Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Werder Bremen?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

Estádio Weser
Weserstadion
  • País: Alemanha
  • Cidade: Bremen
  • Capacidade: 42.500

Ver ficha

O Werder Bremen foi fundado a 4 de Fevereiro de 1899 por um grupo de estudantes universitários e disputou o seu primeiro jogo a 10 de Setembro do mesmo ano, vencendo o ASC 1989 Bremen por 0-1.

O sucesso do clube não demorou a chegar tendo começado de imedianto a vencer campeonatos regionais. Com a viragem do século foram criadas 7 ligas nacionais, mas o Werder Bremen falhou na qualificação, acabando a competir nos campeonatos regionais.

Em 1914 o clube associou-se à associação Allgemeiner Bremer Turnverein 1860, mas a coligação durou pouco tempo, tendo-se desintegrado logo após dois meses. Após a primeira grande guerra o clube foi forçado a oferecer outras modalidades desportivas à população, mas manteve o seu foco principal no futebol e em 1922 tornou-se mesmo no primeiro clube alemão a contratar um treinador profissional. O clube continuou em grande tendo conseguido qualificar-se sempre para a liga nacional que disputava, mas sem nunca alcançar um resultado realmente vistoso.

Em 1933 o futebol alemão sofre novas alterações estruturais, causadas desta vez pelo governo nazi, que transformou as 7 ligas nacional em 16, ficando assim o Werder Bremen a competir na Gauliga Niedersachsen onde viria a alcançar o sucesso por 3 vezes, em 1934, 1936 e 1937. Com o inicio da Segunda Guerra Mundial a Gauliga dividiu-se em duas ligas, ficando o Bremen a competir na Gauliga/Nord, onde viria a conquistar o seu quarto título em 1942.

Após a guerra o clube foi extinto pelas tropas aliadas, mas o clube reergueu-se em 1945 e reiniciou-se a competir na Stadtliga Bremen, onde conquistou o título que lhes permitiu atingir os quartos de final do Campeonato da Alemanhã.

Até à criação da Bundesliga em 1963 o Werder Bremen era, a par com o Hamburgo, considerado o maior clube do norte alemão, tendo mesmo em 1961 conquistado a sua primeira taça da Alemanha. Com a alta performance que trazia, o Werder Bremen foi um dos clube seleccionados para participar na primeira edição da Bundesliga em 1963, tendo logo na segunda edição conquistado o título de campenão nacional alemão.

Depois do título o segundo lugar alcançado em 1968 foi o melhor que conseguiram, tendo depois acabado por cair para a metade inferior da tebela por onde se manteram durante longos anos, até que, numa tentativa de resgatar o clube dos lugares mais baixos da tabela foi feito um forte investimento na contratação de jogadores de valor, que resultou num dispendioso flop, pois a equipa acabou por ser despromovida para a 2ª Bundesliga em 1980, depois de um péssimo 17º lugar.

Equipa 2ª Classificada da Bundesliga 1983

Equipa 2ª Classificada da Bundesliga 1983

A passagem do Werder Bremen pela segunda liga alemã revelou-se curta e revolucionária, pois logo após dois anos, em 1983, o clube voltou a alcançar o segundo lugar na Bundesliga, resultado que se repetiu em 1985 e 1986, seguido da conquista do segundo título de campeão da Bundesliga na história do clube em 1988. A boa fase manteve-se por mais algum tempo, tendo o clube também alcançado as finais da Taça da Alemanha em 1989 e 1990, vencendo esta última e conquistando a Taça das Taças em 1992. Em 1993 o Werder Bremen acrecentou mais uma Bundesliga ao seu palamarés, onde viria a juntar em 1994 também a terceira Taça da Alemanha da história do clube.

No Verão de 1995 o técnico Otto Rehhagel trocou o clube pelos rivais do Bayern de Munique, o que teve um impacto imediato na performance da equipa que passou novamente a classificar-se nos lugares inferiores da tabela classificativa. Depois de inumeras passagens mal sucedidades pelos comando técnico da equipa, foi em Maio de 1999 que Thomas Schaaf, na altura ainda como treinador amador, decidiu tomar as rédias da equipa, levando-a à conquista de mais uma Taça da Alemanha ainda nesse ano.

Com Schaaf no comando técnico as exibições da equipa subiram de nível, o que os levou à conquista de mais uma Bundesliga e uma Taça da Alemanha em 2003/2004, tornando assim o Werder Bremen num dos apenas quatro clubes a conseguir a conquista de ambos os troféus no mesmo ano. Esta prestação no campeonato valeu-lhes a qualificação para a Champions 2004/2005 onde até conseguiram ultrapassar a fase de grupos, mas acabaram eliminados na primeira fase de eliminatórias pelo Lyon com um agregado de 10-2. Neste mesmo ano, depois de graves lesões, Schaaf conseguiu ainda levar o clube ao terceiro lugar na liga, o que lhes valeu mais uma qualificação para a prova máxima da Europa de 2005/2006. Nesta edição da champions repetiu-se o cenário do ano anterior, tendo o clube sido eliminado na primeira fase de eliminatórias, desta vez com um resultado mais renhido, tendo a diferença sido contada pelos golos marcados fora pelos italianos da Juve. Ainda assim, o segundo lugar no campeonato acabou por salvar a época e garantir a terceira presença consecutiva do Bremen na fase de grupos das Champions.

Thomas Schaaf, um dos mais emblemáticos treinadores do Werder Bremen

Thomas Schaaf, um dos mais emblemáticos treinadores do Werder Bremen

A época 2006/2007 começou bem para o clube, que apesar de apenas ter conseguido o terceiro lugar no grupo da champions, chegou a Dezembro com o carimbo de campeão de inverno e ainda com oportunidade para disputar a Taça UEFA, mas na segunda metade do campeonato as coisas complicaram-se e o Werder Bremen terminou a Bundesliga na terceira posição, depois de terem também deitado por àgua abaixo qualquer possibilidade de conquistarem a Taça UEFA ao serem eliminados pelo Espanyol de Barcelona.

A temporada seguinte começava sem o enigmático Miroslav Klose no platel do Bremen depois deste ter sido contratado pelo Bayern. Ainda assim o clube estava novamente na fase de grupos da Champions e continuava a ter todas a condições para lutar pelo título de campeão nacional, o que se viria a confirmar. Apesar da história na Champions não ter sido diferente da do ano anterior (3º lugar no grupo) desta vez a prestação na Taça UEFA ficou muito àquem das espectativas, tendo o Bremen sido eliminado logo na primeira fase de eliminatórias pelo Glasgow Rangers. Ainda assim o clube assegurou a confiança dos adeptos ao terminar a liga no 2º posto da tabela, conquistando a quinta presença consecutiva na fase de grupos da Champions.

Na época 2008/2009 o clube desiludiu os adeptos ao alcançar apenas o 10º lugar na liga, mas depois de mais um terceiro lugar nos grupos da Champions a excelente prestação dos jogadores que levariam o clube às finais da UEFA e da Taça da Alemanha, tendo perdido a primeira por 2-1, após tempo extra, para o Shakhtar Donetsk e vencido a segunda peor 1-0 frente ao Leverkusen serviu para limpar as lágrimas a muitos adeptos.

Após estes resultados o Werder Bremen não voltou a conseguir elevar-se aos lugares superiores da tabela, especialmente aos lugares de qualificação europeia, pelo que não voltou a participar em nenhuma competição Europeia, sendo actualmente um clube do meio da tabela alemã.