Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Flamengo?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

O Clube de Regatas Flamengo foi fundado em 1895 na cidade do Rio de Janeiro, focando-se inicialmente apenas no remo, sendo que esta era ainda uma modalidade desportiva com maior adesão que o futebol. Com o aparecimento e o contágio do futebol na população, a maior parte dos apoiantes das regatas do Flamengo começou a apoiar os jogos de futebol do Fluminense, e o mesmo se passava com atletas, como era caso de Alberto Borgerth que tanto fazia remo pelo Flamengo como jogava futebol pelo Fluminense. No entanto, devido a desentendimentos em 1911, Borgerth decide juntar o futebol às modalidades do Flamengo. A ideia foi aceite e apoiada por cerca de 8 jogadores do Fluminense que não pensaram duas vezes em trocar de emblema. Assim nascia o Flamengo.

O Flamengo iniciou-se imediatamente a competir no Campeonato Carioca de 1912, contando com a ajuda dos ex-jogadores do Fluminense para se conseguir classificar no segundo posto do campeonato. Depois do segundo, seguiu-se um 3º lugar em 1913 e apenas em 1914 o Flamengo iria conseguir conquistar o seu primeiro título do Campeonato Carioca, seguido do segundo em 1915, selando imediatamente o bis.

Novo título voltaria a acontecer na primeira temporada dos anos 20, seguido de mais um em 1921, selando assim o segundo bi-campeonato da história do clube que não pararia de somar títulos, alcançando mais dois até ao final da década, em 1925 e 1927. Depois deste o Flamengo teve dificuldades em voltar a celebrar, numa altura em que primou pelo crescimento da equipa tendo sido contratados jogadores de qualidade como Leônidas da Silva, jogador com maior média de golos da história do Flamengo (1.03 por jogo). Estas contratações viriam a dar frutos apenas 12 anos depois da última conquista, em 1939, com a equipa base do tri-campeonato que viria a conquistar já na década de 40, nas temporadas entre 1942 e 1944.

Depois do primeiro tri o Flamengo passaria por mais 9 anos de jejum, até 1953, ano em que volta a conquistar o Campeonato Carioca e inicia mais uma senda vencedora de três temporadas até 1955. Depois desta sequência vitoriosa o Flamengo demorou a voltar a celebrar, tendo para isso a direcção investido na contração de diversos jogadores, entre eles Mané Garrincha, que jogou na equipa na temporada de 1969 não fazendo no entanto a diferença que se esperava, disputando 20 partidas pelo clube onde marcou 4 golos. O Flamengo viria então a reconquistar o título de campeão estatal em 1972 e dois anos depois em 1974, com uma equipa que despontava da academia composta por craques como Dida, que marcou 264 golos em 357 partidas realizadas pelo Flamengo. Depois desta fornada de estrelas veio a mais cintilante da história do Flamengo – Zico. O histórico jogador e actual treinador foi formado nas camadas jovens do clube pelo qual disputou 702 partidas com 509 golos marcados, tendo no seu período ajudado o Flamengo com sete títulos estatais: 1972, 1974, o tri de 1978 a 1979 (sendo que em 1979 se realizaram dois campeonatos) e ainda em 1981, depois de já ter conduzido a equipa à conquista do Brasileirão de 1980, primeiro título nacional do Flamengo.

flamengo campeao mundial 1981

Jogadores do Flamengo ostentam a Taça Intercontinental conquistada em 1981 frente ao Liverpool.

Os anos 80, principalmente no seu início, foram certamente os anos mais dourados da história do Flamengo que, para além da conquista do nacional em 1980, o clube viria ainda em 1981 a conquistar a Taça Libertadores da América ao vencer o Cobreloa, do Chile, numa final disputada em 3 partidas com um agregado de 4-2, tendo sido Zico o marcador dos 4 golos do Flamengo. Na sequência desta conquista o Flamengo vive o seu auge poucos meses depois na disputa da Taça Intercontinental, onde chegaram com sucesso à final, arrecadando o título com uma vitória por 3-0 sobre o Liverpool. Depois disto seguiu-se mais um bis no Brasileirão com as conquistas do título de campeão nacional em 1982 e 1983. Depois deste último título Zico saiu da equipa, deixando o Flamengo fragilizado ao ponto de apenas voltar ao sucesso aquando do regresso do craque em 1985, com a conquista de mais um Campeonato Carioca em 1986, seguido do Brasileirão de 1987.

O Flamengo entraria então nos anos 90 com o pé direito, começando logo por conquistar a Copa Brasil de 1990, seguido de mais dois títulos, o primeiro em 1991 no Campeonato Carioca e o segundo em 1992 em mais uma Série A do Brasileirão. Depois deste o Flamengo ficaria afastado dos títulos por mais 3 temporadas, desancando-se durante este curto jejum as excelentes campanhas realizadas na Copa Sudamericana em que o Flamengo por duas vezes alcançou a final, em 1993 e 1995, sendo no entanto derrotado nas duas ocasiões, na primeira pelo São Paulo e na segunda pelo Independiente da Argentina.

Finalmente em 1996 o Flamengo reconquista o título do Campeonato Carioca, ganhando assim embalo para a sequência vencedora de três temporadas que se iniciou em 1999 (ano em que o clube conquista também a Supercopa Libertadores – prova que substituiu a Copa Sudamericana num curto período) e terminou já no novo século, em 2001. No ano seguinte, 2002, a empresa ISL, principal patrocinadora do clube faliu e este viu-se sem dinheiro para manter a equipa, o que fez a equipa passar por momentos difíceis nas temporadas de 2002, 2003 e 2004 em que se viu perto da descida para a Série B do Brasileirão, tendo que lutar contra isso. Ainda assim o Flamengo conseguiu festejar o Campeonato Carioca em 2004, dando mais uma alegria aos adeptos em 2006 com a conquista de mais uma Copa do Brasil onde venceu o Vasco da Gama na final com um agregado de 3-0.

Depois de mais um título nacional o Flamengo demonstrou no campeonato estatal o regresso aos bons velhos tempos com a conquista de três edições consecutivas, entre 2007 e 2009, ano este em que o clube reconquista também o Campeonato Brasileiro, 6º na história do Flamengo. Após este título o clube realizou uma temporada de 2010 francamente abaixo das expectativas, não conseguindo alcançar nenhum título. Nova conquista viria então a surgir em 2011 com o 32º Campeonato Carioca.