Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Ceará?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

estadio Arena Castelão
Arena Castelão
  • País: Brasil
  • Cidade: Fortaleza
  • Capacidade: 67.037

Ver ficha

O Ceará Sporting Clube, vulgarmente conhecido apenas por Ceará, foi fundado por um grupo de jovens apaixonados pelo futebol que decidiram criar uma equipa de futebol na cidade de Fortaleza, estado do Ceará. Inicialmente o nome escolhido teria sido Rio Branco Football Club que equiparia com camisolas roxas e calções brancos mas devido à dificuldade na obtenção de camisolas daquela cor, apenas um ano após a fundação da equipa as cores do equipamento seriam alteradas para o actual branco e preto e também o nome do clube seria transformado para o actual – Ceará Sporting Club.

Tendo o Ceará sido um dos primeiros clubes a ser fundados naquele estado, o clube não encontrou grande oposição nos primeiros anos a competir, tendo alcançado o pentacampeonato nas primeiras cinco épocas em que participou no Campeonato Cearense, entre 1915 e 1919, tendo no entanto sido campeonatos extremamente curtos não com mais do que 5 equipas. Ainda assim durante estes cinco anos em que o Ceará esteve imparável, novos clubes foram aparecendo por todo o estado com principal destaque para o rival da cidade – o Fortaleza SC com quem o Ceará desde cedo assumiu grande rivalidade. Esta rivalidade foi então “formalizada” quando em 1922, ano comemorativo dos 100 anos de independência brasileira, o Ceará conquistou o título do campeonato estatal, impedindo assim o Fortaleza de comemorar aquela data com o tri-campeonato.

Desde então que o Ceará e o Fortaleza assumiram o controlo do Campeonato Cearense com o Ceará a repetir a conquista do título em 1925, repetindo o feito em 1931 para celebrar o bi-campeonato em 1932. Depois disto seguiu-se mais um campeonato isolado em 1939 e mais um bi-campeonato em 1941 e 1942. Na década de 50 o Ceará repete o número de títulos conquistados nas duas décadas anteriores da mesma forma, com um título isolado em 1951 e outro bi-campeonato em 1957 e 1958. Este padrão seria então desfeito na década de 60 quando os alvinegros conquistaram o primeiro tri da sua história ao vencerem as edições de 1961, 62 e 63 do Campeonato Cearense de Futebol.

Na década de 70 o Ceará ensaiou a supremacia que mais tarde viria a conseguir ao conquistar 6 títulos nos 10 campeonatos jogados, tendo os primeiro dois acontecido de forma consecutiva nas temporadas de 1971 e 1972, sendo este feito repetido em dose dupla entre 1975 e 1978 quando o Ceará conquistou o primeiro tetra da sua história. Esta sequência foi então interrompida pelo Ferroviário de Fortaleza em 1979 para que em 1980 e 1981 o Ceará festejasse mais um bis. A década foi decorrendo e o Ceará celebrou mais dois títulos isolados em 1984 e 1985, para terminar então os anos 80 da mesma forma que iniciou, com mais um bi-campeonato em 1989 e 1990. Os anos 90 seriam mais um período dourado para a equipa que conquistou 7 títulos do Campeonato Cearense, tendo 4 deles acontecido em sequência entre 1996 e 1999.

Com a entrada no século XXI o Fortaleza começou a apresentar-se em melhor forma que o Ceará e conseguiu mesmo superiorizar-se aos alvinegros perdendo apenas dois títulos para estes em 2002 e 2006. No entanto o Ceará não baixou os braços e finalmente em 2011 conseguiu interromper a série de quatro títulos consecutivos do Fortaleza, tendo desde então celebrado já os Campeonatos Cearenses de 2012 e 2013. A nível nacional o Ceará é participante assíduo na Série B do Brasileirão, tendo participado pela última vez na Série A em 2010 e 2011 depois de 17 temporadas sem actuar no principal escalão de futebol do Brasil.