Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Gimnasia LP?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

 Club de Gimnasia y Esgrima La Plata foi fundado em Junho de 1887 que inicialmente praticava apenas as modalidades adoptadas para o nome. Poucos anos mais tarde o clube adopta também o futebol, modalidade que seria interrompida mais tarde em 1905. Esta interrupção aconteceu porque o Gimnasia foi obrigado a abandonar o campo onde disputava os seus jogos, decidindo então abandonar o modalidade o que provocou a fundação do Estudiantes de La Plata por parte de alguns dirigentes e jogadores. O Gimnasia prosseguiu sem equipa de futebol até 1914, quando incorporou um clube fundado por ex-dirigentes do Estudiantes, o Independencia. Logo no ano de regresso ao futebol os Gimnasia conquista a subida à Primeira Divisão Argentina onde se classifica no 4º lugar da tabela em 1916, ano de estreia na prova.

O Gimnasia continuou a série de boas exibições, estando pela primeira vez perto do título em 1924, ano de inauguração do antigo Estádio Juan Carlos Zerillo, quando se classificou na segunda posição do campeonato depois de passar 15 meses invicto no seu novo reduto. Depois de estar tão perto o clube de La Plata fez os seus adeptos esperarem ainda até 1929 para festejarem o título de campeões nacionais, ainda na era amadora do futebol argentino.

Já na era profissional que se iniciou em 1931 o Gimnasia destacou-se logo na temporada de 1933 quando se exibiu a alto nível no campeonato estando muito perto do título que viria por perder já na recta final depois de ser derrotado por Boca Juniors e San Lorenzo. Daí em diante o clube platense não voltou a estar nos lugares cimeiros, tendo mesmo estado perto da despromoção.

Já nos anos 60 acontecem as primeiras reformulações do campeonato nacional argentino, e o clube está mesmo em 1967 bastante perto do título, conseguindo alcançar a semi-final da prova onde foi derrotado pelo Rosario Central. Neste momento começam a levantar-se também problemas financeiros com o clube o que começou a criar alguns atritos entre jogadores o dirigentes. Tais acontecimentos acabaram por culminar em 1979 com a descida do Gimnasia à Divisão B Argentina, por onde se iria manter durante cinco épocas, alcançando a promoção em 1984 depois de se classificar na 3ª posição da segunda divisão argentina.

De regresso à primeira divisão o clube voltou a destacar-se em 1993 na disputa do Torneio Centenário, prova que assinalou os 100 anos da Associação Argentina de Futebol e foi disputado por todos os clubes da primeira divisão, conseguindo o Gimnasia alcançar mesmo a vitória. Daí em diante as boas exibições foram-se somando, logo a começar por um segundo lugar no campeonato nacional em 1995 que se repetiu em 96 e 98 e 2002, valendo-lhe esta classificação a qualificação para a Taça Libertadores da América de 2003 onde foi eliminado logo na fase de grupos.

No entanto a equipa não perdeu o ânimo e em 2005 alcança um novo segundo lugar, qualificando-se novamente para as provas internacionais, desta feita a Taça Sudamericana onde atingiu os quartos de final, sendo eliminada pelos chilenos do Colo-Colo. Depois disto o Gimnasia qualificou-se ainda para a Libertadores da América de 2007 mas caiu logo na primeira fase, mantendo-se desde então no meio da tabela argentina.