Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Granada?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

Estádio de Los Carmenes
Nuevo Los Cármenes
  • País: Espanha
  • Cidade: Granada
  • Capacidade: 22.524

Ver ficha

No dia 6 de Abril de 1931 foi fundado o Clube Recreativo Granada, sendo o primeiro presidente do clube, o Julio López Fernández. O primeiro jogo do clube foi contra o Deportivo Jaén, vencendo por 2-1. O Granada começou a jogar na temporada de 1931-1932 nos Regionais, terminando a temporada no 2º lugar. No ano seguinte, terminou novamente no segundo lugar, conseguindo desta forma a subida para a terceira divisão. A temporada de 1933-1934 na terceira divisão, correu muito bem, conseguindo o primeiro lugar, alcançando assim a segunda divisão. Na sua estreia na segunda divisão, terminou o campeonato no 7º lugar, conseguindo a manutenção. Só nos inícios dos anos 40, é que o Granada consegue subir à primeira divisão, depois de, na temporada 1940-1941 ter sido campeão da segunda divisão.

granada 1

Festejos dos adeptos e jogadores do Granada pela subida à primeira divisão em 2011

Nos anos 40 o Granada começou então a jogar na primeira divisão, mas sem alcançar grandes resultados. Permaneceu durante quatro anos, mas sempre muito perto da linha de descida. Na temporada 1944-1945 o Granada terminou o campeonato em 12º lugar, descendo assim novamente à segunda divisão. Em 1947 o clube altera o seu nome para Granada Clube de Futebol. Jogou durante 12 anos consecutivos na segunda divisão, de 1945 a 1947. Em alguns destes anos, conseguiu por vezes chegar perto do topo da tabela, contudo os resultados não eram os esperados. Só no fim dos anos 50, mais precisamente em 1956-1957, é que o Granada conseguiu, mais uma vez, ser campeão da segunda liga e assim voltar a competir na primeira divisão.

A sua volta à primeira divisão, não correr muito bem, mantendo-se sempre muito perto do fim da tabela classificativa. Contudo, na temporada 1958-1959, o Granada terminou o campeonato na 13º posição, mas conseguiu chegar à final da Taça do Rei, perdendo frente ao Barcelona por 4-1. Na temporada seguinte, terminou o campeonato em 12º lugar e a sua prestação na Taça do Rei foi péssima, não passando da 2ª ronda. No inicio dos anos 60, o Granada terminou a temporada de 1960-1961 em 16º lugar, descendo à segunda divisão. Permaneceu nesta por mais cinco anos, sendo o seu melhor resultado em 1965-1966, em que terminou em segundo lugar e conseguiu alcançar uma vez mais a primeira divisão. No entanto, o futebol do Granada não era suficiente para essa competição, terminando na 14ª posição, voltando a descer à segunda divisão. Foi preciso pouco tempo para ver o Granada novamente na primeira divisão, tendo em conta que, na temporada 1967-1968 voltou mais uma vez a ser campeão da segunda divisão.

Na temporada de 1968-1969 o Granada sobe à primeira divisão, permanecendo nesta durante 8 anos consecutivos. Tal nunca tinha acontecido antes, o Granada conseguiu manter-se na primeira divisão por vários anos, começando até muito bem, ficando em 8º lugar. Na temporada seguinte os resultados não foram tão bons ficando 12º lugar. Nos anos seguinte, o Granada apesar de não conseguir obter grandes resultados, tinha um futebol suficientemente bom para se manter na primeira divisão. Contudo, em 1975-1976 terminou o campeonato em 17º lugar, voltando assim, mais uma vez, à segunda divisão. Conseguiu manter-se nesta por 5 anos mas sem boas exibições, desceu à segunda divisão B nos inícios dos anos 80.

granada

Festejos dos jogadores ao vencerem o Athletic Bilbao na temporada 2013-2014.

Os anos 80 foram provavelmente os piores da sua história, começando por jogar na segunda divisão B, conseguiu dois anos depois voltar à segunda divisão. No entanto, não conseguiu mostrar um futebol superior, voltando em 1985-1986 a descer à segunda divisão B. Estes tempos ficaram marcados na história do clube pelas incertezas, pois o Granada tanto estava na segunda divisão, como descia no ano seguinte. Os resultados do clube, começaram a piorar no fim dos anos 80. Na temporada de 1988-1989 voltou à segunda divisão B e permaneceu nesta até 2002. Jogou na segunda divisão B por 14 anos consecutivos e poucas foram as vezes em que conseguiu chegar perto do topo da tabela. Em 2001-2002, o Granada termina o campeonato em 10º lugar, piorando a sua situação, pois desceu novamente à terceira divisão, o que não acontecia desde o inicio da história do clube.

Já no novo milénio, o Granada jogou na terceira divisão durante quatro temporadas, sendo que, só em 2005-2006 conseguiu ser campeão e assim garantir o acesso à segunda divisão B. Nesta jogou outros quatro anos, em que algumas vezes ficou perto de nova descida, no entanto, em 2009-2010 alcançou o titulo de campeão e subiu à tão desejada segunda divisão. O seu futebol estava a melhorar e bastou uma temporada na segunda divisão para conseguir alcançar um lugar na primeira divisão. Na temporada 2011-2012 o Granada não conseguiu fazer exibições de qualidade, ficando muito perto do fim da tabela classificativa, contudo conseguiu manter-se. Na temporada seguinte, terminou o campeonato em 15º lugar. Quanto à competição da Taça do Rei, os resultados foram igualmente maus, não passando dos dezesseis-avos de final. Em 2012-2013, voltou a terminar o campeonato em 15º lugar, não conseguindo impor o seu futebol, mas mantendo-se na Liga BBVA.