Menu
  • 22 maio
  • 17:15
  • Betrally

FC Porto – SC Braga (Taça de Portugal)

O Jamor já tem lotação esgotada para a final que opõe Dragões a Arsenalistas. O FC Porto tenta aqui disfarçar uma temporada absolutamente miserável. E José Peseiro procurará encerrar a passagem pelo Dragão com um apontamento positivo, já que tudo indica que não continua. Para Paulo Fonseca também pode ser uma despedida. No ano passado o SC Braga morreu na praia, entregando o troféu aos Leões nas grandes penalidades, e agora procuram um desfecho diferente.

O FC Porto teve uma temporada para esquecer. As coisas não estavam bem com Julen Lopetegui mas a sua saída foi um dos maiores erros de que há memória na organização dos Azuis e Brancos. Os possíveis ganhos eram muito duvidosos e o risco, como se veio a comprovar, era enorme. O clube portista terminou no terceiro posto, há muito arredado de qualquer possibilidade de lutar pelo título, quinze pontos atrás do tricampeão Benfica. A vinda de Peseiro, apesar das boas intenções, não fez milagres, e a equipa só passou realmente a mostrar algo de menos mau quando se libertou das pressões porque já não havia nada em causa. O treinador português não convenceu os adeptos, como também estava bom de ver, e agora há pelo menos dois nomes por semana a serem atirados para a praça pública, como possíveis sucessores e possíveis salvadores da Pátria portista. Num dia é a persistência de um suposto aliciamento a Jorge Jesus, com valores milionários em cima da mesa. E quando este anuncia o prolongamento do vínculo ao Sporting, regressa a hipótese Paulo Sousa. E eu, como adepta do FC Porto pergunto: porque é que ele haveria de abandonar uma posição estável, onde lhe dão boas condições para mostrar o seu trabalho sem excessivas expetativas, para se vir meter na panela de pressão que é, atualmente, o clube da Invicta?

Contrastando com a miséria que foi a prestação no campeonato, o percurso na Taça de Portugal foi absolutamente exemplar: seis jogos, seis vitórias. O triste é constatar que só um dos adversários era da primeira divisão – o Boavista (0-1) – e nem esse está, propriamente na mó de cima. De resto, Varzim (0-2), Angrense (0-2), Feirense (0-1) e Gil Vicente (0-3, 2-0) fizeram o possível mas a diferença de nível é demasiado flagrante.

José Peseiro bem gostaria de deixar a sua passagem pelo Dragão associada à conquista de um troféu histórico como a Taça de Portugal. À exceção de Bueno, todos os outros jogadores do plantel estão à sua disposição.

Onze Provável: Casillas – Maxi Pereira, Martins Indi, Marcano, Layún – Sérgio Oliveira, Danilo, Herrera – Corona, André Silva, Brahimi.

Taça de PortugalNo ano em que se assinalam os cinquentas anos da única vitória do SC Braga na Taça de Portugal – em 66, frente ao Vitória de Setúbal (1-0) – os Arsenalistas vão prestar uma justa homenagem a essa geração e trazer o “caneco” para casa. De lá para cá os Guerreiros do Minho marcaram presença em mais quatro finais, todas sem sucesso, a mais recente das quais na época passada, ainda com Sérgio Conceição no banco. Os Leões chegaram a estar a perder por dois a zero e só conseguiram igualar já no tempo de descontos. Os Bracarenses acabariam por entregar o ouro ao bandido nas grandes penalidades.

Paulo Fonseca é apontado ao Shakhtar Donetsk, no próximo ano, a fazer fé no que vem nos jornais por estes dias. O que cada vez parece mais certo é que não vai permanecer em Braga. O ainda treinador dos Arsenalistas, que nunca venceu o troféu, fala dessa possibilidade como o concretizar de um sonho de criança, que daria um belo presente de despedida. A possibilidade de ficar para sempre associado a um marco histórico para o clube.

O Braga teve um percurso na Taça bem mais complicado que o dos Portistas. Depois de eliminar a Académica de Viseu (0-3) e Farense (0-1) nas rondas iniciais, teve que ultrapassar o Sporting CP (4-3 no prolongamento), Arouca (2-0) e Rio Ave (1-0 na Pedreira e 0-0 em Vila do Conde).

Paulo Fonseca tem Boly e Vukcevic ainda a recuperar das respetivas lesões. Também não pode utilizar Arghus, que está castigado.

Onze Provável: Matheus – Baiano, Ricardo Ferreira, André Pinto, Goiano – Pedro Santos, Luiz Carlos, Vukcevic, Rafa – Stojiljkovic, Hassan.

SC Braga 3-1 FC Porto
Liga NOS 15/16
FC Porto 0-0 Braga
Liga NOS 15/16

Esta temporada o SC Braga venceu o FC Porto na Pedreira e empatou a zeros no Dragão.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Ambas Equipas Marcam 2.00 Betrally
FC Porto
FC Porto
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio do Dragão
  • Cidade: Porto
  • Fundação: 1893

Ver ficha completa

braga logo
SC Braga
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio Municipal de Braga
  • Cidade: Braga
  • Fundação: 1921

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1906
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 803
  • Próg. errados 1077
comments powered by Disqus

Últimos jogos