Sugerir atualização
Tem mais informação sobre São Marino?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

O futebol nunca foi o desporto mais popular entre os habitantes de São Marino, mas apesar disso o país conta com uma selecção que se estreou em competições oficiais nas eliminatórias para o Euro 92, onde foram imediatamente afastados.

Para o Mundial de 94, São Marino era, como para todas as outras competições em que participa, o elo mais fraco, mas ainda assim conseguiu assustar os turcos quando estes se deslocaram a Bolonha para disputar um jogo de qualificação para a prova (visto que não existiam estádios em São Marino com condições para receber um jogo deste calibre) e a equipa de São Marino conseguiu segurar o empate, muito graças a uma fantástica exibição do guarda redes suplente, complicando assim as contas da Turquia para chegar ao Mundial e fazendo o seu primeiro ponto oficial. Mais tarde, ainda nesta fase de qualificação, São Marinho conseguiu estabelecer o recorde de golo mais rápido de sempre numa eliminatória do Mundial, quando Davide Gualtieri aos 8 segundos de jogo meteu São Marino na frente. Infelizmente este golo de pouco serviu, visto que a Inglaterra acabou por marcar 7 golos durante o resto do jogo. Ainda assim, o ponto conseguido frente à Turquia nesta fase de qualificação valeu à equipa uma breve passagem pelo 118º lugar no ranking da FIFA, a melhor qualificação de sempre de São Marino.

As qualificações para o Europeu 96 e Mundial 98 foram, de veras, insatisfatórias pois São Marino fez todos os jogos sem conseguir um único ponto, o que se repeti na qualificação para o Europeu de 2004, e só não aconteceu também na qualificação do Mundial 2002 pois a Letónia, a jogar em casa, concedeu um empate a São Marino o que valeu a demissão do treinador dos letãs.

Apesar das aspirações da equipa serem poucas, todos os jogadores lutaram para conseguir uma vitória e, em 2004, num amigável frente ao Liechenstein São Marino conseguiu a sua primeira vitória, ao vencer o jogo por 1-0. Apesar de a partida ter sido disputada de forma amigável, esta vitória foi festejada como se de um grande troféu se tratasse e Andy Selva, marcador do golo, ficará para sempre como um ídolo para os adeptos.

Desde aí que a selecção não foi capaz de dar mais alegrias aos habitantes de São Marino pois, apesar de ter conquistado alguns recordes, são todos eles negativos, como, por exemplo, a derrota por 13-0 frente à Alemanha na qualificação para o Euro 2008 e os 20 jogos disputados entre Outubro de 2008 e Agosto de 2012 onde São Marino não foi capaz de marcar um único golo.