Sugerir atualização
Tem mais informação sobre CSKA de Moscovo?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

Arena Khimki
Arena Khimki
  • País: Rússia
  • Cidade: Moscovo
  • Capacidade: 18.636

Ver ficha

O CSKA nasceu sob o nome de OLLS e era na altura o clube de fútebol do Exército Russo. Apesar de a primeira participação do clube em campeonatos ter acontecido apenas em 1917, no campeonato amador de Moscovo, os soldados apenas conquistaram o seu primieiro campeonato amador de Moscovo em 1926 já sob as ordens do Exército Vermelho. Em 1928 é criada uma nova diligência no exército para o desporto e o clube passa a jogar sob a sigla CDKA. Apartir desta altura a equipa começa a dar nas vistas e em 1935 conquista mesmo o seu primeiro campeonato profissional de futebol de Moscovo.

Em 1936 acontece na Rússia o primeiro campeonato de futebol a nível nacional, e daí em diante, até à interrupção das competições por força da segunda grande guerra nasce uma rivalidade ainda hoje conhecida entre as classes mais baixas da sociedade apoiantes do Spartak e o CSKA, imagem de autoridade e força impostas pelo exército.

No fim da guerra, como acto de respeito e memória pelos mortos o Exército Vermelho altera o seu nome para Exército Soviético, o que implicou uma alteração no nome do clube, passando este agora a chamar-se CDSA. Esta foi uma altura em que o clube estava repleto de nomes sonantes, como Vladimir Fedotov e Vsevolod Borbov, mas o futebol praticado nem sempre era o melhor, tendo o único título relevante conquistado pela equipa na década de 50 uma Taça da URSS.

Em 1957 novas mudanças no exército russo fizeram o clube ser novamente renomeado de CSK MO. Depois de três anos denominado por este nome, em 1960 o clube volta novamente a sofrer alterações nominais, para o actualmente conhecido CSKA de Moscovo, mas esta alteração em pouco ou nada interferiu com as performances da equipa que apenas voltou a conquistar o título de campeão nacional em 1970, quase vinte anos depois do último.

Depois do título os adeptos voltaram a acreditar e esperavam mais por parte da equipa do exército, mas diversas crises, tanto a nível económico como desportivo abalaram o clube, tendo este quebrado o jejum de títulos apenas 21 anos depois, em 1991, na última edição do Campeonato da URSS.

Em 1992 dava-se a primeira edição da Primeira Liga Russa e o CSKA era uma das equipas presentes nesta prova, mas a adaptação não foi fácil e a equipa apenas conseguiu conquistar primeiro título na prova em 2003, repetindo-o em 2005, ano em que disputou com sucesso a final da Taça UEFA frente ao Sporting no Estádio José Alvalade, sendo este o primeiro título europeu conquistado por um clube russo. A boa fase do CSKA não acabaria por aqui, tendo o clube repetindo ainda o título de campeão nacional em 2006. Esta foi um fase de glória vivida no clube, muito por culpa da parceria feita com a petrolífera Sibneft, que tinha na altura Roman Abramovich como accionista, o que levou a uma investigação por parte da UEFA quando na época 2004/2005 o clube ficou colocado no mesmo grupo do Chelsea. Esta investigação a nada levou a UEFA, que acabou por admitir a coincidência no sorteio.

Os três anos que o clube esteve ligado à petrolífera fizeram com que este crescesse economicamente, tendo este crescimento chamado a atenção de jogadores de renome como Vagner Love e Seydou Doumbia que ajudaram na temporada 2012/2013 o CSKA a conquistar o seu 4º título nacional.