Menu
Eredivisie 20ª Jornada

Feyenoord – Heerenveen (Eredivisie)

O Feyenoord e o Heerenveen medem forças esta quinta-feira no De Kuip, em Roterdão, num embate a valer para a 20ª jornada da Eredivisie. Já sem vencer desde o início de Dezembro, o conjunto da casa chega aqui com 3 derrotas consecutivas, sofrendo então uma grande perda pontual na corrida pela liderança da tabela de classificação geral, ficando agora a 12 pontos do 1º lugar. Já o Heerenveen, após 3 derrotas consecutivas conseguiu finalmente vencer na última jornada com a recepção ao Willem II, afastando-se assim um pouco mais da zona de relegação.

Feyenoord ocupa o 3º lugar com 36 pontos, fruto de 11 vitórias, 3 empates e 5 derrotas, com parciais de 39 golos marcados e 24 golos sofridos. O Clube do Povo chega aqui com 3 derrotas consecutivas, o que foi um grande golpe pontual que os deixou agora praticamente incapacitados de voltarem a somar o primeiro título de campeões do campeonato caseiro desde a temporada de 1998/99, ficando agora a 16 pontos de ocuparem o 1º lugar, 8 pontos do 2º, e com uma ligeira vantagem de 2 pontos sobre o 4º classificado Heracles Almelo. Este conjunto às ordens do técnico Giovanni van Bronckhorst encontra-se também em prova na Taça da Holanda, competição que já venceu por 11 vezes, onde após entrar na 2ª Ronda da competição, conseguiu já tirar do seu caminho os emblemas do Zwolle, Ajax e Willem II, tendo agora o Roda como seu oponente para os quartos de final. Para este embate que se segue, o Clube do Povo terá pela frente um conjunto com a 4ª defesa mais batida do campeonato, no entanto, esse seu adversário conseguiu vencer na última jornada, o que os deixa motivados para esta viagem até Roterdão. Importa realçar que o técnico Giovanni van Bronckhorst conta o 3º sector ofensivo mais eficaz do campeonato, onde a referência mais ofensiva do ataque é Dirk Kuyt, 2º melhor marcador da Eredivisie com 13 golos.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Feyenoord apresenta um histórico de 1 vitória, 1 empate e 3 derrotas. Esta sequência de resultados iniciou-se com um empate por 1-1 em terreno do Groningen. Seguiu-se uma vitória por 2-1 na recepção ao Willem II, em jogo a contar para a Taça da Holanda, uma derrota por 3-1 em terreno do NEC, uma derrota por 0-2 na recepção ao PSV, e na última jornada, uma derrota por 4-2 em terreno do AZ Alkmaar. Warner Hahn está de fora por lesão, enquanto que Colin Kazim-Richards e Sven van Beek ficarão a cumprir castigo.

Onze Provável: Vermeer – Karsdorp, Heijden, Kongolo e Nelom – Vilhena e Ahmadi – Kuyt, Gustafson e Elia – Kramer.

ErediviseHeerenveen, por sua vez, ocupa o 12º lugar com os mesmos 23 pontos que o 11º classificado ADO Den Haag, fruto de 6 vitórias, 5 empates e 8 derrotas, com parciais de 30 golos marcados e 38 golos sofridos. Após sofrerem 3 derrotas consecutivas, sem vencer no campeonato desde meados de Dezembro, Os Super Frísios conseguiram finalmente quebrar a onda de derrotas que tinham vindo a atravessar ao vencerem na última jornada com a recepção ao Willem II. Já fora da Taça da Holanda, ao ser eliminado pelo Roda nos oitavos de final, este conjunto aos comandos de Foppe de Haan pode agora concentrar-se a 100% na competição caseira em começar a conquistar resultados positivos. Os Super Frísios chegam aqui motivados ao terem conseguido triunfar na última jornada, no entanto, apresentam algumas lacunas no sector defensivo, uma vez que contam com a 4ª defesa mais batida do campeonato, e frente a um emblema que conta com o 3º sector ofensivo mais eficaz da Eredivisie será de esperar que os Fean baixem bastante as linhas, de forma a não abrirem espaços nem proporcionarem ocasiões de golo ao adversário. Importa realçar que nos últimos 3 encontros que disputou fora, este emblema sofreu 13 golos, marcando apenas 5 no processo.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Heerenveen apresenta um histórico de 2 vitórias e 3 derrotas. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma vitória por 2-1 na recepção ao Excelsior. Seguiu-se uma derrota por 3-1 em terreno do Roda, em jogo a contar para a Taça da Holanda, uma derrota por 0-4 na recepção ao ADO Den Haag, uma derrota por 5-2 em terreno do Zwolle, e na última jornada, uma vitória por 3-1 na recepção ao Willem II. Jerry St. Juste, Joris Voest, Simon Thern e Pascal Huser são baixas confirmadas, todos lesionados.

Onze Provável: Mulder – Anholt, Marzo, Berg e Bijker – Zeneli, Cavlan, Boomen e Larsson – Vrede e Veerman.

Nos seus últimos 8 confrontos directos, cada um dos emblemas venceu 3 partidas, tendo as 2 restantes terminado em empate.

Heerenveen 2-5 Feyenoord
Holland 15/16
Feyenoord 2-2(a.p.) Heerenveen
Holland 14/15
Heerenveen 1-0 Feyenoord
Holland 14/15
Heerenveen 3-1 Feyenoord
Holland 14/15
Feyenoord 1-1 Heerenveen
Holland 14/15
Feyenoord 2-0 Heerenveen
Holland 13/14
Heerenveen 1-2 Feyenoord
Holland 13/14
Heerenveen 2-0 Feyenoord
Holland 12/13

Dada a actual forma de ambas equipas, este é um jogo de esperar equilibrado, com o conjunto da a casa a ser favorito a somar os 3 pontos diante dos seus adeptos. Apesar de estar motivado com a vitória da última jornada, o Heerenveen apresenta um registo fora de portas bastante fraco, e uma defesa muito desorganizada, enquanto que o Feyenoord, com um dos melhores ataques do campeonato, não deverá ter dificuldades em criar situações de perigo, sendo de esperar que voltem às vitórias neste embate.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Ambas as Equipas Marcam 1.68 Betrally
feyenoord
Feyenoord
  • País: Holanda
  • Estádio: De Kuip
  • Cidade: Roterdão
  • Fundação: 1908

Ver ficha completa

Heerenveen
Heerenveen
  • País: Holanda
  • Estádio: Abe Lenstra Stadium
  • Cidade: Heerenveen
  • Fundação: 1920

Ver ficha completa

Fabio Mota
Fabio Mota
  • Próg. realizados 1914
  • Média Odds usadas 1.82
  • Próg. certos 997
  • Próg. errados 817
comments powered by Disqus

Últimos jogos