Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Southampton?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

St Mary's Stadium
St. Mary's Stadium
  • País: Inglaterra
  • Cidade: Southampton
  • Capacidade: 32.363

Ver ficha

Fundado em novembro de 1885 como St. Mary’s Church of England Young Men’s Association, o clube rapidamente passou a ser conhecido como St. Mary’s FC. Em 1894, aderiu à Southern League e adotou o nome de Southampton St. Mary’s FC, vindo a adotar a sua atual designação depois de, em 1897, ter conquistado o seu primeiro título. Depois de alterar, por diversas vezes, o seu local de disputa dos jogos em casa, o clube viria a assentar arraiais no The Dell, em 1898. A equipa de Southampton viria mesmo a tornar-se uma das forças da Southern League, repetindo a conquista em 1899, 1901, 1903 e 1904. Neste período, alcançaram também a final da Taça de Inglaterra, tendo perdido para o Bury, em 1900, por 0-4, e para o Sheffield United, em 1902, por 1-2 no jogo de repetição.

Depois da I Guerra Mundial, em 1920, o Southampton aderiu à Liga de Futebol, começando pela Terceira Divisão. Logo no primeiro ano, alcançaram a promoção à Segunda Divisão, onde viriam a manter-se durante 31 anos. Em 1925 e 1927, o clube atingiu as meias-finais da Taça de Inglaterra, mantendo-se, no entanto, sem qualquer título de relevo no seu currículo. A equipa esteve perto de conseguir a promoção à principal divisão do futebol inglês no final da década de 40, mas, mesmo contando com Charlie Wayman, que marcou 73 golos em 100 jogos neste período, ficou aquém desse objetivo. Pelo contrário, em 1953, acabaria por descer à Terceira Divisão.

O regresso à Segunda Divisão só se viria a verificar em 1960, contando nessa fase com Derek Reeves, outro jogador significativo da história do Southampton, com 145 golos marcados em 273 aparições pelo clube. Em 1963, voltaram às meias-finais da Taça de Inglaterra. Mas foi em 1966 que o clube conseguiu, pela primeira vez, alcançar a Primeira Divisão. Liderado pelo técnico Ted Bater e com o avançado Martin Chivers a marcar 30 golos, o Southampton alcançou a subida. No ano seguinte, Ron Davies foi o melhor marcador da equipa, com 43 golos, enquanto o Southampton se assentava como equipa de topo.

Peter Shilton Southampton

Peter Shilton, um dos grandes guarda-redes ingleses

Em 68/69, um 7º lugar na Liga valeu a primeira qualificação europeia. Em 69/79, o Southampton participou na Taça das Cidades com Feira, tendo eliminado o Rosenborg e o Vit. Guimarães antes de ser eliminado pelo Newcastle. Logo no ano seguinte, nova aventura europeia, na Taça UEFA, mas com saída logo na primeira ronda, disputada com o Athletic Bilbao. Apesar dos bons resultados alcançados, apenas dois anos depois, em 1974, já o Southampton estava de volta à Segunda Divisão. Com Lawrie McMenemey como técnico, começou a preparar-se a reconstrução do Southampton, tendo em 1976 conquistado a Taça de Inglaterra, batendo o Manchester United por 1-0 na final. Dessa equipa histórica faziam parte Peter Osgood, Jim McCalliag, Jim Steele e Peter Rodrigues. A aventura na Taça das Taças da temporada seguinte também viria a ser prolífica, com a eliminação do Ol. Marselha e do Carrick Rangers, antes de perder para o Anderlecht nos quartos-de-final.

A subida de divisão deu-se em 1977/78, com Alain Ball como capitão de equipa, e depois de atingir a final da Taça da Liga em 1979, perdendo-a por 2-3 para o Nottingham Forest, o clube fez uma das suas mais fabulosas contratações de sempre, ao assinar com Kevin Keegan em 1980, jogador que acabara de ser considerado o Melhor Europeu do ano. Keegan apenas ficaria por dois anos, não estando no clube quando, em 83-84, este atingiu a sua melhor classificação de sempre, ao terminar em 2º lugar na Primeira Divisão, num plantel onde se destacavam Peter Shilton, Steve Moran e Danny Wallace.

Le Tissier Southampton

Le Tissier festeja um golo com Tahar El Khalej

Em 1990, Matthew Le Tissier seria considerado o melhor jogador da Liga Inglesa. Le Tissier é uma figura proeminente do Southampton durante todos os anos 90, tendo ficado no clube durante 16 anos, disputando 443 jogos e marcando 162 golos. O Southampton foi um dos fundadores da Premier League, tendo contado com técnicos como Graeme Souness, Glen Hoddle, Gordon Strachan e Harry Redknapp, e jogadores como Eyal Berkovic, Kevin Davies, Marian Pahars e Kevin Phillips. O clube manteve-se como presença assídua do meio da tabela e, em 2001, viria a mudar para o seu estádio atual, o St. Mary’s.

Em 2004-05 desceu ao Championship e viria a entrar na sua fase mais negra. Apesar de ter contado com Gareth Bale no seu plantel, o clube viria a ter que vender o jovem craque para não ir à falência. Em 2009-10 voltaria a descer, para a League One, mas conseguiu renascer e regressar à Premier League esta temporada. Atualmente treinada por Mauricio Pochettino, o clube contratou algumas estrelas internacionais, como Gaston Ramírez e Emmanuel Mayuka.