamente. Foi na Alemanha, onde está a trabalhar, frente ao Preussen Munster (2-4) da terceira divisão germânica. A partida ficou marcada pelo clima extremo – o calor sufocante deu lugar a uma carga de água que obrigou mesmo a uma interrupção – mas deu para Pako Ayesterán testar o entrosamento de alguns dos jogadores. O treinador gostou das movimentações de Rodrigo e Paco Alcácer, na frente de ataque. Haverá bastante a corrigir nas rotinas e posicionamento defensivo, o que é absolutamente natural numa altura em que a formação base ainda não está definida.

A época desastrosa que passou indicava grandes mudanças. Houve alguma limpeza de balneário, talvez ainda não terminada. Antonio Barragán rumou ao Middlesbrough por quatro milhões de euros e o clube inglês treinado por Heitor Karanka chegou ainda a acordo para levar também Álvaro Negredo, por empréstimo. Pablo Piatti, a caminho do Espanyol, rendeu outros seis milhões. Do ponto de vista das entradas a mais sonante, até ao momento, foi mesmo a do português Nani, que se vinculou ao clube Ché ainda durante o Euro 2016. Claro que o extremo ainda se encontra de férias.

Mas por estes dias não se fala de outra coisa que não a venda de André Gomes para o Barcelona. A verba exata não foi divulgada mas os especialistas do mercado falam de qualquer coisa entre trinta e cinco milhões de euros fixos, a que se podem acrescentar outros vinte em variáveis. Os contornos do negócio ainda estão a ser divulgados mas parece que entre as contrapartidas também há também a possibilidade do Valência ficar com dois jogadores culé. Martín Montoya é o mais provável já que viria suprir a saída de Barragán. Depois, fala-se também de Tello.

Onze Provável: Diego Alves – Cancelo, Vezo, Aderlan Santos, Siqueira, Enzo Peréz, Javi Fuego, Parejo, Mina, Alcácer e Rodrigo.

As duas equipas nunca se defrontaram. O Valência inicia a Liga Espanhola no Mestalla, frente ao Las Palmas.

Prognóstico Odd Casa Erro
Empate 3.30 Betrally
feyenoord
Feyenoord
  • País: Holanda
  • Estádio: De Kuip
  • Cidade: Roterdão
  • Fundação: 1908

Ver ficha completa

valencia
Valência
  • País: Espanha
  • Estádio: Mestalla
  • Cidade: Valência
  • Fundação: 1919

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1873
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 787
  • Próg. errados 1059
comments powered by Disqus

Últimos jogos