Sugerir atualização
Tem mais informação sobre CFR Cluj?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

O CFR Cluf é um clube romeno fundado em 1907, na cidade de Cluj. O clube teve um inicio de actividade bastante perturbado devido à emergência da primeira guerra mundial, que é o primeiro factor a atrasar significativamente a evolução do clube. Depois da Guerra o clube continuou a disputar os campeonatos secundários onde viria a competir até aí e consegue mesmo o título de campeão regional por duas vezes em 1918/19 e 1919/20.

Até ao inicio da Segunda Grande Guerra o progresso do clube não havia sido grande, e no final da interrupção dos campeonatos por causa desta, o Cluj desce mesmo da divisão B para a C, mas logo no ano seguinte, em 1948, o clube funde-se com outro clube da cidade de Cluj, o Ferar Cluj, conseguindo assim a primeira participação no escalão principal do futebol romeno, uma aventura que duraria dois anos até à despromoção do clube que ficaria sem participar nesta competição durante vinte anos.

Finalmente em 1969 o clube regressa à Primeira Liga Romena. Depois de três épocas a lutar até ao final pela manutenção, em 1972 o Cluj consegue a contratação da estrela de uma das suas equipas rivais, o que mudou completamente o percurso do clube que acabaria esse ano com a melhor prestação de sempre no campeonato, alcançando o 5º lugar. Infelizmente para o clube os seus adeptos esta boa temporada não se repetiu nos anos seguintes, em que o Cluj voltou a ter que lutar arduamente pela manutenção, sendo despromovido na época de 1976. Desde aí até ao inicio do sec. XXI o clube não conseguiu fazer melhor que descer e entrava para o novo século na divisão C do futebol romeno.

Finalmente no sec. XXI,  em 2001 subiu da Divisão C para a Divisão B e deu-se um processo de evolução de tal forma rápido e bem sucedido que é considerado por profissionais de gestão um dos projectos mais realistas, sincronizados e ambiciosos da história do futebol. 2 anos após ter chegado à Divisão B, em 2003/2004 o clube chega mesmo à Primeira Liga, vencendo-a logo em 2007/2008, ano em que vence também a primeira Taça da Roménia na sua história. E neste ano, como o Cluj se qualifica para a fase de grupos da Liga dos Campeões, o velhinho Dr. Constantin Radulescu sofre uma remodelação sendo a sua capacidade aumentada de 3.000 lugares para 25.000 e em 2009 ficou terminada uma última parte da obra, dando assim ao estádio uma capacidade total de 30.000 lugares. O ano seguinte foi marcado pela mudança de treinadores e o Cluj não foi além da conquista da Taça da Romenia.

Para o ano 2009/2010 estavam reservados fundos monetários para investir na qualidade do plantel e os resultados desse investimento foram rapidamente observados, com o clube a vencer o campeonato e a Supertaça Romena logo nesse ano. No ano seguinte a prestação no campeonato voltou a fica à quem do esperado, mas a conquista da Supertaça Romena ainda fez os adeptos sorrir, que apenas voltariam a festejar fogosamente no temporada seguinte, em 2011/2012 quando o clube conquistou pela terceira vez na sua história o campeonato romeno de futebol.