Menu

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Federico Delbonis – João Sousa (Brasil Open)

João Sousa chega aos quartos de final de um torneio ATP pela terceira vez esta temporada. O encontro com Renzo Olivo foi algo estranho, com sucessivas quebras de serviço de parte a parte mas no final o português congratulou-se pela força mental para encontrar uma saída. Pela frente terá Federico Delbonis, que venceu ainda há três semanas em Buenos Aires. No que respeita a confrontos diretos, há duas vitórias para cada lado. Para que lado penderá o desempate?

Federico Delbonis conquistou o seu primeiro título de carreira no circuito ATP precisamente em São Paulo, em 2014, batendo na final o italiano Paolo Lorenzi. No ano passado aguentou até aos quartos de final, altura em que foi eliminado por Iñigo Cervantes (7-6, 2-6, 6-4).

Nesta edição o argentino de vinte e seis anos já mandou para casa o eslovaco Josef Kozalik (6-4, 7-6) e a sensação do momento, Casper Ruud (7-5, 6-3). Ambos estão para além do top-100 mas o jovem norueguês está a dar nas vistas na campanha sul-americana de terra batida. Delbonis ia de sobreaviso, depois de ter visto o adolescente de dezoito anos atingir a meia-final no ATP 500 do Rio de Janeiro, na semana anterior, e não baixou a guarda. Os dois estiveram quase irrepreensíveis nos respetivos jogos de serviço e bastou que o norueguês tivesse cedido um break em cada seta para ser afastado.

Nos dois torneios anteriores, ambos em pó de tijolo, Federico Delbonis caiu nos oitavos de final. Em Buenos Aires foi vítima de João Sousa (7-5, 6-3) e no Rio do compatriota Diego Schwartzman (6-4, 7-6). Desta vez chegou pelo menos um degrau acima. Será que é para ir até ao fim?

Como quarto cabeça de série do ATP de São Paulo,Brasil_Open João Sousa teve entrada direta para a segunda ronda. O embate com o italiano Renzo Olivo arrancou de forma estranha. No primeiro set ambos os tenistas conquistaram mais pontos na resposta do que respetivos jogos de serviço. Até ao sexto jogo sucederam-se as quebras de serviço de parte a aparte e foi o vimaranense a conseguir quebrar o ciclo nesta altura do encontro. O segundo parcial parecia embalado para mais do mesmo mas depois dos breaks iniciais italiano e português acertaram com o saque. No final João Sousa manifestou a sua satisfação pela força mental que demonstrou, não permitindo que os altos e baixos da partida o desconcentrassem. Com agressividade, o número trinta e sete do ranking ATP lá foi encontrando forma de agarrar o duelo e sair por cima. Apensar das dificuldades, Sousa jogou bastante melhor que na derrota da semana passada, na primeira ronda do Rio de Janeiro, frente a Roberto Carballés Baena (6-3, 6-1). As condições em São Paulo – a altitude aliada a uma vaga de calor – complicaram a performance dos dois tenistas mas o português foi claramente superior.

Esta é a terceira vez esta temporada que Sousa alcança os quartos de final de um evento ATP. Em Aukland foi até à final, acabando por ceder diante de Jack Sock (6-3, 5-7, 6-3), e no Open da Argentina não conseguiu passar por Kei Nishikori (6-1, 6-4).

2017 Buenos Aires Sousa 2 7 6 R16
Delbonis 0 5 3
2016 Indian Wells Delbonis 2 7 6 2R
Sousa 0 6 4
2015 Genebra Sousa 2 6 2 6 SF
Delbonis 1 3 6 4
2013 Buenos Aires Delbonis 2 6 6 1R
Sousa 0 1 4

Federico Delbonis e João Sousa já se defrontaram quatro vezes e para já temos empate técnico: duas vitórias para cada lado. Até ao momento os triunfos têm sido alternados o que não abona em favor do português que ainda há três semanas afastou o argentino dos oitavos de final do ATP de Buenos Aires.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória de João Sousa 2.10 Betclic
Federico_Delbonis
Federico Delbonis
  • País: Argentina
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

João Sousa
João Sousa
  • País: Portugal
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1781
  • Média Odds usadas 2.22
  • Próg. certos 746
  • Próg. errados 1008
comments powered by Disqus

Últimos jogos