Menu

Espanha – Bolívia (Amigável Internacional)

A Espanha venceu os últimos dois Europeus e é o atual Campeão do Mundo, pelo que chegará ao Brasil como a seleção que, tendo já ganho tudo, terá mais a perder. Vicente del Bosque e os seus pupilos têm noção de que tudo o que não seja a vitória em mais uma final saberá a pouco, mas mesmo enfrentando a competição com alguns jogadores perto do final de ciclo com La Roja, aprestam-se para se recusarem a desistir sem dar luta.

Perante uma temporada de elevado desgaste, a Espanha tem visto os seus jogadores chegarem à seleção em diferentes momentos e, sobretudo, em distanciados momentos de forma. Tendo isso em conta, da primeira convocatória de 30 jogadores, Vicente Del Bosque selecionou apenas 19 para estarem presentes neste encontro com a Bolívia. Assim, jogadores do Real Madrid e do Atlético de Madrid ficaram de fora, enquanto Navas recupera de lesão. Por outro lado, Negredo e Llorente, que também ficarão de fora esta sexta-feira, mantém a esperança de estar no grupo final dos espanhóis. Em três encontros amigáveis disputados depois do final da fase de qualificação, a Espanha venceu a Guiné-Equatorial por 2-1 e perdeu na África do Sul por 0-1. Já em março deste ano, receberam e bateram a Itália por 1-0.

torneio toulonPara esta partida, Pepe Reina deverá ser o guarda-redes escolhido, enquanto na linha defensiva, partem como preferidos Azpilicueta, Javi Martínez, Gerard Piqué e Jordi Alba. No meio-campo, com mais opções, é possível ver-se Iturraspe merecer uma oportunidade, que lhe poderá valer um bilhete para o Brasil, o mesmo acontecendo na frente de ataque, onde a presença de Pedro Rodriguez, Fernando Torres e Gerard Deulofeu estará ainda longe de ser confirmada. Serão estes os nomes, aos quais se juntará o de Santi Cazorla, que terão nesta partida o último teste antes de ser anunciada a convocatória final.

A Bolívia ficou de fora do Mundial, sendo, nesta qualificação, uma das mais frágeis equipas da América do Sul. Por isso mesmo não espanta que Xabier Azkargota tenha feito uma convocatória com algumas novidades para a digressão que inclui, para além deste jogo, ainda uma partida frente à Grécia. Dois jogadores poderão fazer a sua estreia com a equipa boliviana, Vicente Arze, que joga na Ucrânia, e Damir Miranda. Aliás, Arze é um dos apenas dois jogadores que jogam fora do seu país, com Marcelo Moreno, o mais conceituado dos bolivianos, a jogar no Brasil. Esse poderá ser outro dos problemas de competitividade da Bolívia, a incapacidade de exportar talento como fez num passado recente. Com a defesa a ser o setor com mais jogadores experientes, este encontro frente à Espanha poderá ser uma oportunidade para descobrir algum talento escondido na equipa sul-americana. Não esquecer, ainda assim, que os grandes momentos do futebol da Bolívia foram alcançados, todos eles, nos jogos disputados em casa, a muitos metros de altitude.

As duas equipas defrontaram-se, apenas, uma vez na sua história, durante o Mundial 1994. Nos Estados Unidos, a Espanha bateu a Bolívia por 3-1.

Total favoritismo para os espanhóis que estarão, seguramente, a duas velocidades. Por um lado jogadores que esperam brilhar para segurar um lugar entre os 23, por outro os atletas que estão, neste momento, à procura de forças para o que há a disputar no Brasil. De qualquer das formas, a vitória não deverá escapar à Espanha.

A Bet365 oferece-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Retorno
Handicap Asiático: Espanha -2, -2.5 1.875 Bet365
Espanha
Espanha
  • País: Espanha
  • Estádio:
  • Cidade: Madrid
  • Fundação: 1920

Ver ficha completa

Bolívia
Bolívia
  • País: Bolívia
  • Estádio:
  • Cidade: La Paz
  • Fundação: 1925

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2832
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1330
  • Próg. errados 1465
comments powered by Disqus

Últimos jogos