Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Sport Recife?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

Estádio Adelmar da Costa Carvalho
Adelmar da Costa C
  • País: Brasil
  • Cidade: Recife
  • Capacidade: 35.000

Ver ficha

O Sport Clube do Recife nasceu em 1905 no estado de Pernambuco, mais precisamente na cidade de Recife, pela mão de um descendente de uma das famílias ricas da região que estudou em Inglaterra, onde desenvolveu também o gosto e a paixão pelo futebol. Regressado das terras de sua majestade em 1903, decidiu apenas dois anos depois levar o seu sonho em diante, fundado assim o Sport Recife, investindo muito do seu dinheiro na compra de bolas e equipamentos.

Até ao primeiro Campeonato Pernambucano, que se disputou em 1915, tendo o Sport entrado na disputa da prova apenas em 1916, que a equipa de Recife se limitou à disputa de torneios amigáveis e partidas dentro do próprio clube. Assim, logo na primeira edição do campeonato estatal que o Sport Recife disputa, sagra-se campeão, dobrando o feito logo na temporada seguinte.

Na década de 20 o clube continuou a dominar a grande maioria das provas estatais e terminou aqueles 10 anos com 5 títulos, tendo três deles sido conquistados de forma consecutiva, entre 1923 e 1925, com as duas restantes conquistas a acontecerem em 1920 e 1928. Depois deste último título dos anos 20, o Sport Recife apenas voltaram a festejar a conquista do principal campeonato do estado 10 anos depois, em 1938, conquista esta que veio em jeito de festejo da inauguração do Estádio Ilha do Retiro, que aconteceu em 1937.

À entrada para os anos 40 toda a direcção queria reconduzir a equipa no caminho das conquistas e dos títulos, tal como na década de 20, o que viria mesmo a acontecer, com o Sport Recife a conseguir arrecadar mais cinco títulos de campeão estatal naquele período, dos quais mais três de forma consecutiva, entre 1941 e 1943, tendo os outros dois acontecido como bis nas temporadas de 48 e 49. Na década que se seguiu o Sport Recife continuou a sua saga, e conquistou mais 4 títulos do campeonato estatal de Pernambuco, em 1953, 55, 56 e 1958, tendo este último título garantindo-lhes a participação na disputa da primeira competição nacional brasileira, a Taça Brasil 1959, onde garantiram a 5º classificação nesta primeira edição da prova.

As participações do Sport Recife na primeira prova nacional do Brasil continuaram na década de 60, mais precisamente em 62 e 63, após o bi-campeonato estatal conquistado em 1961 e 1962. Depois destes dois títulos, o Sport foi relegado à 2ª posição do campeonato durante sete temporadas consecutivas, até 1970 quando se classificou no 3º posto. Ainda assim, nesta altura a prova nacional brasileira já era disputada no mesmo formato da actual Série A, pelo que o Sport Recife começou logo desde aí a marcar presença no campeonato brasileiro. Após mais três segundos lugares consecutivos nos três primeiros anos da década de 70, o Recife voltou a sagrar-se campeão pernambucano em 1975, conquistando ainda antes de terminar a década mais um Campeonato Pernambucano em 1977.

Na década de 80 o Sport Recife entra logo a dominar conquistando três títulos estatais nas três primeiras temporadas da década. Depois deste tri o clube chegou à glória na Série A do Brasileirão, em 1987, conquistando assim o seu primeiro, e até agora único, título de campeão nacional. Em 1988 o Sport voltou a conquistar o Campeonato Pernambucano, para em 1989, sem que alguém esperasse, ser despromovido da Série A do Brasileirão após uma péssima campanha no campeonato, o que os levou a disputar a Série B nacional em 1990. A passagem pelo escalão secundário do futebol brasileiro foi de curta duração, tendo a equipa levantado de imediato o troféu de campeã nessa mesma época, o que lhes valeu o regresso à companhia dos grandes para a temporada de 1991. Neste ano o Sport Recife conquistaria também o seu primeiro campeonato estatal da década de 90, que repetiu de imediato em 1992. Novas glórias voltariam a acontecer em 1994, com o Sport a conquistar mais um campeonato estatal e ainda a Copa Nordeste, prova interestatal disputada pelos clubes daquela região do Brasil. Em 1996 o Sport Recife iniciou a sua maior sequência de títulos do Campeonato Pernambucano, com cinco títulos de campeão da prova, tendo o último sido conquistado em 2000, a par com mais uma Copa Nordeste.

No primeiro ano do novo milénio, em 2001 o Sport Recife foi despromovido da Série A do Brasileirão para a Série B, onde se manteve 2006, quando alcançou nova promoção através do 2º lugar na divisão secundária do futebol brasileiro. Durante este período o melhor momento da equipa aconteceu em 2003, quando conquistaram mais um Campeonato Pernambucano. Subidos à Série A do Brasileirão em 2006, o Sport iniciou também nessa temporada mais uma série de cinco títulos de campeão do Pernambuco consecutivos, tendo parado apenas em 2010, já depois de ter voltado a ser despromovido da Série A nacional em 2009.

Desde essa descida que o Sport Recife não mais voltou a conseguir fixar-se junto da elite brasileira, tendo somando mais uma participação no campeonato da Série A do Brasileirão em 2012, mas no entanto sem sucesso, visto que foi novamente despromovido, encontrando-se actualmente numa fase de sobe e desce consecutivos, enquanto tem sido relegado à 2ª posição do campeonato estatal nas três últimas temporadas pelo Santa Cruz.