Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Goiás?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

Estadio Haile Pinheiro
Hailé Pinheiro
  • País: Brasil
  • Cidade: Goiânia
  • Capacidade: 10.000

Ver ficha

O Goiás Esporte Clube foi fundado em 1943 na cidade de Goiânia, capital do estado que dá jus ao nome da equipa. Com poucos recursos financeiros, o clube permaneceu por longa data como um pequeno clube estatal, muitas vezes gozado pelos “grandes” que o apelidavam de “Clube dos 33”, por alegarem que este seria o número de adeptos da equipa.

O primeiro passo para a afirmação do Goiás acontece finalmente em 1966 quando o clube conquista pela primeira vez o Campeonato Goiano, sendo também este o seu primeiro título. Na sucessão desta conquista o clube estreia-se na Taça Brasil, competição que antecedeu o Brasileirão, logo no ano seguinte classificando-se em 14ª entre os 20 participantes. Depois disto o Goiás volta a festejar em 1971 e 72 com a conquista do bicampeonato estatal que daria acesso à equipa à Série A do Brasileirão de 1973 onde conseguiram logo classificar-se na metade superior da tabela, com o 13º lugar entre 40 participantes.

Apenas passadas mais duas temporadas o Goiás afirma-se finalmente como um grande do estado ao repetir o bicampeonato no Campeonato Goiano em 1975 e 1976. O percurso vitorioso do Goiás continuaria então em 1981, com a conquista de um título isolado que se repetiu em 1983, ano também em que se impôs na Série A do Brasileirão, afirmando-se ainda mais como uma grande equipa do estado e do Brasil ao alcançar o 7º lugar da tabela classificativa. Depois disto o Goiás conquista mais um bicampeonato em 1986 e 87, para depois conquistar o primeiro tricampeonato da sua história ao vencer o Campeonato Goiano por 3 vezes consecutivas nas temporadas de 1989, 1990 e 1991. Durante este período, mais especificamente na temporada de 90, o clube atingiu também o seu auge em competições nacionais ao atingir a final da Copa do Brasil onde foi derrotado pelo Flamengo por 1-0 no conjunto das duas mãos.

No entanto, depois desta boa exibição na copa, o Goiás perde rendimento no campeonato nacional e é despromovido à Série B do Brasileirão em 1993. Pela segunda vez em toda a sua história a competir na divisão secundária do campeonato nacional, o clube de Goiânia alcança a promoção imediata ao classificar-se no 4º posto da tabela, enquanto a nível estatal venceu mais um campeonato de Goiás. Em 1996 o clube inicia a maior senda vitoriosa da sua história em campeonatos estatais ao conquistar 5 edições consecutivas da prova até 2000. Durante este periodo de supremacia estatal o Goiás realizou mais uma má campanha nacional em 1998, vendo-se de novo na Série B em 1999, onde mais uma vez alcançaram a promoção imediata, desta vez ao conquistar o título de campeão da Série B.

Depois disto o Goiás conquista mais um bicampeonato estatal em 2002 e 2003. Neste último ano o clube alcança também a sua primeira qualificação para uma competição internacional, estreando-se assim na Copa Sudamericana em 2004, sendo no entanto afastado ainda numa fase inicial da prova. Em 2005 o episódio repete-se, mas a excelente campanha realizada na Série A do Brasileirão que levou o Goiás à 3ª posição da tabela vale-lhes a qualificação para a prova rainha da América do Sul, a Taça Libertadores da América de 2006. Na prova o clube apresentou-se a bom nível, alcançando mesmo as oitavas de final onde foi eliminado pelo Estudiantes LP pela regra de golos fora. Ainda assim, neste mesmo ano o clube regressa aos títulos estatais que lhe escapara por duas temporadas.

Foram precisas novamente duas temporadas para que, em 2009 o Goiás voltasse a ser campeão estatal. Em 2010 o clube exibe-se em grande forma na Copa Sudamericana e atinge a final onde defrontou o Independiente, sendo derrotado na cobrança de grandes penalidades. Enquanto isto, a campanha que acontecia no campeonato nacional não era a melhor, pelo que o Goiás foi novamente relegado à Série B em 2011, de onde viria a sair novamente após uma temporada com mais uma conquista da segunda divisão brasileira, enquanto festejou também mais um título do Campeonato Goiano.