Menu
  • 07 outubro
  • 00:35
  • Betclic

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Estados Unidos – Panamá (Mundial 2018)

Momento de enorme pressão para a seleção dos Estados Unidos, que volta a sentir dificuldades para garantir o apuramento para o Mundial. A história parecia ter tudo para ter ficado resolvida antes, tendo em conta que a saída de Jurgen Klinsmann prometia um aliviar da tensão no grupo de jogadores e na relação com adeptos, enquanto Bruce Arena era, de certa forma, garantia de algum realismo nas opções tomadas para esta competição.

A verdade é que, talvez mais do que nunca, a competitividade na CONCACAF e a capacidade de equipas da América Central para bater o pé aos “grandes”, cria uma teia de dificuldades para os Estados Unidos. Em parte, devido ao crescimento do seu próprio futebol, que tem ajudado muito dos talentos dos países vizinhos a terem uma oportunidade competitiva também mais elevada.

Fazendo contas, os Estados Unidos só conseguiram vencer dois dos oito jogos disputados, criando uma enorme dificuldade para se separar de outros candidatos ambiciosos, como o Panamá, que defronta desta feita, e as Honduras. México e Costa Rica assumiram mais cedo o apuramento, enquanto Trindade & Tobago, que os EUA visitarão na última jornada, já está de fora.

Bruce Arena lembrou, na preparação para este jogo, que não é tempo de grandes testes. É bom lembrar que as últimas quatro vezes que estas equipas se encontraram os jogos terminaram com empates, o que faz dos panamianos uma autêntica besta negra dos norte-americanos. Nas contas dos Estados Unidos, a principal ausência será a de Fabian Johnson, ainda que as lesões de jogadores como Gyasi Zardes ou Jordan Morris também contribuam para a falta de opções na frente de ataque. De qualquer forma, o enormíssimo lote de jogadores que serve de base para as convocatórias desta seleção não tem feito muito pelo aumento da qualidade do jogo, sentindo-se, eventualmente, até uma quebra das dinâmicas da equipa.

Onze Provável: Tim Howard – Zusi, Omar Gonzalez, Matt Besler, DaMarcus Beasley – Michael Bradley, Alejandro Bedoya – Pulisic, Dempsey, Arriola – Bobby Wood.

Mundial 2018 - RussiaPanamá também só tem duas vitórias, mas também apenas duas derrotas, sendo um autêntico rei dos empates nesta fase de qualificação. Não tivesse sido a surpreendente derrota na deslocação a Trindade & Tobago, e poderiam estar neste momento à beira de confirmar um feito histórico. Mas alcançar o Mundial é possível e não deixará de ser um bom resultado para o Panamá abordar a Rússia com um bilhete de ligação aérea via play off. Com um grupo de jogadores muito experientes, onde se destacam o guarda-redes Jaime Penedo, o central Roman Torres ou o avançado Blas Pérez, será nas dinâmicas criadas por Armando Cooper, Quintero, Godoy e Gabriel Torres que o Panamá encontrará mais razões para fazer tremer a equipa dos Estados Unidos. Conseguir não sofrer golos e surpreender numa transição é a receita a utilizar uma vez mais.

Onze Provável: Jaime Penedo – A. Machado, Román Torres, Baloy, Ovalle – Godoy, Gómez – A. Cooper, Quintero, G. Torres – Luis Tejada.

Numa partida de imensas dificuldades para os Estados Unidos, é fundamental que a maior valia das opções de Bruce Arena encontre espaço para marcar e salvar-se de um play off ainda mais ansioso.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória dos EUA e mais de 1.5 golos 1.95 Betclic
Estados Unidos
Estados Unidos
  • País: Estados Unidos
  • Estádio:
  • Cidade: Washington, D.C.
  • Fundação: 1913

Ver ficha completa

Panamá
Panamá
  • País: Panamá
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2980
  • Média Odds usadas 2.14
  • Próg. certos 1396
  • Próg. errados 1544
comments powered by Disqus

Últimos jogos