Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Everton?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

goodison park
Goodison Park
  • País: Inglaterra
  • Cidade: Liverpool
  • Capacidade: 40.221

Ver ficha

Fundado em 1878 com o nome de St Domingo’s pelos membros da paróquia da Igreja Metodista com esse nome, ao fim de um ano adotou a denominação de Everton, visto as suas atividades se estenderem pelos demais habitantes da zona. O clube foi membro fundador da Liga de Futebol, em 1888-89, conquistando o seu primeiro título nacional dois anos depois, em 1891. A primeira Taça de Inglaterra foi conquistada em 1906 e em 1915, o clube repetiu o sucesso na Liga. No entanto, com a I Guerra Mundial, o sucesso do clube de Liverpool viria a ser interrompido.

Neville Southall Everton

Neville Southall, figura excêntrica da história do clube.

Em 1925, o Everton contratou o avançado Dixie Dean, que viria a conquistar o recorde de número de golos marcados numa só época (60 golos em 39 jogos), no ano em que o Everton conquistou o seu terceiro título, 1927-28. Apesar de uma curta passagem pela Segunda divisão, o clube conhecido como “Toffees” viria a sagrar-se de novo campeão em 1932, seguido de uma conquista da Taça em 1933. A era de sucessos terminou em 1939, com um título conquistado antes das competições voltarem a ser interrompidas, desta vez devido à II Guerra Mundial.

Depois da guerra, o Everton era um conjunto completamente diferente, com novos jogadores e com dificuldades para se manter na divisão principal, descendo em 1951 para regressar apenas em 1954, quando terminaram em segundo lugar. Desde esse ano, o Everton manteve-se sempre na divisão principal do futebol inglês, somando um total de 109 épocas entre os melhores, o que dá ao clube o primeiro lugar na lista de presenças da competição.

Ainda que regresso à Primeira Divisão, o sucesso só começou a ser alcançado na década de 60, com a chegada de Harry Catterick para Manager da equipa. Em 1963, na sua segunda época à frente do clube, conquistou o título da Liga, e em 1966 ganhou a Taça de Inglaterra. Depois de uma final perdida em 1968, o Everton entrou na década de 70 a conquistar mais um campeonato. No entanto, depois de três épocas na segunda metade da tabela classificativa, Catterick acabou por sair do clube, que não voltaria a ganhar mais nenhum título nesta década, ainda que tenha conseguindo voltar a atingir o pódio em 1978.

A era de maior sucesso para o Everton chegou na década de 80, com Howard Kendall como responsável técnico de um conjunto que juntava Neville Southall, Peter Reid, Trevor Steven e Andy Gray, todos grandes jogadores do futebol britânico. A equipa conquistou a Taça de Inglaterra em 1984, somando também dois títulos da Liga, em 1985 e 1987. Na Europa, conquistou a sua maior glória, ao bater o Rapid Viena na final da Taça dos Vencedores das Taças em 1985.

Fellaini Everton

Fellaini festeja um golo.

Em 1992, o Everton fez parte dos fundadores da Premier League, mas durante anos a equipa lutou para encontrar a fórmula certa de regressar ao sucesso. Várias vezes perto de descer, mas conseguindo sempre salvar-se, o único título conquistado pelo clube foi uma Taça de Inglaterra, em 1995. David Moyes, o atual treinador, foi contratado em 2002, depois de vários outros terem tido curtas passagens pela liderança. Apesar de se manter sem títulos, Moyes levou a equipa a marcar presença por duas vezes na Taça UEFA e a jogar uma final da Taça em 2009. O treinador escocês bateu diversas vezes o recorde de transferências, com as aquisições de James Beattie, Andy Johnson, Yakubu e Marouane Fellaini. O máximo valor recebido por uma transferência ocorreu também já sob a liderança de Moyes, quando Wayne Rooney foi transferido para o Manchester United.