Menu
  • 24 julho
  • 23:00
  • Dhoze

Estados Unidos – Canadá (Jogos Panamericanos 2015)

Numa espécie de final antecipada, os Estados Unidos encontram o Canadá em jogo das meias-finais da prova de basquetebol dos Jogos Panamericanos 2015. Os canadianos, a jogar em casa, venceram o seu grupo de qualificação, somando por vitória todos os encontros disputados, enquanto a equipa dos Estados Unidos perdeu no jogo decisivo frente ao Brasil e apurou-se graças a um segundo lugar. Agora, no frente-a-frente, procuram ainda conseguir alcançar uma final onde o Brasil será o favorito para ser o seu opositor, tendo pela frente, na outra meia-final, a equipa da República Dominicana.

Os Estados Unidos perderam por 83-93 frente ao Brasil na última jornada da fase de grupos, demonstrando que o maior equilíbrio do plantel canarinho podia mesmo fazer mossa numa equipa com alguns egos, mas com dificuldades para se organizar coletivamente. O Brasil não foi muito superior no ressalto, até fez mais turnovers, mas como já havia sido notado, a capacidade de mover a bola em momento ofensivo é uma arma a qual os norte-americanos tiveram dificuldades de enfrentar. Depois, também a capacidade de acerto a partir dos três pontos se revelou fundamental para encontrar um vencedor nessa partida. Bobby Brown, que vinha fazendo um excelente torneio, teve uma noite para esquecer, com Keith Langford, Anthony Randolph e Taurean Prince a demonstrarem ser as melhores armas ofensivas da equipa. Kaleb Tarczewski parecia, uma vez mais, chamado para fazer o papel de garante no jogo interior da sua equipa, mas ao cometer cinco faltas em apenas 15 minutos em campo, acabou por fragilizar a sua equipa. Neste ponto, a inexperiência competitiva do universitário perante os seus adversários acabou por pesar, e muito. Perante todos estes dados, será de esperar que os Estados Unidos voltem a ter algumas dificuldades frente ao Canadá. Precisará Mark Few dos seus jogadores mais experientes em noite sim para ultrapassar a equipa da casa.

Jogos Panamericanos 2015O Canadá parece assumir com facilidade o facto de ser o principal candidato à vitória nestes Jogos Panamericanos. Na fase de grupos, com maiores ou menores dificuldades, conseguiu ultrapassar toda a concorrência. 105-88 sobre a República Dominicana (que também é semifinalista da prova), 88-83 sobre a Argentina (no jogo em que terá estado mais perto de perder) e 96-76 sobre o México, deixam bem clara a superioridade da equipa da casa. Jay Triano confia num núcleo duro de quatro jogadores para fazerem a diferença nas partidas. O seu sobrinho Brady Heslip é o jogador ofensivamente mais eficaz, com grande capacidade de lançamento exterior, qualidade onde é acompanhado por Jamal Murray, que ainda joga na Universidade de Kentucky. Anthony Bennett e Andrew Nicholson têm também estado a alto nível, demonstrando que ao nível FIBA podem ser jogadores de grande impacto ofensivo e na luta das tabelas. A grande fragilidade da equipa canadiana passa pela ausência de um líder na condução do jogo. Junior Cadougan, que evolui na Europa, é o jogador que melhor assume esse papel, mas acaba por dividir muito do seu tempo com outro lançador, Carl English, que pela experiência e talento, pode ser uma arma fortíssima para sacar do banco num momento de equilíbrio no marcador a poucos segundos do final.

Não existindo propriamente uma rivalidade entre os dois países, dado o domínio dos Estados Unidos e uma tradição de menor competitividade dos canadianos, as duas seleções já se encontraram por imensas vezes, sendo que nos anos mais recentes o Canadá até se pode gabar de ter batido o seu vizinho uma vez, no Torneio das Américas em 2005.

Estados Unidos 89-68 Canadá Jogos Olímpicos 84
Canadá 70-76 Estados Unidos Jogos Olímpicos 88
Estados Unidos 75-73 Canadá Torneio das Américas 89
Estados Unidos 105-61 Canadá Torneio das Américas 91
Estados Unidos 87-73 Canadá Torneio das Américas 93
Estados Unidos 102-93 Canadá Torneio das Américas 97
Estados Unidos 94-60 Canadá Torneio das Américas 99
Canadá 71-111 Estados Unidos Torneio das Américas 03
Estados Unidos 76-92 Canadá Torneio das Américas 05
Estados Unidos 113-63 Canadá Torneio das Américas 07

Desta vez, o favoritismo parece pender para o lado canadiano, ainda que os Estados Unidos apresentem valores individuais para se afirmarem neste jogo e conquistar o direito a marcar presença na final.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória do Canadá 2.21 Dhoze
Estados Unidos
Estados Unidos
  • País: Estados Unidos
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

canada basketball
Canadá
  • País: América do Norte
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2880
  • Média Odds usadas 2.15
  • Próg. certos 1352
  • Próg. errados 1488
comments powered by Disqus

Últimos jogos