Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Hertha Berlim?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

Estádio Olímpico de Berlim
Olímpico de Berlim
  • País: Alemanha
  • Cidade: Berlim
  • Capacidade: 74.649

Ver ficha

Nascido em 1892 como BFC Hertha 92 pelas mãos de Fritz Linder, Max Linder, Otto e Willi Lorenz, o nome do clube foi escolhido imediatamente em honra a um barco onde Fritz Linder tinha viajado com o seu pai, cujo nome era Hertha. A equipa não teve dificuldade em afirmar-se nas competições que disputava tornando-se logo em 1905 vencedora do Campeonato de Berlim. Em 1920 o clube fundiu-se com outro clube da cidade de Berlim, dando assim origem ao Hertha Berliner Sport-Club. A equipa não perdeu a categoria e entre 1926 e 1931 apuraram-se sempre para a final do Campeonato da Alemanha, tendo-se tornado vencedores nas épocas de 1930 e 1931.

Com a tomada de posse do governo nazi, em 1933 o futebol alemão foi reorganizado, passando agora a existir 16 ligas principais em todo o país. O Hertha continuou a fazer sucesso, vencendo os títulos regionais em 1945, 37 e 44, mas no entanto o clube nunca conseguiu avançar significativamente nas eliminatórias do campeonato da Alemanha.

Durante a segunda grande guerra, o Hertha, tal como outras organizações alemãs foi extinto. Com o fim da guerra, em 1945 o clube foi re-erguido sob o nome de SG Gesundbrunnen e passou a disputar o campeonato amador de Berlim, onde se iria manter até 1949 quando reclamaram novamente o nome de Hertha BSC Berlin e regressaram à principal competição da capital alemã que se encontrava nesta altura dividida entre os russos e os aliados. Estas divisões territoriais, aliadas a outros confrontos e à contrução do muro de Berlim deixou o futebol da capital alemã desfalcado, sendo os clubes da zona ocidental sido proíbidos de jogar contra os clubes da zona oriental que formaram uma nova liga em 1950.

O Hertha não teve dificuldade em adaptar-se a essa nova liga, e em 1963, aquado da formação da Bundesliga o Hertha foi um dos escolhidos para disputar a nova prova devido aos seus feitos a nível regional. No entanto, o clube não assimilou da melhor forma a competitividade da nova competição, pelo que logo na época 1964/65 foi despromovido para a 2ª Bundesliga.

O Hertha regressaria então à Bundesliga em 1968/69, mas mais uma vez o sucesso não se iria manter visto que na época de 71 um escândalo rebentou no futebol alemão e foi descoberta ao Hertha uma dívida de 6 milhões. No entanto o clube não foi afastado da principal competição de futebol alemão e o segundo lugar conseguido na época 1974/75 foi considerado uma vitória. As boas prestações mantiveram-se durante os próximos anos com o clube a atingir as finais da Taça da Alemanha em 1977 e 1979, ano em que atingiu também as semi-finais da Taça UEFA.

No entanto o bom momento do Hertha não se iria manter sendo o clube relegado para a 2ª Bundesliga logo no ano seguinte. O clube manteria-se nesta divisão até 1990, com uma curta passagem de duas épocas, em 1976 e 1978 pela liga amdora. O clube regressaria então à Bundesliga em 1990 depois de vencer a segunda divisão pela primeira vez na sua história.

Novamente na Bundesliga o Hertha voltou a sentir dificuldades na adaptação, sendo novamente despromovido após a primeira época. Em 1990, com a queda do muro de Berlim, o clube ganhou maior popularidade e as assitências aos seus jogos começaram a crescer. No entanto, em 1994 o clube encontrava-se com um dívida de 10 milhões que foi resolvida nos anos seguintes com novos acordos de patrocínios e a venda de alguns imobiliarios, possibilitanto então o regresso do Hertha à companhia dos grandes em 1997.

Ao longo dos anos as prestações do clube na Bundesliga foram subindo de categoria, começando o clube a conseguir qualificações para as competições europeias logo em 1999. Já com alguns fundos de investimento, o Hertha começou por contratar jogadores de categoria como Sebastian Deisler e Marcelinho, não deixando para trás a sua academia que foi também renovada.

Depois de uma fraca época 2003/2004 em que o Hertha quase desceu de divisão, os jogadores responderam da melhor forma no ano seguinte qualificando-se na quarta posição, continuando as boas prestações nas duas épocas seguintes em que se classificou em 5º e 6º, respectivamente. Nesta última época, para além da coroação de Marcelinho como jogador do ano da Bundesliga, o Hertha venceu também a Taça Intertoto ao ser o melhor classificado na UEFA de todos os que se apuraram pelos play-off, depois de atingir os desasseis-avos-de-final da prova.

Seguiram-se duas épocas de fraco futebol para os homens da capital alemã que se classificaram na décima posição da Bundesliga nas edições de 2006/07 e 2007/08, apesar de terem conseguido um lugar nos play-offs da Taça UEFA pelo prémio fair-play da FIFA. Na época seguinte o Hertha apresentou-se novamente em força, sendo 2º até à última jornada onde acabaria por perder e assim terminar a liga em 4º. Na época 2009/10 o clube voltaria a fazer uma má campanha terminando na 18º posição da tabela, sendo consequentemente despromovido. Logo na primeira época no segundo escalão de futebol alemão o Hertha alcançou a subida à Bundesliga a três jornadas do fim, conquistando o título de campeão da 2ª Bundesliga.

De regresso à primeira divisão o Hertha voltou a ficar àquem das espectativas, classificando-se em 16º, o que os levou a um play-off de despromoção disputado contra o Fortuna Dusseldorf que virião a perder, regressando novamente à 2ª Bundesliga, onde conquistaria novamente o título de campeão na primeira temporada, ganhando de novo lugar entre os grandes alemães para a temporada 2013/14.