Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Paços de Ferreira?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

Estádio da Capital do Móvel
Estádio da Mata Re
  • País: Portugal
  • Cidade: Paços de Ferrei...
  • Capacidade: 5.250

Ver ficha

Apesar de a data de fundação do F.C. Paços de Ferreira ser apenas a 5 de Abril de 1950, o futebol em Paços nasceu muito mais cedo. Desde a década de 30 que se praticava a modalidade na Capital do Móvel, apenas com cariz desportivo, ser qualquer tipo de oficialização. Finalmente em 1950 foi oficializado o clube, inicialmente com o nome de Futebol Clube Vasco da Gama, que mais tarde, no inicio da temporada de 61/62, seria renomeado para Futebol Clube Paços de Ferreira.

Depois de 40 anos a jogar nos escalões inferiores do futebol nacional, em 90/91 o clube consegue a tão desejada chegada à Primeira Liga, com a vitória na Segunda Liga. Durante 3 anos o clube conseguiu-se manter junto dos grandes, até que em 93/94 o clube desce e conhece assim o sabor da despromoção pela primeira vez em toda a sua história.

Depois de 6 anos na Liga de Honra, o clube volta a fazer sorrir os adeptos com mais um vitória na Liga de Honra, e, consecutivamente, nova subida ao principal escalão de futebol nacional. Propulsionados pela boa campanha na Segunda Liga, o Paços chegou à Primeira Liga e logo se impôs diante dos 3 grandes, que venceu, no ano seguinte acaba o campeonato num brilhante 6º lugar e atinge as meias finais da Taça de Portugal. No ano seguinte, e talvez devido ao excesso de confiança, o clube foi novamente relegado à Segunda Liga, mas a motivação dos jogadores fez com que logo nesse ano o Paços vencesse a Liga de Honra a cinco jornadas do final.

O clube estava de novo na Primeira Liga e desta vez seria mesmo para ficar. Em 2006/2007 o clube repete o 6º lugar no campeonato e consegue a qualificação para a Taça UEFA. A sue estreia nas competições europeias seria frente ao AZ Alkmaar, clube experiente na Europa, que logo afastou o Paços.

Em 2008/2009 o clube volta a fazer os adeptos. No campeonato, o 10º lugar alcançado chegou para garantir a manutenção confortavelmente, e na Taça de Portugal a equipa conseguiu chegar à final da prova, pela primeira vez na sua história, de onde viria a sair derrotado pelo FC Porto, apesar da boa exibição. Como o FC. Porto tinha ganho o campeonato nesse ano, o Paços conseguiu um lugar também na Supertaça de Portugal e consecutivamente, nova qualificação europeia.

Nessa nova campanha europeia, o Paços consegue ultrapassar a primeira eliminatória, caindo na segunda frente aos israelitas do Bnei Yehuda, não tirando o mérito ao clube, que conseguiu ainda acabar o campeonato na sétima posição da tabela. Nesse ano a equipa também alcançou a final da Taça da Liga, que viria a perder frente ao Benfica.

Apesar de tudo, os adeptos não deixam de estar orgulhosos do seu clube, e só têm razões para dar o maior apoio à equipa que se consolidou fortemente na Primeira Liga e tem vindo a mostrar os frutos de todo o seu trabalho, todos os anos, em todas as competições.