Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Ipatinga?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

O Ipatinga Futebol Clube nasceu em 1998 pela vontade de vários empresários da região que dá jus ao nome da equipa, que se aproveitaram do já existente Novo Cruzeiro como base, filiando-o então à Federação Mineira de Futebol e nomeando-o de Ipatinga Futebol Clube.

Após dois anos da fundação o clube atinge o principal escalão do Campeonato Mineiro, onde até se exibe em boa forma, conseguindo mesmo alcançar a segunda fase da prova, classificando-se até no 4º lugar da geral. Ainda neste ano o clube alcança a final da Taça de Minas Gerais, de onde apesar da derrota alcançaram a qualificação para, pela primeira vez disputarem uma prova nacional, estreando-se assim na Série C do Brasileirão em 2001.

Em 2002 o Ipatinga está pela primeira vez perto de conseguir uma surpresa estatal ao classificar-se na 2ª posição do Campeonato Mineiro. Também a nível nacional este não foi um mau ano, com o Ipatinga a conseguir boas prestações que conduziram a equipa até à 3º posição da Série C nacional, ficando apenas a uma posição de alcançar a promoção à Série B. Depois de um ano de 2003 sem grandes novidades, em 2004 o clube conquista o seu primeiro grande troféu com a vitória na Taça de Minas Gerais onde se superiorizaram ao Democrata.

Na temporada de 2005 chega o momento mais alto da curta história do Ipatinga que neste ano vence o Campeonato Mineiro ao derrotar o Cruzeiro na final a duas mãos com um agregado de 3-2. O ano de 2006 volta a ser dourado para a equipa e para os seus adeptos que vibraram durante toda a temporada, primeiro com a luta pelo Campeonato Mineiro, onde o Ipatinga se classificou na 2ª posição, e depois na luta pela promoção à Série B nacional que foi mesmo alcançada, fruto do 3º posto conquistado na prova. Na seguinte temporada o clube alcança uma nova promoção, desta vez com um segundo lugar na Série B do Brasileirão que lhes vale a subida para juntos dos “grandes” do Brasil. Ainda neste ano de 2007 o clube consegue a sua melhor prestação na Copa Brasil ao atingir os quartos de final da prova onde foi eliminado pelo Brasiliense, isto depois de ter afastado os históricos do Palmeiras na 2ª fase da prova.

Depois das glórias dos anos anteriores, em 2008 o Ipatinga perderia o ímpeto que vinha tendo e é, primeiramente, rebaixado a nível estatal e mais tarde, na continuação de uma má temporada, rebaixado na sua época de estreia na Série A do Brasileirão. Em 2009, apesar da conquista do título de campeão do secundário campeonato estatal, que lhes valeu a subida ao Campeonato Mineiro, o clube apresenta-se também em má forma na Série B nacional ficando classificado na 15ª posição que logo vez adivinhar o que viria a acontecer em 2010. Então neste ano, apesar do regresso ao principal campeonato estatal onde até alcançaram, de forma inesperada a 2ª posição posição da tabela, o Ipatinga não consegue evitar a despromoção nacional e regressa assim à Série C do Brasileirão na temporada de 2011.

O ano de 2011 foi de várias surpresas para os adeptos do Ipatinga. Depois de uma péssima prestação no Campeonato Mineiro, onde voltaram a ser despromovidos, a equipa surpreendeu tudo e todos ao conquistar mais uma Taça de Minas Gerais, e ainda ao alcançar nova promoção á Série B do Brasileirão após novo 3º lugar no terceiro escalão de futebol brasileiro. No entanto, apesar das surpresas deste ano, 2012 voltou a ser fraco e o clube, para além de não conseguir o regresso à elite de Minas Gerais, é também despromovido da Série B nacional após ficar classificado na última posição da tabela.