Sugerir atualização
Tem mais informação sobre VfB Stuttgart?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

Estádio Mercedes Benz
Mercedes-Benz Aren
  • País: Alemanha
  • Cidade: Stuttgart
  • Capacidade: 60.000

Ver ficha

O VfB Stuttgart foi fundado em 1980, inicialmente como um clube de rugby, mas três anos bastaram para que se criasse um departamento de futebol. Depois de atravessar algumas crises e até mesmo uniões com outros clubes o Estugarda mantia a sua existência, sendo o seu êxito um campeonato regional alemão.

Depois de reorganizado o futebol pelo regime nazi o clube ficou colocado na Gauliga Württemberg, uma das 16 ligas nacionais, onde viria mesmo a saborear a vitória por cinco vezes entre 1933 e 1945, quando os campeonatos foram interrompidos devido à segunda grande guerra.

Após a interrupção o Estugarda voltou em força na década de 50, conquistando o seu campeonato regional por mais 3 vezes, atingindo a final do campeonato em 1953 e conquistando duas Taças da Alemanha em 1954 e 1958. A década de 60 iniciava-se com a criação da Bundesliga, em 1963, e o Estugarda foi um dos 16 clubes a fazer parte da primeira edição do campeonato nacional alemão. Os seus resultados nunca foram algo de estraordinário em termos competitivos, mas para o clube, ainda amador, e para os seus atletas dos quais muitos passavam os dias a trabalhar, a manutenção na Bundesliga era um grande feito. Finalmente em 1973 a força de vontade e o espírito dos atletas levou o clube a conseguir uma qualificação para a Taça UEFA e a atingir mesmo as semi-finais da prova, onde foram eliminados pelo Feyenoord.

Depois desta boa fase o clube perde o ênfase e inicia uma fase de resultados menos bons, acabando mesmo por descer à 2ª Bundesliga em 1975. Durante este ano foi eleito político Gerhard Mayer-Vorfelder como presidente do clube e apesar de não ter conseguido evitar a despromoção deste, foi um dos principais responsáveis pela grande ascensão do clube, duas épocas depois, depois de vencer a 2ª Bundesliga em 1977, o Estugarda entra numa série de boas exibições alcançando um 4º lugar na época de regresso à companhia dos grandes alemães, 2º lugar nas temporada seguinte e dois 3º lugares nas temporadas de 1980 e 1981.

Das prestações europeias feitas pelo clube durantes estes anos apenas a de 1980 foi realmente boa, com o clube a conseguir atingir as meias-finais da prova. Curiosamente depois desta boa prestação europeia o Estugarda desiludiu os adeptos no campeonato do ano 1981/82 ao ficar classificado em 9º lugar. Mas os jogadores mostraram que tinha apenas sido um ano mau, e reapareceram em força alcançando um 3º lugar em 83 e o tão desejado título de campeão da Bundesliga em 1984.

Nos anos seguintes à conquista do título o clube atravesou uma fase de estagnação em que as suas classificações rondaram sempre o 5º lugar da tambela, até em 1992 conquistar novamente o título de campeão da Bundesliga. Tal como acontecia nos campeonatos nacionais, a nível europeu as exibições da equipa também nunca cativaram os adeptos, até que em 1997, sob as ordens do alemão Joachim Low o Estugarda atingiu a final da Taça dos Vencedores das Taças, acabando derrotado pelo Chelsea.

Com a entrada do novo século o presidente procurou mudar os resultados do clube, mudando para isso a política da equipa que passaria a concentrar-se mais nas camadas joves. Estas alterações não demoraram muito a surtir efeito, e em 1992 com Alexander Helb, Timo Hildebrand e Kevin Kurány o Estugarda terminou a época no 2º lugar da tabela. Na Champions de 2004 o clube apareceu em grande ao qualificar-se para a fase de eliminatórias da prova num grupo com Manchester United, Ranger e Panathinaikos onde alcançaram 4 vitórias em 6 jogos. Apesar da fase de grupos ter sido promissora, a equipa caiu imediatamente na primeira fase de eliminatórias diante do Chelsea.

A época 2005/2006 voltou a ser uma má época para o clube que não se adaptou bem à saída de estrelas da equipa como Philipp Lahm ou Kevin Kurány e acabou classificada no oitavo posto, mas na época seguinte, sob as ordens de Armin Veh com um equipa recheada de jovens promissores o Estugarda conquistou novamente o título de campeão alemão.

Depois deste título o futebol da equipa voltou a perder qualidade e o melhor alcançado foi um 3º lugar em 2009. O clube atravessa agora um período futebolistico instável, tendo, nas últimas quatro épocas terminado duas em 12º entre outras duas em 6º na tabela.