Sugerir atualização
Tem mais informação sobre Bragantino?

Sugira aqui uma actualização

Sugerir

estadio Nabi Abi Chedid
Nabi Abi Chedid
  • País: Brasil
  • Cidade: Bragança
  • Capacidade: 17.022

Ver ficha

Fundado em 1928, na cidade de Bragança Paulista no interior do estado de São Paulo, o Clube Atlético Bragantino nasceu pela mão de ex-dirigentes do Bragança Futebol Clube que foi durante muito tempo o principal rival do Bragantino. Durante longos anos o novo clube disputou apenas competições amadoras, tendo-se estreado em competições oficiais na temporada de 1949 ao disputar a Série A3 do Campeonato Paulista, 2ª divisão à data.

O Bragantino iniciou então nesse ano o seu lento processo de escalada nos campeonatos estatais que apenas se voltaria a desenvolver em 1965 com a ascensão à Série A1 do Campeonato Paulista através da conquista do primeiro título na segunda divisão. No entanto este sonho durou por pouco tempo, pois logo no ano seguinte o Bragantino estava de regresso à Série A2, por onde se manteria durante um logo período.

Esta fase no escalão secundário do futebol de São Paulo duraria até 1988 quando o Bragantino conquista o seu segundo título de campeão da Serie A2 do Campeonato Paulista. Este foi o início da melhor fase do Bragantino que no ano seguinte vence também a Série B do Brasileirão ingressando assim directamente na Série A de 1990. Neste ano a equipa não só estreia no principal escalão do Brasileirão com um 8º lugar na tabela como também consegue vencer o Campeonato Paulista, conquistando assim o seu primeiro, e único até à data, grande título estatal, sob as ordens de Wanderley Luxemburgo que era, à data, ainda um desconhecido. Na temporada de 1991, já com Carlos Alberto Parreira no lugar de Wanderley Luxemburgo, o Bragantino volta a apresentar-se em grande forma no Brasileirão ao atingir pelo segundo ano consecutivo a final da prova, mas desta feita sem sucesso, terminaram derrotados pelo rival da capital do estado – o São Paulo.

As boas exibições continuaram e o Bragantino foi 3º no Brasileirão de 1992. Ainda assim, as exibições no Paulista não eram similares às do Brasileirão e em 1995 o clube é mesmo despromovido à A2 do Campeonato Paulista, mantendo-se na Série A do Brasileirão através do 6º lugar conquistado. Ainda assim, logo em 1996 o Bragantino termina o Brasileirão em zona de descida, sendo salvo apenas pelo escândalo de arbitragens que envolvia equipas “grandes” como o Corinthians e o Atlético Paranaense que foram salvas da despromoção. Assim o Bragantino ainda disputou o Brasileirão de 1997 conseguindo mesmo a manutenção que já não foi capaz de alcançar em 1998, regressando assim após 8 temporadas à Série B do Brasileirão.

Iniciava-se assim a mais recente maré negra do Bragantino que em 2002 afundou ainda mais ao ser despromovido para a Série A3 do Brasileirão. No campeonato estatal as coisas não corriam melhor e o Bragantino desceu até à Série A3 onde não tinha qualquer hipótese de se qualificar para um competição nacional, ficando assim afastado do Brasileirão por 3 temporadas, de 2004 a 2006. Este foi então o ano em que começou a recuperação do Bragantino. Primeiro com o regresso ao principal escalão de futebol estatal e com a 4ª posição alcançada na edição de 2007 deste, o clube regressa às competições nacionais – Série C. Determinados a recuperar o seu espaço junto dos grandes, os atletas do Bragantino entraram nesta prova com o objectivo de vencer, e foi mesmo o que fizeram. em 2007 o Bragantino conquista o título de campeão da Série C do Brasileirão e regressa à Série B em 2008.

Com os olhos bem postos na Série A, os atletas do Bragantino deram corpo e alma pelas vitórias da equipa e em 2010 começaram a aproximar-se da subida, primeiro com um 8º e depois com um 6º lugar em 2011, no entanto sem sucesso, tendo já em 2012 voltado à metade inferior da tabela, conquistando apenas a manutenção.